Rio Grande do Sul é o 4° estado menos violento do país

Policiais do Rio Grande do Sul são considerados honestos e confiáveis por 62% da população - Foto: Camila Domingues/Palácio Piratini - Download HD (N/A)

Policiais do Rio Grande do Sul são considerados honestos e confiáveis por 62% da população – Foto: Camila Domingues/Palácio Piratini

A oitava edição do Anuário Brasileiro de Segurança Pública, organizado pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública, aponta o Rio Grande do Sul como o 4° estado menos violento do Brasil. O documento, divulgado nesta terça-feira (11), reúne informações de várias fontes, como do Sistema Nacional de Informações de Segurança Pública, Prisionais e sobre Drogas (Sinesp) e Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Os dados são considerados a principal referência para a análise do movimento da criminalidade e dos registros policiais no país.

Para o secretário da Segurança Pública, Airton Michels, este é um resultado muito importante, tendo em vista que a segurança pública é hoje um dos maiores problemas a serem resolvidos no mundo inteiro. “Também revela que o nosso conjunto de políticas públicas têm efetividade, embora reconheça que ainda há problemas a serem resolvidos”, disse.

O Rio Grande do Sul registrou, em média, 19,5 mortes violentas para cada 100 mil pessoas no último ano. O índice de homicídios no Estado é inferior à nacional. São registradas no país, em média, 26,6 mortes violentas para cada 100 mil pessoas. O número inclui vítimas de homicídios dolosos, latrocínios e lesões corporais seguidas de morte. Os melhores índices são dos estados de São Paulo, que teve 11,7 ocorrências para cada 100 mil habitantes, Santa Catarina (12) e Piauí (17,4). O estado apontado como o mais violento é Alagoas, com 67,5 assassinados para cada 100 mil habitantes.

O Anuário de Segurança Pública também divulgou que os policiais do Rio Grande do Sul são considerados honestos e confiáveis por 62% da população. O índice é o mais alto do Brasil quando se trata de polícia militar, ficando bem acima da média nacional de 33% de confiança. “Não me surpreende e só reafirma que a polícia gaúcha é referência nacional. Este apreço e confiança são absolutamente naturais e correspondem ao caráter da maioria dos servidores e servidoras das instituições policiais”, afirmou Michels.

Texto: Luciana Alcover
Edição: Redação Secom

Portal do Governo do Estado



Categorias:Outros assuntos

23 respostas

  1. É, o RS está no limite de ser “laranja” neste mapa… lamentável.

    Curtir

  2. Mapa dos assassinatos no mundo.

    Curtir

  3. Eu fico muuito desconfiado de pesquisas assim. Não é pelo fato do RS ser o quarto estado menos violento, mas sim por SP ser o mais seguro. Mais seguro que SC? É difícil de acreditar… morei em SC e conheço bem SP (inclusive interior). É uma diferença GIGANTE entre estes 2! Peguem Joinville, maior cidade de SC e verão que nem grades nas casas tem. O mesmo vale pra Blumenau e muitas outras cidades em volta destas. Florianópolis, ok, não é um mar de segurança, nem as outras cidades “grandes” do interior de SC. Mas em SP, até as cidades pequenas são inseguras. Não sei de onde vem estes dados, e não acho que SP seja nem de perto o mais violento do Brasil, mas melhor que SC e RS? É difícil de acreditar.

    Curtir

    • Mas em SC ocorreram esses muitos ataques a policiais e a ônibus, talvez isso influenciou.

      Curtir

      • Os ataques que houveram em SC é porque a polícia de lá está sufocando a criminalidade. Aqui no RS os policiais são obrigados a andar de ônibus sem farda para não serem assassinados.

        Curtir

      • Sinceramente, não acho que estes ataques sejam suficientes para botar SC atras de SP. Até porque foram mais ataques a patrimônio, nem tantos casos de homicídios. Acho mais fácil é estarem escondendo o jogo em SP. Como por exemplo roubo nas grandes cidades… muita gente nem vai mais registrar BO pois sabe que não dá em nada. Ou, as vezes, não querem é registrar BO por qualquer coisa. Enfim, acho que estão é escondendo os dados.

        Curtir

  4. Porque o Brasil é tão violento e porque o combate a violência não é prioridade? Video curto: seis minutos.

    Curtir

    • Olavo de Carvalho…. OMFG…

      Curtir

    • Essa corja inunda que governa o Brasil agora conseguiu liquidar a Petrobrás. A empresa está ameaçada inclusive, de ser excluída da bolsa de NY e perder uma série de parceiros comerciais. Este país é NOJENTO.

      Curtir

  5. Vocês não sabem o quanto eu me sinto reconfortado com essa informação! Ufa…que alívio! Agora sim, me sinto um cidadão bem mais aquinhoado pela sorte, ciente de lugares mais perigosos para se viver. E pensar que, vivendo ao lado da eterna guerra na Vila Cruzeiro, ladeado por mais umas três grandes favelas dominadas por traficantes e drogados nas redondezas e morando numa cidade sitiada pelo crime, eu pensava que vivia no inferno. Nada disso! Eu habito apenas o limbo..a ante-sala. Baita consolo tchê..eu comer esterco de pombo, mas sabendo que há gente comendo titica de urubu.

    Curtir

  6. Policial corrupto tem em qualquer lugar do mundo.
    Vai e vem prendem bandidos grandes aqui no RS, mas logo depois vão pro semi-aberto.
    A justiça que ferra com tudo.

    Se aqui ta “bom” assim, imagina no resto do Brasil?

    Curtir

  7. O problema mesmo é a justiça e contra esses não podemos fazer nada. Não há eleições nem mecanismos para a população interferir. É carteiraço em blitz de trânsito, auxílio moradia de 4,5 mil e outras aberrações.

    A polícia é até bem honesta e faz muito prendendo vagabundo que a justiça vai soltar no outro dia e vai vir se vingar do pobre policial.

    Curtir

  8. Se a Brigada Militar é referência nacional em segurança, temo só de pensar na situação dos outros estados…

    Curtir

  9. Não quer dizer que tá bom, mas decidamente há muito pior…

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: