Parque da Lamação

Do que se trata: A primeira foto mostra os arredores do Araújo onde meses atrás haviam flores. Psiu! Manutenção!? Nas segunda foto, o capim alto denota falta de poda. Psiu! Manutenção?… Na terceira, uma pequena amostra das dezenas de postes de “iluminação” do parque. (começaram a colocar novos postes que funcionam e tem realmente lâmpadas, próxima a Joao Pessoa, mas 3/4 do parque ainda estão sem iluminação nenhuma). A quarta foto mostra uma zona enorme que virou depósito de restos de árvores cortadas (isto está ali, pasmem, há mais de uma ano). As últimas fotos mostram como, a cada período chuvoso, o Parque da Redenção se transforma em uma pista de off road. É urgente construir passeios. (Se quizerem evitar o asfalto, que façam de pedra ou madeira)

Já falamos sobre o estado lamentável da Redenção aqui diversas vezes, mas a administração do parque é realmente muito ruim e precisa ser trocada.



Categorias:Outros assuntos

Tags:, , ,

12 respostas

  1. Quando colocaram asfalto em uma pequena entrada que dava acesso ao Araújo Viana, os ecochatos e os maconheiros de diretório acadêmico de universidade pariram meia dúzia de bigorna. Os maiores e melhores parques da Europa possuem trechos asfaltados para circulação de pessoas e bicicletas.

    Esse povo ignorante deveria sair um pouco dessa bolha em que vivem.

    Curtir

    • Se o calçamento tivesse sido feito de forma planejada e harmônica com o resto do parque, esse pessoal que reclama teria menos razão. O que fizeram ali foi uma absoluta enjambração, que, convenhamos, não é muito melhor do que o areião do resto do parque.

      (Em tempo: sou a favor do calçamento, mas feito com cuidado, esmero e planejamento.)

      Curtir

  2. Nojo de Porto UN-happy!!! Onde está um ajardinamento decente neste ou em qualquer um dos parques da cidade, com árvores e flores dispostas armonicamente? (coisa que não existe em local algum em POA!). Onde estão os caminhos nos parques, com calçadas de material descente, bonito e moderno? (coisa que não existe em local algum em POA!). Onde está a iluminação cênica noturna nos monumentos? (coisa que não existe em local algum em POA!). Onde estão as câmeras de vigilância para ao menos tentar evitar o vandalismo? Tristeza em morar na capital mais feia, suja, bagaceira, desleixada, retrógrada, provinciana, atrasada do Brasil. Enquanto essa situação não mudar vou continuar falando mal da cidade mais pseudo-socialista-ecoxiita do País. E o pior, contando com uma população cada vez mais ignorante (a cidade não para de cair vertiginosamente nos rankings educacionais, e em todos os outros itens de qualidade de vida divulgados). Mesmo assim (mais uma prova da burrice porto-alegrense), os imbecis nas conversas de barzinho continuam “SE ACHANDO” superiores, mais inteligentes, avançados, modernos, europeus, etc… que a população das outras cidades mais ao norte… (o pior cego é aquele que não quer ver…). Porto Alegre é realmente D+ (D+violência, D+ignorância, D+atraso, D+feiura…).

    Curtir

  3. Essa é uma das brutais diferenças entre Curitiba e Poa. Lá, os parques são cuidados primorosamente. Chega ser uma piada comparar uma Redenção ou um Marinha, a um Barigui.

    Curtir

  4. Mas hein, o Parcão é a mesma coisa. Chove e fica assim em alguns pontos.
    Na verdade há um pouco de brita que ajuda a diminuir isso, também.

    Com tanta gente correndo já passou da hora de colocarem o mesmo piso de uma pista de atletismo. Pelo menos evita a lama. E na redenção tá na hora de pavimentar os caminhos.

    Curtir

  5. Eu odeio esse costume portoalegrense de fazer parque com piso de areião.

    Todos os belos parques que conheço (todos MUITO mais bem cuidados que a redenção, e mais caprichados que o Parcão) tem o piso calçado.

    Parque com calçamento dá um ASPECTO bem melhor ! E caminhos calçados NÃO deixam o parque com aspecto de árido, como vocês bem verão nas fotos a seguir.

    Veja esse parque em Goiânia. E olha que ele tem MUITA grama !

    Já estive lá, e lapós fiquei achando nossa cidade mais tosca ainda.

    Ah, Goiânia tem flores por toda a cidade.

    No Ibirapuera (SP) as pessoas também se deslocam pelo parque em pisos civilizados:

    No Campo de Santana (Rio) também não precisamos chafurdar na lama:

    No parque Passeio Público, bem no centro de Curitiba, também não precisamos andar no areião.

    Nem preciso falar dos outros parques maravilhosos de lá…

    Até neste parque, que é bem mais natureza , não há BARRO À LA PORTO ALEGRE

    Curtir

    • Como comentei abaixo, um pequeno trecho que colocaram asfalto, ao lado do Araújo Viana, sofreu ataques dos xiitas por agredir a “naturalidade” do parque. O Parque Tanguá (já o visitei pessoalmente) faz a Redenção parecer campinho de várzea de Faxinal do Soturno. Quando a prefeitura vai colocar na rua toda a administração da Redenção?

      Curtir

      • Acho que o grande problema do asfalto na redenção foi a maneira porca e enjambrada como foi feito. Se fosse com um planejamento, que envolvesse o parque inteiro, por exemplo, seriam outros quinhentos.

        Curtir

  6. Tem alguém cuidando desse lugar? Nem parece.

    Curtir

  7. A cara total do desleixo com a cidade.

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: