Trajeto do metrô de Porto Alegre até a Fiergs volta a ser discutido

Ótima notícia que temos neste sábado!

Modelo de estação de nova linha do metrô de Porto Alegre Foto: Prefeitura de Porto Alegre / Divulgação

Modelo de estação de nova linha do metrô de Porto Alegre
Foto: Prefeitura de Porto Alegre / Divulgação

Com verba garantida pelo governo federal, obra esperada há décadas poderá contar com trecho que havia sido retirado do projeto, viabilizando de forma mais segura o nosso metrô. O trecho seria em via elevada, por 4 Km, até a Fiergs.

Veja a matéria na ZH clicando aqui.



Categorias:Outros assuntos

Tags:,

33 respostas

  1. Parabéns, os bisnetos de vocês andarão de metrô até a FIERGS!

    Curtir

    • Melhor que nada. Afinal se os nossos bisavós tivessem cobrado isso em sua época, os bisnetos deles (nós) estaríamos andando de metrô hoje em dia.

      Curtir

  2. O prefeito alegou que o trecho TRIÂNGULO-FIERGS havia sido retirado do traçado do metrô pelo fato do solo da região ser alagadiço, que aumentaria o custo, e que tal trecho seria substituído por uma linha de BRT

    O trecho da Assis Brasil entre o terminal triângulo e a Fiergs tem um canteiro central com muitas árvores e vários retornos. Como criar uma linha de BRT por ali? Já imagino uma obra mal planejada, como inúmeras outras feitas por esta gestão atual.

    Curtir

    • Se existe um solo alagadiço na região, entre o Triângulo e a Fiergs, então nada melhor do que eu sempre defendo, transporte sobre trilhos com linhas elevadas a 4 ou 5 m da superfície da Assis Brasil. Mas, eu sou favorável a essa modalidade em toda a cidade.

      Curtir

  3. Bom, não é o ideal pois causa degradação da região. Menos pior que tem menos impacto naquela região como ela está hoje, embora já tenhamos alguma empreendimentos residenciais de maior porte iniciando construção ali.

    De qualquer forma, melhor assim pois será uma integração efetiva com a região metropolitana.

    O ideal é que fosse complementado por um trem interurbano terrestre mesmo que fosse até NH ou Sapiranga. É assim no resto do mundo.

    Curtir

    • Uma linha inteira nova de trem ali indo para NH? Faz sentido fazer uma paralela ao trensurb?

      Curtir

    • Se for para fazer mais uma linha de trem partindo da Fiergs, seria mais interessante ir para Gavataí passando por Cachoeirinha do que ir pra NH, que já é atendida pela Trensurb, e Sapiranga que tem estudo de viabilidade pronto para transporte sobre trilhos.

      Curtir

  4. Olha que estranho, aconteceu algo que nosso RP da EPTC disse que não acontece (atropelamento na calçada). http://zh.clicrbs.com.br/rs/porto-alegre/transito/noticia/2014/12/carro-atropela-pedestre-e-cai-de-viaduto-na-zona-norte-de-porto-alegre-4667685.html

    Curtir

  5. É uma pena que falem em tirar a estação Augusto Pestrana para levar o metrô até a Fiergs. Com o “ramal Humaitá” a integração Física com a linha da Trensurb se daria sem grandes transtornos apenas com a reforma da estação existente,ao invés de um túnel subterrâneo enorme com esteiras rolantes para uma integração ao estilo Paulista-Consolação entre as linhas 2 e 4 de SP.

    Aliás, será que durante os estudos se deram conta que uma integração via túnel para pedestres seria mais barata entre as estações Conceição e Rodoviária? Ou então que vão ter que escavar a Voluntários para construir a estação Conceição, podendo fazer a voluntários passar por debaixo da terra e por cima da estação no trecho em frente ao edifício Eli, derrubando de uma vez por todas o Viaduto da Conceição?

    E para os nossos amigos com síndrome de vira-lata. Em SP diziam exatamente a mesma coisa nos idos da década de 60, quando elaboraram o plano diretor metroviário de SP, que a cidade nunca ia ter demanda para metrô, sendo que hoje SP sem metrô não existe, tendo inclusive a linha com maior movimentação do mundo (a linha 3-Vermelha). Então, seja bem-vinda linha 2, venha logo e trate-se de se expandir, que você jã devia

    Curtir

    • Terminando: Você já devia ter começado a ser construída em 95, quando a Trensurb começou os estudos geológicos da zona norte.

      Curtir

    • o fato de termos uma linha começando no mercado publico, e outra começando na rua da praia, além de uma na rodoviária e outro no viaduto da conceição ao mesmo tempo, só pode ser uma piada de muito mal gosto, com o nosso dinheiro.

      Curtir

      • Os paulistanos não acham piada de mau gosto a linha 2 andar próxima da linha um no seu traçado inicial, inclusive com integração física em duas estações consecutivas (Paraíso e Ana Rosa), sendo que por cerca de 15 anos não houveram expansões do sistema após a inauguração da linha 2. Inclusive gostam disso, pois com integração em duas estações próximas não cria a situação existente na Sé (procure no Google imagens com as palavras chave estação, sé e pico para entender o que eu estou falando).

        Curtir

    • o traçado do metrô linha 2, como uma linha independente, só começa a fazer sentido após entrar no eixo assis brasil.

      Curtir

    • Não é questão de síndrome de vira-lata ou de achar que a cidade não merece/precaria, a questão é que é o custo. A administração atual está envididando absurdamente a prefeitura por décadas. Diga-se de passagem, endividando até para fazer recapeamento.

      Essa linha deve sair. Sabe quando sai a segunda? Não no nosso tempo de vida. A não ser que venha quase “de graça” do governo federal.

      Curtir

    • Adoraria se ocorresse a parte de “derrubar o viaduto da conceição”, pra revitalizar aquela parte horrenda da cidade. Mas não pode, pois vai tirar espaço dos carros, precisamos de mais viadutos tipo o novo da Bento etc..

      Curtir

      • Já indicaram o contrário infelizmente, fizeram aquela chicane estreita com direito a mão francesa na rodoviária.

        Curtir

      • Pelos renders, em Canoas, quando rebaixarem a linha do trem várias. Rebaixar junto a Guilherme Schell e Victor Barreto, que seguem paralelas à linha do trem e formarão um binário. Sendo que o custo será mais baixo pois aproveitarão a escavação do trem e a avenida vai correr entre a linha do trem e a superfície na área central da cidade.

        Então minha ideia era essa. Vão ter que escavar a Voluntários, exatamente embaixo do viaduto, para construir a estação, então aproveitem a área escavada para fazer a voluntários e a farrapos passarem em uma trincheira substituindo o viaduto. Afinal, aquele terminal embaixo dele perder serventia com os ônibus integrando na Cairu. Assim, substitui-se o viaduto e impede-se uma degradação ainda maior da área.

        Curtir

      • Muito simples pro pessoal da Prefeitura resolver adotar. Na certa vão construir outro viaduto sobre o da Conceição… :p

        Curtir

  6. Enquanto isso, Canoas faz o que faz mais sentido.

    Curtir

    • Aeromovel? Depende do volume de passageiros.

      Aeromovel: atende volumes de passageiros médios, entre ônibus e metrô. Ainda não teve seu funcionamento comprovado além da pequena linha de pouquíssimo uso no aeroporto.

      Metrô: eficiência comprovada para grandes volumes de passageiros.

      Curtir

      • Não precisa ser aeromóvel na real, tem outras solução de capacidade média. Com o preço desses 15km de metrô dá para fazer uns 70km deles. Sem contar no que já foi e ainda vai ser investido nos “BRT”.

        E nisso não me refiro só a questão de capacidade e qualidade do BRT, ele significa também manter ônibus poluentes e barulhentos na cidade.

        Curtir

      • Nota: sei que eliminar totalmente os ônibus é impossível, eles sempre farão mais sentido para capilarizar as coletoras.

        Curtir

      • hahah essas minhas duas últimas mensagens ficaram engraçadas, uma só com negativada e outra só com curtidas. As vezes dá a impressão que é só mudar uma frasezinha no meio que a coisa inverte. Mas como não comentam… vai saber.

        Curtir

    • Olha, tenho minhas dúvidas se o aeromóvel daria conta do fluxo daquela região.

      E precisaria olhar os estudos de demanda de passageiros que utilizam o transporte público nessa região (e outros que potencialmente largariam seus veículos para utilizar o metrô) pra dizer se um VLT por exemplo daria conta.

      Curtir

  7. Como assim em via elevada só até a fiergs nao é? Mesmo assim vai ficar mta poluicao visual

    Curtir

    • Igual o trensurb de São Leopoldo até Novo Hamburgo.

      Curtir

    • Acho que não vai ser um grande problema, pois nesse trecho a Assis Brasil é bem larga e não há muitos prédios muito próximos da faixa de rolamento. Fora que hoje é possível fazer estruturas elevadas mais esbeltas, que não apresentam muito volume e nem ficam tão pesadas visualmente.

      Curtir

  8. Muito bom, e tomara que saia.
    Vai ajudar muito a Assis Brasil e a Farrapos.

    Curtir

  9. Ótima noticia….mas em que iniciar imediatamente……tem que abrir licitação internacional…..os Chineses tem muita expertise no assunto….e um ótimo preco……tirar estas grandes construtoras do Brasil que so fazem Lobi…para aumentar o preco…..temos que pensar em primeiro lugar nos benefícios para a populacao…..

    Curtir

    • Sei não, Ângelo… De fato, os chineses têm expertise no assunto, fazem pontes quilométricas e túneis ultracomplexos em questão de semanas.

      Mas para isso, a mão-de-obra lé é semi-escrava e a legislação ambiental é quase nula. Duvido que aqui conseguissem tocar uma obra no mesmo ritmo com que fazem lá. Talvez um meio-termo entre nós e eles fosse o ideal.

      Curtir

%d blogueiros gostam disto: