Outro exemplo de revitalização de orla

Revitalização da orla da cidade de Anglet, na França, terminado ano passado. O primor com os detalhes, a qualidade do acabamento e o bom gosto é notável. Custo: 4 milhões de euros. Se nossa orla ficasse perto disso, seria um passo e tanto. Nós merecíamos. (clique para ampliar)



Categorias:Outros assuntos

Tags:,

17 respostas

  1. Daria pra fazer muita coisa bacana preservado áreas significativas de vegetação existente, adequando outras, e implantando equipamentos de circulação e animação urbana óbvios, sem gastar essa fábula de dinheiro, mas como já disse alguém aí em cima, daí cadê o jabá para a canalhada política… é uma vergoheira.

    Curtir

  2. Devia ser proibido postar algo assim. É uma ofensa à nossa mediocridade.

    Curtir

  3. Absurdo, elitizaram a orla, bla bla bla não vai dar pra fumar maconha ali.
    hahaha

    Curtir

  4. Nosso povo chulo não merece nem projeto bonito, nem execução primorosa. Iria emporcalhar a obra no dia seguinte. Pra nós o mais adequado é o trapiche de Ipanema. Esse sim, tem tudo a ver com a nossa gente.

    Curtir

    • Pela lógica (?) do Oscar, ele nunca deve reformar a casa dele, visto haver a possibilidade dela ser vandalizada pelo “povo chulo” daqui. Melhor morar em uma casa caindo aos pedaços pra garantir.

      Curtir

      • Não é questão de lógica. Jamais foi. É uma questão de observação. A realidade vem muito antes da lógica.

        Curtir

      • Pro Oscar a cidade deveria ser habitada por clones dele rsrsrsrsrsrs

        Curtir

      • Na contramão do que você imaginaria a minha tréplica, eu te digo que desta vez você acertou em cheio. Sabes por que? Porque eu, ao contrário do cinismo circundante, não me excluo da chinelagem da qual falo em relação aos porto-alegrenses. Se sou daqui, se moro aqui, se trabalho aqui…então eu jamais teria a cara de pau de alcunhar pejorativamente os meus concidadãos e ao mesmo tempo me excluir dos conceitos desabonadores por mim mesmo emitidos. Portanto, escrevo com todas as palavras; sou igualzinho a todos nós, moradores daqui. Tampouco importam-me as exceções. Tudo o que interessa é que o produto final é porco.

        Curtir

      • Engraçado que tu começou dizendo que eu acertei depois desenvolveu o texto dizendo o contrário.

        Curtir

      • Pô, Felipe, não me decepciona novamente. Justamente agora que tu tinhas acertado em cheio, acabou chutando pra fora de novo. Está claro no texto; se eu sou daqui, tenho a mesma responsabilidade pela resultante. Só que isso o que eu estou escrevendo, só eu tenho a coragem de confessar. geralmente as pessoas criticam seus pares mas solertemente não incluem-se na crítica. Eu, ao contrário, reafirmo que faço parte da natureza ética da aldeia.

        Curtir

  5. Ou resumindo: fontes, fontes… onde estão?

    Curtir

  6. Muito bom o projeto mesmo, mas estou chocado com o preço. Esses 4 milhões foram para construir isso ou uma reforma?

    Curtir

  7. Muito mais bonito e barato do que querem fazer por aqui. Aqui nem dá para chamar de revitalização direito. Só vão capinar, colocar umas bolinhas de gude no chão e gastar uns milhões.

    Curtir

  8. Simples e de bom gosto, nitidamente se nota a mão de um arquiteto. Infelizmente, quatro milhões de euros aqui não paga nem a comissão dos políticos…

    Curtir

  9. Muito bom mesmo.

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: