Segundo Nasi, dois aeroportos são inviáveis

Foto: Gabriel Heusi - Infraero

Foto: Gabriel Heusi – Infraero

O contador Antônio Carlos Nasi entrou de cara na polêmica proposta do ministro Eliseu Padilha, da Secretaria da Aviação Civil, de implantar o novo aeroporto 20 de Setembro, via concessão junto com o Salgado Filho. “Um só para carga e outro só para passageiros? Essa é de matar.

Quantos aviões cargueiros baixam no Salgado Filho por dia?

O ministro deve se preocupar em terminar o Salgado Filho, aumentar a pista e talvez reformar o terminal 2. Sai mais barato para este Brasil quebrado”, escreveu.

Nasi questiona ainda a viabilidade de aeroportos regionais aqui, por falta de densidade populacional nas cidades, exceto Caxias, mas que, devido ao clima, fica mais fechado do que aberto. A linha Pelotas/Rio Grande só será viável se os estaleiros do Porto funcionarem a pleno.

__________

O Paraná é bem diferente

Antônio Carlos Nasi vai mensalmente ao Paraná e nota que todos os voos entre Porto Alegre, Curitiba e São Paulo para Londrina, Foz do Iguaçu e Maringá estão sempre lotados, mesmo com tarifas absurdas. Mas são cidades acima de 450 mil habitantes, além de regiões metropolitanas significativas, “coisa que não temos no RS”. (link)

Affonso Ritter



Categorias:Aeroporto 20 de Setembro, Aeroporto Internacional Salgado Filho

Tags:, , ,

22 respostas

  1. Por favor, esse blog que se diz todo progressista, a favor de arranha ceus e tal, agora fica agarrado a este aeroporto mediocre e sem espaco para crescer. Esta mais do que na hora de se construir um aeroporto de verdade para a grande Porto Alegre e que se venda a area do Salgado Filho para urbanizacao e o que seja. Acho incrivel as pessoas acharem que o Salgado Filho servira para alguma coisa dentro de 20 anos. Fechem essa porcaria e construam outro aeroporto urgente”

    Curtir

  2. Poxa vida, a ampliação da pista não sairá por causa do BIG da Sertório… Temos que levar em consideração que as aeronaves passarão muito perto daquele prédio, o que poderá ocasionar problemas…
    É terminar as obras do Salgado Filho, para que atenda a demanda pelos próximos 10 anos, o privatiza e a iniciativa privada constroi o novo aeroporto (que ficará em área NÃO PROPENSA A NEVOEIROS)… Depois, vende-se a área do SF para expansão da zona norte de POA para cobrir o investimento privado… E vida que segue… Mania que vcs de POA capital de achar que tudo tem que ser do jeito que vcs querem, existem 2,5 milhões de pessoas na grande Porto Alegre… Deixem de ser crianças mimadas, vanguarda do atraso.

    Curtir

    • Jefferson, ja existe no projeto da ampliação da pista uma adaptação, comum em outros aeroportos pelo mundo, de uma elevação gradual de 5 metros em relação ao início da ampliação. Isso possibilita que as aeronaves não passem tão rente ao Big e viabiliza a ampliação. Em todo o mundo se faz o possível para viabilizar as ampliações. Por que em Porto Alegre não se faria ?
      Temos que tirar da cabeça esta ideia de que o Salgado Filho vai só mais 10 anos. Isso é jogo político de quem não quer ver ele ampliado pra construir o novo aeroporto e poder roubar mais numa obra deste porte. O Salgado Filho vai mais 30 ou 40 anos com condições de atender a demanda. O crescimento da demanda por transporte aéreo não vai crescer toda a vida. Ja esta diminuindo o crescimento e vai chegar num momento que vai estabilizar.
      Procure interpretar as notícias que tu lê e não introjeta-las todas diretamente.

      Curtir

%d blogueiros gostam disto: