Fortunati e Padilha discutem ampliação do aeroporto Salgado Filho

Prefeito vai expor a importância de investimento na qualificação da pista  Foto: Ivo Gonçalves/PMPA

Prefeito vai expor a importância de investimento na qualificação da pista  Foto: Ivo Gonçalves/PMPA

O prefeito José Fortunati recebe nesta sexta-feira, 16, o ministro da Aviação Civil, Eliseu Padilha, para tratar sobre as obras de ampliação do Aeroporto Internacional Salgado Filho. O ministro marcou a visita depois de anunciar, na semana passada, que o governo federal pretende conceder o aeroporto à iniciativa privada em troca da construção de um terminal de cargas e passageiros no município de Portão (Aeroporto 20 de Setembro). O encontro está marcado para as 14h30, no Gabinete do Prefeito.

Ao ministro, Fortunati vai expor a importância de investir na qualificação do Salgado Filho, já consolidado e em localização privilegiada. A maior preocupação é com a ampliação da pista, possibilitando pousos e decolagens de aviões de carga. A Infraero confirmou, em 2013, o prolongamento em mil metros, porém a obra não foi executada. Segundo a Assessoria de Assuntos Parlamentares da empresa pública, não há previsão de retomada do projeto porque o custo é muito elevado. A área necessária para execução do serviço foi liberada e cercada pela prefeitura em 2011, inclusive com a remoção de 922 famílias e com previsão de transferência de outras 1.777.

Trade turístico – Antes da reunião com o ministro Padilha, ainda na manhã desta sexta, às 10h30, o prefeito recebe representantes do trade turístico de Porto Alegre. Dirigentes dos principais sindicatos e associações da rede hoteleira, de gastronomia, comércio e empresas ligadas ao turismo e lideranças do setor, solicitaram a agenda para demostrar apoio à ampliação do Salgado Filho. Estarão representadas a Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (Abih), o Sindicato de Hotéis Restaurantes Bares e Similares (SindPoa), Sindicato dos Hotéis de Porto Alegre (SHPOA), Associação Brasileira de Agências de Viagens (Abav) e o Sindicato dos Lojistas do Comércio de Porto Alegre (Sindilojas). Também participam da reunião o secretário municipal de Turismo, Luiz Fernando Moraes, e o vereador João Carlos Nedel, presidente da Frente Parlamentar do Turismo.

Leia mais em Nota de Esclarecimento.

Prefeitura de Porto Alegre

___________________

Para enriquecer a discussão:

O Rio Grande precisa decolar, por Sergio Araujo, no Sul 21.

(fiz um comentário após o artigo, leiam lá)



Categorias:Outros assuntos

5 respostas

  1. Pensem bem. Pesquisem o eliseu padilha no Google e vejam no que ele já esteve metido. Depois reflitam por que ele foi o escolhido para ser ministro.

    Botaram um cara que tem “relacionamento” com as construtoras e habilidade comprovada em desviar dinheiro público por que?

    Agora, esse cara vai olhar “pro povo do Rio grande” e simpatizar ou ele vai fazer a maior obra que puder?

    Curtir

  2. o Padilha não atina bem ,onde se viu porto alegre esperar 30 anos ate ficar pronto em S R

    Curtir

  3. O que o Salgado Filho necessita o mais urgente possível é realmente o início das obras de extensão da pista principal do aeroporto. O novo ministro da Aviação Civil Eliseu Padilha tem em suas mãos a grande oportunidade de decidir e marcar o seu legado na história tomando uma decisão firme e forte a fim de salvar o Salgado Filho. O que precisa ser feito é a ampliação da pista do aeroporto e começar as obras o mais rápido possível. Esta novela chamada Império será que ainda irá muito longe. Tenho a impressão que lá meados do ano de 2.055 teremos a pista do SF talvez ampliada. É lamentável.

    Curtir

  4. João Carlos Nedel, Presidente da Frente Parlamentar de Turismo, só título pq não existe nada de concreto que ele tenha feito para o Trade. Tentamos uma reunião, algumas definições mas nada de concreto, desistimos. Secretário Municipal de Turismo, Luiz Fernando Moraes, idem, então só nos resta fazer a nossa parte e não tomar partido de ninguém, pq eles ficam lá quatro anos mas o Turismo tem a sua continuidade. O Centro de Eventos no Morro Santa Tereza, seria uma grande “sacada”, ficou, não, nem foi para o papel, o Terminal Turístico que viria ajudar em muito o embarque e desembarque dos veículos de Turismo, não tem prioridade e os passageiros, o motorista, o Guia de Turismo, tomando chuva em frente ao Teatro São Pedro e no retorno sem uma praça de taxi.. e por ai vai… então se é para continuar assim, não é um Secretário que diz “não entendo nada de Turismo”, nem uma Miss que “vai revolucionar o Turismo do Estado” que vamos continuar fazendo a nossa parte, cada um no seu setor, sem contar com os Governantes…

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: