Candiota ganhará usina termoelétrica com investimento de 1,8 bilhão de reais

Tractebel confirma início das obras de implantação da usina térmica de r$ 1,8 bilhão para Candiota

A região já possui o complexo de Candiota, com 3 usinas. Imagem: divulgação

A região já possui o complexo de Candiota, com 3 usinas. Imagem: divulgação

Tractebel Energia, sediada em Florianópolis (SC) confirmou nesta quarta-feira, 4, que iniciará ainda no primeiro semestre deste ano as obras para a construção de usina térmica a carvão em Candiota, na região da Campanha.

De acordo com o diretor-presidente da Tractebel Energia, Manoel Zaroni Torres, a nova unidade, batizada de Pampa Sul, terá investimentos na ordem de R$ 1,8 bilhão e produção de 360 megawatts – suficiente para abastecer duas cidades do porte de Caxias do Sul, por exemplo. A usina deve entrar em operação em janeiro de 2019. Na fase de obras, serão gerados cerca de 2 mil postos de trabalho diretos e outros 8 mil indiretos. A partir da operação, serão oferecidos 2 mil postos de trabalho de forma indireta e 300 diretos.

Políbio Braga



Categorias:Energia

Tags:, ,

9 respostas

  1. Parem de falar bobagem. É uma ótima ideia para gerar empregos e renda, e mais em breve será criado o novo polo cerâmico.

    Curtir

  2. Como o sistema é interligado, tanto faz se produzimos 10% ou 100% da energia. Fatalmente, acabarão puxando para os centros consumidores mais intensivos, como o sudeste.
    Diversificar a matriz energética é sempre bom, e parece que as termoelétricas são boas reservas de se ter para energias em horário de pico, evitando apagões. Agora, uma pena que é carvão. O que a Tractebel ganhar gerando essa energia, a população de Candiota e arredores irá gastar em tratamento de saúde.

    Curtir

  3. Pois é, parece que o melhor é ficar no escuro e sem energia.kkkkkkkk.
    Agora seria bom esta empresa pagar as suas desapropriações, pois parece que não estão nem ai para seus desapropriados.

    Curtir

    • Claro, só existem as opções “carvão ” e “sem energia” nada mais kkkk

      Curtir

      • Quais são as outras economicamente viáveis pra ti?

        Curtir

      • “Economicamente viável” é complicado, pois a termoelétrica gera energia cara. Provavelmente optam por esta pela construção da usina em si ser mais rápida e barata. Do ponto de vista do custo da energia hidroelétricas são mais interessantes.

        Reza a lenda que o carvão gaúcho também é de baixa qualidade, sei que o nacional já não é dos melhores.

        Curtir

  4. Carvão… caro e sujo.

    Curtir

  5. Muito bom!
    levando em conta que o nosso estado so produz 60% do que consume de energia

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: