ATP não garante renovação de frota com tarifa a R$ 3,25

Renovação dos ônibus de Porto Alegre não ocorre desde 2013

Novo valor da tarifa de ônibus deve ser anunciado na próxima semana | Foto: André Ávila

Novo valor da tarifa de ônibus deve ser anunciado na próxima semana | Foto: André Á

A Associação dos Transportadores de Passageiros de Porto Alegre (ATP) recebeu nesta quinta-feira a planilha de cálculo da EPTC usada para embasar o valor do reajuste na passagem em Porto Alegre. De acordo com a Empresa, o reajuste deve ser de R$ 0,30, o que eleva o custo de R$ 2,95 para R$ 3,25. A ATP, que havia sugerido o valor da passagem em R$ 3,49, afirmou que se esse for definitivamente o valor da tarifa, um dos principais prejuízos à população será o envelhecimento da frota dos coletivos que rodam na cidade.

De acordo com o gerente-executivo da ATP, Luis Mário Magalhães de Sá, a frota atual não é renovada desde 2013, e a tendência é de que essa situação se mantenha se o reajuste for o apresentado pela EPTC.  “Nós vamos operar com os custos mínimos necessários para que o serviço se mantenha”, ponderou.

A partir de agora, a associação fará a análise da planilha encaminhada pela EPTC e, caso haja contestações, vão ser apresentadas apenas após o carnaval. “Seja qual foi o reajuste, nós vamos ter que aceitar”, completou.

Ananda Müller / Rádio Guaíba

Correio do Povo

Anúncios


Categorias:onibus

Tags:, ,

25 respostas

  1. Eu, como busólogo e como usuário de ônibus (agora usuário eventual, pois tenho me deslocado de carro ao trabalho), lamento a falta de renovação dos ônibus – e também dos lotações – de Porto Alegre.
    O novo modelo Marcopolo Torino, lançado em 2014, não tem nenhuma unidade sequer na Capital.
    Já temos veículos que estão a fechar 13 anos de circulação aqui, vários deles no consórcio Unibus, e é grande a probabilidade de estes serem retirados da frota sem reposição, devido à não-renovação da frota nas empresas privadas.
    Em breve vão surgir reclamações sobre os ônibus velhos, barulhentos e sem conforto, além das queixas que já conhecemos quanto à superlotação, demora entre um coletivo e outro e falta de climatização adequada em algumas linhas.
    Enfim, resta-nos torcer para que a tal licitação do transporte da Capital tenha resultados satisfatórios para os porto-alegrenses.

    Curtir

  2. O metrô e o mesmo desde 1985, e tirando a falta de ar condicionado acho que funciona com certa dignidade. Fico me questionado, existe a necessidade de trocar tanto esses ônibus?ônibus não é celular

    Curtir

    • Mas metrô requer menos manutenção que ônibus, já que anda num trilho e é elétrico. Não enfrenta problemas típicos de ônibus, como a má conservação das vias.

      Curtir

    • E isso que ele foi comprado usado do Japão.

      Curtir

  3. O metro é o mesmo de

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: