EPTC rejeita aumento nas tarifas de táxi de Porto Alegre até abril

Foto: Ivo Gonçalves / PMPA

Foto: Ivo Gonçalves / PMPA

A Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) decidiu, com base em estudo técnico, que a tarifa de táxi da capital não será reajustada até abril, data já prevista para ocorrer com base no IGPM (Índice Geral de Preços do Mercado) acumulado desde o último aumento. O Sindicato dos Taxistas de Porto Alegre (Sintáxi) havia solicitado estudo, baseado em pesquisa da variação dos preços de combustíveis – GNV, gasolina e etanol.

Apesar da alta de 13,5% no valor da gasolina, os demais combustíveis permaneceram estáveis. A EPTC considerou que, do total de 3.921 táxis existentes na frota de Porto Alegre, cerca de 2,5 mil veículos são movidos a GNV, e os restantes a gasolina e etanol. A variação ponderada dos preços dos três combustíveis não atingiu 8%, que seria a média para justificar o aumento, segundo a Lei Municipal 11.582.

Atualmente, o valor da bandeirada inicial em Porto Alegre é R$ 4,52. O quilômetro rodado com Bandeira 1 é R$ 2,26 e com Bandeira 2 é R$ 2,94.

*Com informações da Prefeitura de Porto Alegre

SUL 21



Categorias:Outros assuntos

Tags:,

3 respostas

  1. Eles não têm o mesmo lobby das empresas de ônibus…

    Curtir

  2. Pague mais caro para andar com motoristas raivosos alguns até com antecedentes por crime de transito. Infelizmente Poucos, muito poucos fogem a regra.

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: