Carris assumirá transporte público caso não haja empresas interessadas em nova licitação

Débora Fogliatto*

A Carris ficará responsável pelo transporte caso não haja empresas privadas interessadas | Foto: Alina Souza/Sul21

A Carris ficará responsável pelo transporte caso não haja empresas privadas interessadas | Foto: Alina Souza/Sul21

O terceiro edital de licitação para o transporte público de Porto Alegre será lançado no dia 6 de maio, de acordo com a Prefeitura. Após duas publicações em que não houveram empresas interessadas, o diretor-presidente da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC), Vanderlei Cappellari, afirma que essa é a “última tentativa”. Caso a licitação seja novamente deserta, a Carris, empresa pública, deverá assumir o transporte na cidade.

O tamanho das bacias foi diminuído para a realização do novo edital para que pequenas e médias empresas também possam concorrer. Os técnicos da EPTC trabalham na reelaboração do projeto básico, contemplando os itens já incorporados ao edital anterior, como o ar-condicionado na frota. Esta tarefa deve ser concluída até o final deste mês.

A partir de abril, serão realizadas reuniões do Orçamento Participativo para consulta sobre o edital. “O OP foi nosso principal parceiro de debate na elaboração do primeiro edital”, afirmou Cappellari. E no dia 15 de abril está marcada uma audiência pública para finalizar os editais para publicação.

A ideia é que as bacias sejam divididas em grupos de linhas com “afinidades”, que a Prefeitura acredita que serão de sete a dez. “Por exemplo, na região leste, temos corredor da Bento Gonçalves e da Protásio Alves, são características que são propícias para agrupar um grupo de linhas e fazer um edital desses eixos, para poder manter um custo reduzido do sistema”, explicou Cappellari.

Caso não haja empresas interessadas em todas as bacias, as que ficarem vagas serão assumidas pela Carris. “Se não conseguirmos que as atuais ou novas (empresas) venham a participar, quer dizer que os empresários não têm interesse, e o governo vai ter que colocar a companhia Carris a operar em toda a frota”, admitiu, dizendo que serão necessárias adaptações no orçamento do município.

Histórico

O edital de licitação foi elaborado durante dois anos pela EPTC e demais órgãos técnicos da prefeitura. O conteúdo foi definido com a participação de cerca de 1.700 usuários em encontros realizados no âmbito do Orçamento Participativo (OP), em 24 reuniões nas 17 regiões da cidade.

A Prefeitura promoveu também duas audiências públicas: na Câmara de Vereadores, em 27 de fevereiro de 2014, e no Ginásio Tesourinha, em 10 de março. Na última delas, o prefeito José Fortunati recebeu contribuições do Legislativo municipal para a composição. Foi criado também um canal de participação da população via internet (licitacaodeonibus@portoalegre.rs.gov.br), no qual houve o registro de 241 e-mails recebidos.

O primeiro edital foi publicado em 31 de março de 2014 e o recebimento das propostas foi marcado para 3 de junho, mas a licitação foi considerada deserta. Um novo edital foi lançado em setembro de 2014, com a possibilidade de inclusão de empresas internacionais, além de ajustes técnicos no documento original. No entanto, mais uma vez não houve propostas de interessados.

*Com informações da Prefeitura de Porto Alegre

SUL 21



Categorias:Outros assuntos

18 respostas

  1. por que nao promovem anuncios nos onibus? como fazem na California onde os onibus são outdoor moveis com propagandas de filmes etc, tem mil formas de ampliar a renda das empresas, nem que seja pondo uma máquina de refrigerante dentro kkkk
    por que não?

    Curtir

    • Os anúncios nos ônibus deveriam ser usados para pagar o plano de saúde dos funcionários, mas curiosamente as empresas repassavam o custo para a folha de pagamento, para set pago pelos funcionários, e ganhavam uma mixaria com os anúncios. Acredito q a venda dos anúncios era feita por baixo dos panos para manipular a.misteriosa planilha da EPTC

      Curtir

  2. Ahahahahahaha, a piada do ano, uma empresa falida, em que é sustentada por uma prefeitura de igual situação, assumir o transporte de porto alegre???? Ahahahahahahahahhahahahahahahahahahahahhaha. Enfartei de tanto rir com essa piada! Valeu Carris!!!!!

    Curtir

  3. “Após duas publicações em que não houveram empresas interessadas (sic)” (Débora Fogliato)

    Essa profissional da comunicação conseguiu emprego? Jamais poderia imaginar algum jornalista escrevendo “houveram”. Que país é este?

    Curtir

    • Também doeu no meu ouvido.

      Curtir

    • Carris tem os melhores onibus ? desculpe mas eu não acho, um exemplo, aqueles onibus velhos que mal conseguem subir uma lomba, e quando sobem sobem se arrastando ( T1, T7 ). da vontade de pedir pro motorista abrir a porta e perguntar se quer que empurre.

      Curtir

  4. Melhorou, vai melhorar……….

    Curtir

  5. Se não refletir no preço da passagem, não vejo maiores problemas. Prefiro mil vezes a Carris que essa máfia que se pudesse cobraria 10 reais a passagem pra colocar carroças puxadas a cavalo.

    Curtir

    • Aí a caixa da Pandora (vide orçamento da prefeitura) está aberta. Será que a carris será bem administrada e se manterá com recursos próprios ou será que rolará mais dinheiro por ela que será usado pra alimentar caixa de partidos e dar cargo em troca de apoio político? Imagina as possibilidades se a carris assumir todo o transporte e toda a arrecadação com transporte da cidade.

      Curtir

  6. A Carris já consegue dar prejuízo fazendo o transporte de uma parte da cidade.
    Imagina de TODA A CIDADE?
    hahaha

    Curtir

  7. Isso é um blefe pra forçar o interesse na licitação.

    Curtir

  8. Eu também acho que é blefe. E se não for não sei bem se é uma boa ideia.

    O interessante é que se a carris assumisse, na teoria só a planilha de custos dela seria utilizada na famosa planilha de cálculo da passagem, ou seja, o valor aumentaria muito pois ela opera em prejuízo. Eu gostaria de ver isso…

    I just want to watch the world burn. EheHehEHe.

    Curtir

  9. Agora entendi, se fizeram de machões por que já deram as empresas o que elas queriam. É sempre jogo entre amigos… http://www.correiodopovo.com.br/blogs/juremirmachado/?p=6978

    Curtir

  10. Quem quiser ler o expediente da SMT que definiu o aumento das passagens:
    http://www.eptc.com.br/tarifa/processo_tarifa2015.pdf

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: