Obras do BRT Protásio estão 93% concluídas

Trabalho está em fase de conclusão, com 93% da obra executada   Foto: Joel Vargas/PMPA

Trabalho está em fase de conclusão, com 93% da obra executada   Foto: Joel Vargas/PMPA

Estão em andamento na Capital as obras de qualificação do pavimento em seis cruzamentos ao longo das avenidas Osvaldo Aranha e Protásio Alves. O serviço consiste na substituição do asfalto por placas de concreto, uma adaptação para o sistema BRT. Em todo o projeto estão previstos a implantação de aproximadamente sete quilômetros de corredor de ônibus ao longo da via.

Os cruzamentos da Osvaldo Aranha com as ruas Garibaldi e Santo Antônio já foram concretados e devem ser liberados nas próximas semanas. Já o trecho da Sarmento Leite, em frente ao túnel da Conceição, está em fase de concretagem.

Nas próximas semanas, outros cinco cruzamentos serão bloqueados   Foto: Joel Vargas/PMPA

Nas próximas semanas, outros cinco cruzamentos serão bloqueados   Foto: Joel Vargas/PMPA

Na extensão da Protásio Alves, os cruzamentos com as ruas Palmeira, Montenegro e Professor Cristiano Fischer estão em obras. Os trechos devem ser liberados até o final de abril.

O BRT Protásio se encontra em fase de conclusão. Já foram executados 93% dos trabalhos. Nas próximas semanas, outros cinco cruzamentos serão bloqueados para a qualificação do pavimento: nas ruas João Guimarães, Prof. Duplan, Domingos José de Almeida, Vicente da Fontoura e Coronel Lucas de Oliveira.

Prefeitura de Porto Alegre



Categorias:Meios de Transporte / Trânsito

Tags:,

8 respostas

  1. Consideraremos 100% concluídas sem as estações?

    Curtir

  2. Só uma obs: é de uma mesquinharia tão pequena que chega a ser ridícula a opção por não recuperarem os trechos das estações, tendo em vista o estado da grande maioria delas. Tem gente que deve achar um ‘gasto desnecessário’, já que esses trechos já eram de concreto, mas parece no fim das contas que é aquela má vontade constante do tipo, ‘ahh, não precisa, assim tá ótimo!’
    Depois ficam remendando a cada 3 meses com aquele asfalto (que não é próprio para este fim) e a cada ónibus que passa vai abrindo, tipo nos corredores da Assis Brasil, Farrapos, Protásio… não se pensa por exemplo na manutenção que isso provoca nos ônibus, nas poças d’agua que molham quem aguarda nas estações, etc.
    Realmente a conclusão que se chega é de que a intenção não é mesmo fazer algo bom e sim apenas tornar um pouco menos pior, sempre. É aquele nivelamento por baixo, se contentar com pouco.
    E não sou um reclamão sobre tudo que fazem, do tipo oposiocionista ao prefeito e afins, é somente uma constatação.

    Curtir

  3. Espero que tais estações sejam construídas respeitando o padrão dos renders apresentados, em por exemplo BH o que fizeram é realmente muito bom e esteticamente bonito, mas quando se trata de POA nunca se sabe exatamente o que virá.

    Curtir

  4. segundo informaçoes, piso de concreto = BRT em porto alegre

    Curtir

  5. Pelo que eu saiba, ainda nem foram licitadas as estacoes…Zzzzzzzzzz…

    #ProvinciaGauderia

    Curtir

  6. Olha a linguagem falaciosa, falam no título que 93% do brt está pronto quando no máximo dos máximos é 93% da PISTA, não do sistema. No mínimio teria que fazer as estações para dizer isso.

    Curtir

  7. Até parece que o BRT é a solução para o transporte coletivo de POA….E o metrô?

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: