Indicador de ocorrências de pichação tem queda em 2014

Em 2014, foram 33 ocorrências atendidas, contra 53 em 2013  Foto: Divulgação/PMPA

Em 2014, foram 33 ocorrências atendidas, contra 53 em 2013  Foto: Divulgação/PMPA

A Secretaria Municipal de Segurança, por meio do seu Observatório Urbano, está disponibilizando os indicadores de segurança do município. O destaque foi para a queda nas ocorrências de pichações, com denúncias por meio do Disque Pichação 153. Em 2014, foram 33 ocorrências atendidas, contra 53 em 2013, o que representa uma melhora de 41,07%. Além das pichações, foram observados, através do trabalho da Guarda Municipal, os indicadores de ocorrências contra a sociedade, pessoas e patrimônio, com as duas primeiras também apresentando reduções significativas (veja todos os dados clicando no quadro abaixo).

O objetivo do Observatório de Segurança Urbana, que integra o ObservaPOA, é trabalhar a informação para que se torne a principal ferramenta de ação policial no Gabinete de Gestão Integrada Municipal (GGIM) e viabilize a produção de uma inteligência voltada para as tomadas de decisões, tanto na constituição de diagnóstico quanto na identificação de demandas.

O Observatório de Segurança Urbana é o responsável pela organização e análise de dados sobre violência, criminalidade local, a partir de fontes públicas de informações e pelo monitoramento da eficácia e efetividade das ações de segurança pública do município de Porto Alegre.

Indicadores:

Prefeitura de Porto Alegre



Categorias:Pichação

Tags:,

4 respostas

  1. Na verdade, o pessoal parou de recorrer às autoridades e, resignada, deixa de denunciar. A cidade está mais pichada que nunca.

    Curtir

  2. Seria mesmo uma surpresa se as píchações tivessem aumentado. Como, se já está tudo pichado? Não há mais parede disponível aos nossos “artistas”. Estou prevendo duas novas modalidades; pichação de veículos e do pavimento.

    Curtir

  3. Eu sei que o pessimismo galopante vai discordar, mas acho sim que a cidade vem sendo menos pichada que há 10 anos.

    Curtir

    • Concordo.

      Tenho notado um recrudescimento maior nos últimos anos (pasmem: a restauração externa da Casa de Cultura foi concluída há pelo menos um mês e não há nenhuma pichação!!!).

      E tenho notado também algumas (poucas, é verdade) ações de restauração de obras recém pichadas (exemplo: Monumento ao Expedicionário). Bom começo, que continuem evoluindo neste aspecto.

      Curtir

%d blogueiros gostam disto: