Protesto de taxistas bloqueia ruas e avenidas centrais de Porto Alegre

Grupo denuncia o que classifica “abuso da EPTC” na fiscalização

Protesto de taxistas bloqueia ruas e avenidas centrais de Porto Alegre | Foto: Fabiano do Amaral

Protesto de taxistas bloqueia ruas e avenidas centrais de Porto Alegre | Foto: Fabiano do Amaral

Protesto de taxistas causa bloqueio, na noite desta segunda-feira, nas ruas centrais da Capital. O grupo denuncia o que classifica como “abuso da EPTC” na fiscalização do serviço e das normas de trânsito contra os veículos da categoria. Faixas apresentam frases como “mais apoio, menos multas”. Eles prometem repetir o movimento nesta terça-feira.

A carreata segue pelas ruas centrais e já causou congestionamento em diversos pontos da Capital. Por volta das 20h30min, encontrava-se na altura do Viaduto da Conceição. Posteriormente, se deslocaram para a João Pessoa onde trancaram o fluxo de veículos na esquina com a Venâncio Aires. Por volta das 22h20min, eles estavam em frente à sede da EPTC na Érico Veríssimo. O grupo encerrou o protesto em frente à residência do prefeito, José Fortunati, na Gerônimo Coelho.

O grupo, que reclama de excesso de multas aplicadas pela EPTC e da apreensão de carros durante o serviço por motivos, na opinião das lideranças, discutíveis, promete continuar nas ruas até ter uma resposta da autarquia. Cerca de 50 motoristas fazem parte da manifestação.

Correio do Povo



Categorias:Meios de Transporte / Trânsito

Tags:,

7 respostas

  1. Frota de táxis de Porto Alegre, em sua maioria carros velhos, desconfortáveis, muito inferiores aos que atendem cidades como Curitiba ou Florianópolis, toda uma padronização feia, muito desagradável esteticamente falando. Os caras tem de renovar seus equipamentos de trabalho, no caso seus automóveis, é o mínimo.

    Curtir

  2. hahahah excesso de multas… brasileiro tem essa relação engraçada de achar que multa sepre é injusta, mesmo quando é pego andando a 80km/h dentro da cidade.

    Curtir

    • Pois é… Como se o problema fosse a multa e não o fato ilícito que a gerou.

      Daí depois essa mesma pessoa enche a boca pra reclamar da impunidade dos políticos do país…

      Curtir

      • Verdade, ando de carro há anos e nunca levei uma multa (embora já tenha cometido vários deslizes).
        Eu acho o contrário: estão multando de menos.
        Não existe essa história de educar o motorista. É aquele velho jargão: educação vem de casa.

        Curtir

  3. Aliás, falando em “o problema não sou eu, são os outros ou o sistema” http://www.institutomillenium.org.br/blog/9-dos-brasileiros-admitem-ter-pago-propina-ltimo-ano/

    Curtir

  4. Vou protestar também, não gostei da mula que tomei indo pra praia.
    hahaha
    Vou fechar a Free Way.

    Curtir

  5. Imagina se não tivesse fiscalização né

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: