Duplicação da Wenceslau Escobar deve começar em 15 de abril

Vice-prefeito Sebastião Melo coordenou a reunião para agendar início das obras   Foto: Luciano Lanes / PMPA

Vice-prefeito Sebastião Melo coordenou a reunião para agendar início das obras   Foto: Luciano Lanes / PMPA

A duplicação da avenida Wenceslau Escobar, na zona Sul da Capital, deve começar em 15 de abril. Secretários e técnicos de sete órgãos da Prefeitura de Porto Alegre reuniram-se com o vice-prefeito Sebastião Melo para conferir o projeto e dar o sinal verde para o alargamento da via. Os últimos preparativos e levantamentos necessários para executar a obra avaliada em aproximadamente R$ 3,6 milhões serão providenciados até o final deste mês. “Foi uma reunião final, promovida para ajustar os ponteiros”, afirmou Melo. A execução do projeto, originalmente prevista para o final de 2013, sofreu atrasos decorrentes da tramitação de processos de desapropriação de imóveis. O encontro ocorreu no Paço Municipal na tarde desta quarta-feira, 11.

O secretário municipal de Obras e Viação (Smov), Mauro Zacher, e a procuradora-geral adjunta de Domínio Público, Urbanismo e Meio-Ambiente, Andrea Vizzotto, ficaram encarregados de verificar questões jurídicas. Os representantes dos demais órgãos vão notificar empresas de telefonia e de gás para possíveis ajustes nas redes que administram. O secretário municipal de Mobilidade Urbana e diretor-presidente da EPTC, Vanderlei Cappellari, planejará alterações no trânsito para atenuar o impacto causado pela obra.

O projeto de ampliação da avenida Wenceslau Escobar prevê duplicação de 350 metros no trecho entre a avenida Diário de Notícias e a rua Castro de Menezes, além de construção de ciclovia e de uma adutora do Departamento Municipal de Água e Esgoto (Dmae). A via terá duas pistas com 9,5 metros para cada sentido, divididas por um canteiro central. O investimento total contará com contrapartida de R$ 2 milhões da construtora Goldsztein, representada na reunião pelo engenheiro Marco Rodrigues.

Prefeitura de Porto Alegre



Categorias:Duplicação de avenidas

Tags:,

11 respostas

  1. Depois de construir um viaduto chamando ele de trincheira a onda agora é duplicar vias já duplicadas rsrsrsrs.

    Curtir

    • Pois é, eu tava justamente me perguntando isso…
      “A via terá duas pistas com 9,5 metros para cada sentido, divididas por um canteiro central.”. Já tem duas pistas, só vão fazer o canteiro então (?)

      Curtir

      • Pois é, é estranho… espero ao menos que além das duas pistas haja recuos para retornos, que é um dos grandes motivos dos congestionamentos hoje.

        Bem, e vai ter ciclovia.

        Curtir

      • Vocês estão confundindo pista com faixa de rolamento.

        Curtir

      • Pô, podia ter explicado mas acho que entendi, Adriano.

        Teu ponto é que em uma pista de 9,5m dá para fazer três faixas de rolamento e estacionamento (bobear até a ciclovia).

        Curtir

  2. Agora falando sério, aquele trecho hoje é meio sacal mesmo, mais na hora de baixo tráfego do que na hora de alto pq afinal daí tudo para mesmo.

    Curtir

  3. KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK. Comecei a ler a matéria, pensando com meus botões que o projeto de alargamento obviamente contemplaria TODA a Wenceslau (principalmente o trecho a partir da igreja até a Cel Marcos) baseado nesse enorme estudo jurídico e técnico encampando várias áreas da PMPA que foi alardeado pela reportagem. Lá pelo final do texto, para minha inequívoca surpresa li que serão astronômicos 350 metros. UAU! Pensando bem, com o histórico de obras inacabadas e mal feitas nesta cidade, acho que esse meio metro de obra vai gerar um caos de um ano inteiro no trecho. É…concordo com o Fortuna e o Capellari. É projeto do tamanho da capacidade deles.

    Curtir

  4. Falar em obras bestiais, o canteiro central da Praia de Belas, que havia sido inexplicavelmente alargado quando da execução do binário, agora está sendo todo desmanchado de um dos lados. Estão desfazendo o meio-fio que eles mesmos mudaram há 3 meses. Dá pra entender um troço desses?

    Curtir

  5. Duas pistas separadas por canteiro central e três faixas de rolamento. A duplicação da Wenceslau até a Pereira Passos será contrapartida do Barra shopping. A duplicação da Coronel Marcos será através de financiamento.

    Curtir

  6. Ampliar pistas não resolve nenhum problema de trânsito.

    Curtir

  7. será se o pior trecho que é na subida proximo a vila conceição, eles sequer pensaram?

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: