Protesto reúne 100 mil pessoas em Porto Alegre

Manifestantes carregaram faixas contra a presidente Dilma, o governo federal e o PT

Protesto reúne 100 mil pessoas em Porto Alegre | Foto: Mauro Schaefer

Protesto reúne 100 mil pessoas em Porto Alegre | Foto: Mauro Schaefer

Chegou a 100 mil o número de pessoas que participaram do protesto deste domingo em Porto Alegre, segundo estimativa da Brigada Militar, que acompanhou a caminhada com 650 policiais militares.

No meio da multidão era possível ver pessoas com caras pintadas e com nariz de palhaço. A maioria das pessoas vestiu roupas verde e amarelo ou usou a camiseta do Brasil. Assim como ocorreu em diversas cidades brasileiras neste domingo, o protesto foi essencialmente contra o governo federal. Os manifestantes carregaram faixas contra a presidente Dilma Rousseff, o ex-presidente Lula, o governo federal e o PT.

Ao som do hino nacional, a caminhada partiu do Parque Moinhos de Vento, o Parcão, às 15h. Os manifestantes percorreram as vias Vasco da Gama, Sarmento Leite, João Pessoa, Osvaldo Aranha, Goethe e voltaram ao Parcão. Muitas pessoas acompanham a manifestação das janelas de casas e apartamentos.

Correio do Povo

 * Com informações das repórteres Karina Reif e Mauren Xavier

MAIS FOTOS, de Mauro Schaefer (CP)

Protesto-poa-Mauro Schaefer (1)

Protesto-poa-Mauro Schaefer (2)

Protesto-poa-Mauro Schaefer (3)

Protesto-poa-Mauro Schaefer (4)

_______________________________

NA ZERO HORA:

AO VIVO: Porto Alegre reúne 100 mil manifestantes, estima BM

PELO BRASIL:



Categorias:Manifestações

Tags:, , ,

82 respostas

  1. se ta ruim com ela,imagina sem!!!

    Curtir

  2. Infelizmente estava muito cansado para participar,mas dei uma volta pela Assis Brasil,fui e voltei de onibus e na volta em uma parada vi uma adolescente e sua mãe pintadas de verde-amarelo e indaguei o que faziam daquele jeito.A resposta foi simples fomos ao protesto contra Dilma.Isso mesmo gente do povo que anda de onibus e não militante de esquerda cc e outros funcionários publicos que mamam alto e apoiam esta situação de sacanagem do governo em todas as instancias do municipio até o governo Federal.Eu li uma noticia no Blog,pagina sei lá do Juremir Machado onde ele escrevia entre outras bobagens que protestar contra a Dilma era ato anti-comunista,como se o comunismo fosse grande coisa.O Stalin e a turma dele mataram torturaram e atrasaram a vida de mais povos sobre a influencia sovietica do que o exercito alemão,sem falar no Mao zedong e no Fidel Castro.. Assim como o Juremir tem gente da imprensa que acha que todo mundo pode ser enganado todo o tempo.A Dilma pode ter ganho as eleições mas ninguem pode provar que as urnas não podiam ser violadas ,a margem foi pequena e como ela não dá comprovante em quem se vota a duvida vai sempre ficar no ar.Mas de qualquer maneira a palavra de ordem é Fora Dilma.

    Curtir

  3. O Povo na Rua……. no Brasil inteiro mostrando sua Insatisfação com toda esta Roubalheira e Corrupção.

    Curtir

  4. As manifestações contra o governo Dilma Rousseff, que levaram neste domingo mais de um milhão de pessoas às ruas em todo o Brasil tiveram repercussão na mídia internacional. Vários jornais europeus deram destaque ao evento em suas páginas, trazendo informações, imagens e análises.

    O jornal britânico The Guardian chamou os protestos de “demonstrações de direita” pela frustração com a “economia moribunda” e o escândalo de corrupção na Petrobras. Com o título “Brasil: centenas de milhares de manifestantes pedem o impeachment de Rousseff”, a publicação trouxe uma descrição dos eventos em algumas cidades brasileiras e disse que, diferentemente das manifestações ocorridas na Copa das Confederações em 2013, as registradas hoje foram promovidas por “uma classe média predominantemente branca” que tomou as ruas para pedir o impeachment da presidente.

    Já o jornal Financial Times, com o título “Milhares pedem o impeachment de Rousseff”, destacou que as manifestações aconteceram no início do segundo mandato de Dilma e se somarão “a um clima de instabilidade política que tem empurrado a moeda brasileira para baixo e tornado ainda mais difícil a introdução das medidas de austeridade necessárias para corrigir a deteriorada situação fiscal do Brasil”.

    As manifestações do Brasil foram manchete no site da empresa britânica de notícias BBC neste domingo. O título “Grandes protestos contra a presidente do Brasil” é ilustrado por uma foto de uma brasileira vestida de verde e amarelo, enrolada na bandeira do Brasil, com o braço direito estendido em sinal de protesto. A notícia dá ênfase ao escândalo de corrupção da Petrobras como o fator gerador dos protestos.

    O jornal alemão Der Spiegel trouxe o título “Brasil: centenas de milhares vão às ruas para protestar contra o governo”, ilustrado por uma foto da manifestação ocorrida em Manaus. No texto, o jornal descreve os eventos nas principais cidades brasileiras e atribui as manifestações à crise econômica e ao escândalo de corrupção da Petrobras.

    Curtir

  5. Se esta ruim pra nós, imagina pra classe média

    Curtir

  6. Amanheceremos com Temer na Presidencia e Exercito na Rua. Parabéns Brasil!

    Curtir

  7. O Blog está de parabéns por se adequar a conjuntura antes que seja tarde, é o famoso jeitinho brasileiro entrando em ação.

    Curtir

  8. Manifestações: bobagem; solução: independência do sul

    Curtir

    • É quase inacreditável que ainda existam idiotas defendendo essa tese estúpida. Olha só a merda que está o RS ! Se fosse facultado a cada estado separar-se da União, o nosso estado seria um dos últimos a ter cacife pra isso. Vez em quando aparece um sacripanta propugnando que o caráter do gaúcho é melhor do que o do Brasil. Coisa de gente sem a menor noção.

      Curtir

      • Ponto 1: É quase inacreditável que ainda existam alienados como o sr. Oscar, que não percebem que o RS está assim por causa deste país chamado Brasil.
        Ponto 2: Caráter do gaúcho é igual ao do brasileiro, e nada tem a ver com o apoio à indepedência.

        Curtir

      • Se o Uruguai consegue ser independente com uma economia pífia, o Rio Grande do Sul também conseguiria. O RS tem uma economia muito mais diversificada que vai além de vinhos, carne e derivados. Há indústria pesada, grãos, alimentos dos mais diversos, mineração, automóveis, etc. O problema maior seria o pedágio que o Brasil cobraria para reconhecer a independência e passar a fazer comércio com a recém-criada república secessionista.

        Voltando à realidade, o RS tem que dar um jeito de se tornar mais produtivo e depender menos da União, mesmo sabendo que ela praticamente saqueia boa parte da receita e não devolve nunca. O RS tem de estar acima da crítica. Os municípios precisam parar de jogar com a torcida e cobrar o IPTU certo, principalmente Porto Alegre, que alivia muito a alíquota de 0,85%.

        O ICMS tem que ser melhor fiscalizado por esses auditores que ganham 13 paus por mês. Se eu ganhasse isso, faria da área fiscal um verdadeiro Minority Report, com aplicativos para não deixar escapar um centavo do fisco.

        Por fim, toda essa arrecadação deveria ser revertida em investimento em inovação e em logística para escoar a produção numa velocidade nunca antes vista. Temos cérebros pra isso, só precisamos parar de choramingar. E precisamos de políticos menos medíocres, que só alçaram o poder porque trocaram favores com empresas igualmente medíocres. Temos de premiar a inteligência, não a mediocridade fisiológica e cleptocrata.

        Curtir

      • E ainda insistem! kkkkkkk Haja incapacidade intelectiva. A estultice não tem limites.

        Curtir

  9. Simplesmente espetacular a manifestação contra a corrupção e a favor do impeachment!

    Curtir

  10. Eu sou contra o impeachment da Dilma, por dois motivos;
    1) Não quero impeachment. Quero o enforcamento;
    2) Mas o enforcamento deve ser no final do mandato, pois será uma delícia ver toda a caterva que reelegeu a anta ferrando-se junto comigo até o último segundo de 2018, tendo que apertar os cintos, amargando uma hiper inflação, passando perrengue pra pagar as contas e perdendo emprego. Isso não tem preço.

    Agora, na boa; estou me lixando para o impeachment ou não. A minha preocupação é quanto à economia. Tirar a anta pra colocar outra coligação do inferno, é trocar merda por bosta. Está na hora de quebrar esse ciclo maldito. Sob o ponto de vista democrático, o Brasil é um país eticamente inviável.
    Enquanto não houver uma ruptura democrática, vamos estar sempre à mercê de próximo aproveitador….e o seguinte sempre rouba mais do que o anterior. Isso é know how e legado de uma democracia escatológica, mantida por um povo desprezível.

    Curtir

    • Brabo é ter que ler comentários escatológicos como esse.

      Curtir

      • Perto da tua ausência de intelecto, a escatologia é uma bênção cognitiva.

        Curtir

      • Vai lá te alistar no Exército pra tentar impor teu regime de governo, que é o melhor que tu pode fazer, tá Oscar…

        Curtir

      • Nosso exército tornou-se uma entidade frouxa. Já não se faz mais generais como antigamente. Hoje em dia eles só querem receber o soldo em dia. É por isso que essa súcia política continua pisoteando a nação há 30 anos.

        Curtir

    • Um golpe sempre resolve mesmo. ATé por que tirando liberdades individuais ninguém pode reclamar então tudo parece melhor.

      Curtir

      • Esse é o grande problema do Brasil. Foi muito bom você ter frisado isso. “Liberdades individuais”. Pois foram tais liberdades (na verdade liberalidades) que propiciaram e municiaram essa explosão de corrupção e conchavos políticos de toda espécie, a destruição da maior companhia nacional, o aumento exponencial da bandidagem e drogadição e o aniquilamento da economia que certamente se agravará. Tudo isso regado a muita impunidade. Que dúvida que chegaríamos a este ponto da fadiga dos metais?

        Curtir

      • O que municiou a explosão de corrupção foi o sistema podre herdado do teu incensado governo militar, sem transparência, sem dar satisfação ao povo, tudo às escondidas. A única diferença de lá pra cá é que nada podia ser divulgado naquela época, enquanto hoje em dia qualquer desvio estoura na mídia (corretamente, diga-se de passagem, não estou criticando isso).

        Curtir

      • Impressionante o número de manifestações pró-golpe militar na internet. Acho que tem muita gente que é filho ou neto de milico e tem uma rebarbinha de pensão, mesadinha do vovô ou coisa parecida. Ou então é daquela turma de funcionários públicos que se tornou juiz, promotor, delegado e diplomata sem concurso. Sambou na farra do acúmulo de funções e hoje está aposentado ganhando seus 50 mil.

        Sou contra a petralhada demagoga, mas também contra a direitalha mamadora. Golpe não! Cargo público sem concurso não! Pensãozinha e mesada do vovô milico, também não!

        Por outro lado, deixo minha manifestação de respeito aos milicos contrários ao golpe e que perderam tudo em 64 (alguns inclusive a vida).

        Curtir

      • Acho engraçado como tem gente ignorante que gosta de criar essas dicotomias. Por exemplo, liberdade versus ética. Mas enfim, se a pessoa realmente se informasse em vez de tirar teorias da sua imaginação saberia que superfaturamento e corrupção aconteceu também, por exemplo, em Itaipu. Com direito a queima de arquivo de quem sabia do esquema.

        O problema é que nem naquela época nem hoje vejo gente sendo presa.

        Curtir

      • Sem falar no crime ambiental que foi acabarem com os Saltos de Sete Quedas, um dos maiores atrativos turísticos do país, para construírem Itaipu… Sendo que, pelo que eu andei lendo, havia alternativas menos danosas para a obra.

        Curtir

  11. E parabéns ao blog por trazer ao fórum, um acontecimento tão significativo como o do final de semana. Um blog jamais pode furtar-se de divulgar e comentar assuntos de relevância nacional, cuja dimensão ultrapassa os assuntos cotidianos costumeiramente tratados pelo blog.

    Curtir

  12. Quero ver a coisa pegar fogo! Quanto pior, melhor.

    Curtir

  13. A histeria elitista não tinha lugar melhor pra se reunir pro golpe do que o Parcão dos luxuosos condomínios e do monumento do Castelo Branco. hahahaha Pq não fizeram no centrão do povo?
    Golpistinhas, intolerantes, reacionários, preconceituosos, burguesada hipócrita, eleitores da bancada do PP, ou seja, tudo o que há de pior na sociedade não representam a MAIORIA e não vão ganhar no grito.

    Curtir

    • Aqui não tem censura. Desculpe demorar pra liberar o comentário. Eu trabalho 8h por dia e as vezes não consigo me dedicar ao blog como gostaria.

      Mas ja te aviso: comentários ofensivos serão deletados. Mantem um certo nível que tudo vai bem.

      Curtir

    • Abdre por acaso não participasse da churrascada petista da redenção e tu ta mal informado ,o parcão não é frequentado pela elite lá tinha povo consciente da periferia também e não tinha o arrego destes sanguessugas do Brasil, cut ,MST e PT que pagaram para pessoas fazerem manifestação. Das duas uma ou tu te beneficia com esta gente que tá em Brasilia ou tu é mal-informado.

      Curtir

    • Sai da tua cebola (leia o Marcos Rolim de uns dias atrás para entender).

      Curtir

      • Tu tambem tava no churrasco semiografo? A questão do dolar não diz respeito aos macbesteira e sim toda economia que é indexada ao dolar inclusive comida.Agora CC dos governos não sentem o custo de vida.Como é que se vai defender que as vestais do PT usurpem o Estado em proveito próprio e se eu quisesse ler Petista ou ex petista com masturbação sociologica ou filosofica eu preferia ligar a tv e ver o Chaves,não o falecido amigo do Lula.o falecido mexicano.

        Curtir

    • Coitadinho do PT. Perseguido pela elite branca e fascista. Esses golpistas indignados com o mensalão, as doações sedais de campanha, a destruição da Petrobrás e da economia. Isso é gente muito revoltada, André. Falando em PP, uma perguntas; quem colocou o PP no governo?

      Curtir

  14. Eu queria:
    – O impeachment da Dilma e do Temer.
    – Uma nova eleição com Aécio eleito.
    – Um escândalo envolvendo o PSDB e o impeachment do Aécio.
    E tudo isso pra que?
    – Pra mostrar que não existe partido político honesto até que se mude a CONSTITUIÇÃO na qual privilegia essa cambada.
    PEÇAM A MUDANÇA DA CONSTITUIÇÃO E A CORRUPÇÃO DIMINUIRÁ…

    Curtir

    • Tu não entendeu… a coluna do Marcos Rolim não tinha nada de “petralha”. É, falta gente informada de ambos os lados…

      Curtir

      • O Marcos Rolim é o consolo dos presidiários. Em dia de visita íntima, ele é o primeiro da fila.

        Curtir

  15. Quem aguenta:

    Político aumentando seu próprio salário.
    Deputado ganhando 30 mil por mês e um mo0nte de bebeficios.
    Prisão domiciliar pra político (por acaso eles tem doutorado pra prisão especial?)
    Prisão semi aberta.
    Falta de punição severa e justa pra político ladrão.
    O voto ser obrigatório. ( é isso que alimenta os partidos, o voto)
    Candidato semi analfabeto (tiririca) se candidatar…
    MAS PARA MUDAR ISSO TUDO PRECISAMOS PRIMEIRO MUDAR A CONSTITUIÇÃO.

    PRECISAMOS ENFRAQUECER O GOVERNO, precisamos mudar a constituição que está desatualizada, pois é ela que permite todos esses abusos.

    Curtir

  16. Ta, agora que acabou o terceiro turno. Quando será o quarto turno? Dia 15/4? Não votei na Dilma, muito menos no cheirador. Vamos deixar a democracia seguir o seu rumo.

    Curtir

    • Lembrando que quem inventou o dólar acima de 3 reais não foi o PT… Aécio no governo não seria garantia de Macbook a dois mil reais (e eu adoraria comprar Macbooks a 2 mil reais, mas o Aécio não é a resposta aos anseios de consumo do brasileiro).

      Curtir

      • Assim como quem inventou o conflito no Oriente Médio, a fome, a inflação, as hemorróidas e o HIV também não foi o PT. E daí?
        O foco é que a inflação acima dos 3 reais, economia encolhendo, desemprego em alta, estão ocorrendo HOJE. É isso o que está em voga. Tergiversações são desnecessárias.

        Curtir

      • Inflação e dólar acima dos 3 reais.

        Curtir

    • Isso mesmo! Vamos todos calados pro abatedouro. Decisão sensata.

      Curtir

    • Tenho certeza que tu não gostaria de morar no paraguai. Em tempo, já que tu acompanha as noticias de lá, poderia me passar qto tava a gasolina lá qdo o barril estava a 100 doláres? Se ainda estava mais barata que aqui te dou razão na hora.

      Curtir

  17. Aos coxinhas, sugiro que a gente pare de assinar ZH. Parece que a redação foi entregue a estagiários estudantes de jornalismo da UFRGS. A cobertura aqui no estado foi uma piada, o churrasco das coxinhas na redenção que reuniu 30 pessoas foi destaque por 3 horas antes das primeiras informações de uma outra manifestação que reuniu apenas alguns milhares de gaúchos.

    Curtir

    • Henrique; as coxinhas da redenção foi um Ato realizado pelo grupo Diversidade, então isso dá mídia. Mas digo que o grupo fez o que mais gosta; levar um belo coxinhaço.

      Curtir

  18. Eu não vou nem entrar no mérito do PT estar certo ou não (não está), mas impeachment é o foco errado. “””””Intervenção militar”””””” também. O ideal é REFORMA POLÍTICA. Sem isso não importa quem sejam os peões, o jogo vai continuar o mesmo.

    Curtir

    • É o que sempre digo. O foco das manifestações deveria ser na corrupção e na pressão pela aprovação das necessárias reformas para combate a ela.

      Com relação a partidos, foda-se PT, PSDB e cia limitada, o que me importa é o bem do país.

      Curtir

    • Isso aí os papagaios tão todos repetindo, como se fosse adiantar alguma coisa proibir empresas privadas de financiar campanhas. Discurso diversionista do alto comando petralha, como se viu ontem e hoje com os ministros.

      Curtir

  19. Os correios são uma empresa publica praticamente sem concorrencia no Brasil,no ano passado O PT da Dilma gastou uma baba de dinheiro para mudar o layout,inclusive ficou bagaceiro que é o estilo dos petralhas que estão no comando.Antes das eleições a brisa a luz vai baixar de preço,depois a tempestade a luz subiu.Eu pessoalmente não sou a favor de pedir que ela saia na boa ou no tranco,isto vai ser oCéu para os petralhas.Se for impedida fica um tempo fora recebendo dos cofres publicos depois se candidata e se elege qualquer coisa e se renuncia vai dar igual. A solução era julgar e prender todos os petralhas que participam da roubalheira e se possivel sem o arrego do supremo,Genuino>Dirceu e o pior o chefão,Lula nem foi citado,nem interrogado.Se houvesse um movimento neste sentido ai poderiamos respirar uma esperança,o Brasil livre do PT e partidos afins.É dificil não impossivel um aplauso e um abraço a todos os patriotas que sairam na rua no dia de ontem.

    Curtir

  20. Impeachment (pron. IPA: /ɪm’pitʃmənt/) ou impugnação de mandato é um termo que denomina o processo de cassação de mandato do chefe do poder executivo pelo congresso nacional, pelas assembleias estaduais ou pelas câmaras municipais. A denúncia válida pode ser por crime comum, crime de responsabilidade, abuso de poder, desrespeito às normas constitucionais ou violação de direitos pátreos previstos na constituição. A punição varia de país para país.

    No Brasil, o Presidente da República, governadores e prefeitos podem ser cassados, de acordo com o artigo 85 da Constituição Federal que define quais são os crimes de responsabilidade aplicáveis a eles. O procedimento de impeachment é regulado pela lei 1.079/50, que, em seu artigo 2º, estabelece atualmente o período máximo de cassação em cinco anos.

    Em 30 de dezembro de 1992, Fernando Collor de Mello, o 32º Presidente do Brasil, foi removido da presidência pelo Congresso Nacional e impedido de ser eleito por oito anos, devido a indícios de corrupção em parceria com seu sócio e tesoureiro de campanha eleitoral, Paulo César Farias, denunciado pelo seu irmão Pedro Collor de Mello no mesmo ano.

    Em 20 de Outubro de 2011, Hélio de Oliveira Santos foi cassado de seu cargo de prefeito de Campinas pelo conselho de cidade após acusações de fraude e corrupção.

    Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Impeachment

    Curtir

  21. A Goethe é palco das comemorações das torcidas desde os anos 90, portanto um local de manifestações populares.

    Curtir

    • Tudo bem, mas teria sido muito melhor se tivesse ocorrido numa área mais acessível a algumas periferias, como no centro ou na Ipiranga perto da Antônio de Carvalho. Aí a cara da manifestação ganharia outras cores, roupas, vozes, e a mídia situacionista teria de se esforçar para retratar o protesto como algo dazelites. Da forma como ocorreu, só quem tinha condições de chegar no local foi a classe média que mora no entorno, salvo raras exceções.

      Curtir

  22. Ives Gandra, um dos mais renomados juristas brasileiros afirma categoricamente que há embasamento jurídico suficiente para o impeachment.

    Curtir

  23. E quanto ao regime militar corrupto, é absolutamente verdadeiro. Obviamente que àquela época, havia muito menos do que hoje. É que eu já estou de saco cheio de ver centenas de políticos ficando multimilionários às minhas custas, sob uma fachada de democracia. Pra mim basta. Quero o fim disso….seja do jeito que for. Está na hora da terra arrasada. Não há outro caminho. A partir do momento em que a democracia começo a utilizar a si mesma como ferramenta de desvio de dinheiro sob a égide da legalidade, pra mim o sistema faliu definitivamente. Não me serve, não serve ao povo. É ferramenta anti-social.

    Curtir

    • “Obviamente havia muito menos corrupção do que hoje”. Ah com certeza, visto que os números dos desvios feitos naquela época sempre foram divulgados com transparência ímpar, para base de comparação…

      E blá blá blá blá com discurso de terra arrasada. O que precisa é fortalecer o regime democrático com as necessárias reformas (política, partidária, tributária etc.), e a pressão do povo nos protestos é um ponto chave para isto. Por conta dessas merdas de tentar o caminho ditatorial que estamos neste atraso até hoje.

      Curtir

      • O regime democrático de um povo é atinente e umbilicalmente ligado ao caráter do cidadão. Como é sabido de todos, nosso caráter é corrupto ad extremum, destarte nossa democracia é igualmente corrupta.
        Regime democrático que for, onde o povo não vale nada, não tem como estar desvinculado do DNA popular. Não há reforma política capaz de conter o nosso caráter deletério. O PT agora só fala na tal reforma polítca, pois é solerte. Quer focar a reforma, como tentativa de escapar de punições na justiça. Tudo que é entrevista o Executivo vomita a tal reforma política. AR15 neles!

        Curtir

  24. O povo brasileiro tem que viver sob ditadura SEMPRE. Não temos estofo para sustentar uma democracia benévola. Se os militares roubam (e ropubam sim), se eles são incompetentes (e são incompetentes sim), a nossa classe política é mais incompetente e rouba muito mais. Então, por uma questão de exclusão, regime militar já!.

    Curtir

  25. Tenho um número bem legalzinho pra ti. TREZENTOS E CINQUENTA BILHÕES DE REAIS. Sabes o quê é isso? Essa é a dívida de uma só empresa pública do Brasil, a Petrobrás, provocada por meia dúzia de salafrários e pouquíssimo tempo. Se acrescentarmos todos os desvios da nossa democracia, aí eu concordo contigo; impossível medir a roubalheira. Quando passar das dezenas de trilhões, faltariam dígitos na calculadora.

    Curtir

    • Isso todos já sabemos. Quero números da época da ditadura, pra embasar a tua tese de que a classe política atual rouba muito mais.

      (Saliento que não estou querendo absolver o governo atual. Que investiguem e punam a roubalheira atual com rigor.)

      Curtir

  26. Vou te dar mais alguns números e tu terás uma ideia do tamanho dos desvios e desperdício de dinheiro público. No início dos 80, ao final do governo Figueiredo, pesquise no Google quantos municípios existiam no Brasil. Hoje o número multiplicou-se com as malditas emancipações. Só nisso, a máquina pública torra trilhões de reais a cada ano e os desvios de verbas e corrupção seguem proporcionalmente o emancipacionismo. Esse é um número tão absurdamente alto, que é tarefa pro Deep Blue calcular. Veja quantos municípios o RS tinha nos anos 70 e quanto tem hoje. Hoje são praticamente 500….muitos com míseros 1.200, 1300 habitantes. Cada um deles sustenta uma câmara de vereadores, prefeitos, vices, secretários, cc’s e toda uma estrutura governamental extra. É claro que um dia o dinheiro iria acabar. Ninguém precisa ser gênio pra prever algo assim.

    Curtir

  27. Agora vocês entenderão o por que do RS em especial, estar nessa merda toda. Disparado o campeão de emancipações. A cada nova emancipação, mais custo ao povo…que tem que sustentar toda uma nova estrutura, e tal estrutura ainda gera mais desvios e corrupção. E ainda querem que nos separemos do Brasil. Só rindo na cara desses.

    DISTRIBUIÇÃO DOS NOVOS MUNICÍPIOS BRASILEIROS,
    SEGUNDO O PERÍODO DE INSTALAÇÃO, PELAS UNIDADES DA FEDERAÇÃO.
    BRASIL – 1980 A 2001
    BRASIL MUNICÍPIOS INSTALADOS NO PERÍODO
    E
    GRANDES REGIÕES
    1980 a
    2001
    1980 a
    1991 1993 1997 2001
    BRASIL 1.570 500 483 533 54
    Rondônia 45 16 17 12 –
    Acre 10 – 10 – –
    Amazonas 18 18 – – –
    Roraima 13 6 – 7 –
    Pará 60 22 23 15 –
    Amapá 11 4 6 1 –
    Tocantins 87 27 44 16 –
    Maranhão 87 6 – 81 –
    Piauí 108 4 30 73 1
    Ceará 43 37 6 – –
    Rio Grande do Norte 17 2 – 14 1
    Paraíba 52 – – 52 –
    Pernambuco 20 3 9 8 –
    Alagoas 8 3 3 1 1
    Sergipe 1 – 1 – –
    Bahia 81 79 – – 2
    Minas Gerais 131 1 33 97 –
    Espírito Santo 25 14 4 6 1
    Rio de Janeiro 28 6 11 10 1
    São Paulo 74 1 53 20 –
    Paraná 109 33 48 28 –
    Santa Catarina 96 20 43 33 –
    Rio Grande do Sul 265 101 94 40 30
    Mato Grosso do Sul 22 17 5 – –
    Mato Grosso 84 40 22 9 13
    Goiás 75 40 21 10 4
    Distrito Federal – – – – –
    FONTES: IBGE. Alterações na situação político-administrativa, após 01.09.1980.
    IBGE. Departamento de População.
    IBGE. DGC/DETRE.
    Tribunal Superior Eleitoral.
    IBAM. Banco de Dados Municipais. Ajustamento das bases territoriais.

    Curtir

    • Enrolou, enrolou e não respondeu à pergunta direta que eu fiz: montante desviado pela ditadura (em reais, cruzeiros ou seja lá o que for), que prove que eles efetivamente roubaram menos que os governos atuais (afinal, a tese foi tua, cabe ao acusador o ônus da prova).

      Sobre as emancipações, concordo que deveria ter sido estipulada uma população mínima para uma localidade se emancipar, e que vários municípios hoje existentes deveriam ser reincorporados a municípios com maior população (e já houve casos em que isso aconteceu – Ana Rech, reincorporada a Caxias do Sul). Mas com isso estás fugindo da discussão.

      Curtir

  28. Só no período de 1980 a 2001, o RS criou pasmem, 265 municípios! O segundo estado que mais criou municípios no mesmo período foi o Minas Gerais, com 131.
    O RS é o campeão léguas a frente dos demais….mesmo sendo um estado pequeno em área. Quer dizer…..nem preciso comentar. Os números falam por si.

    Curtir

  29. Vagner..eu trago uma tabela oficial demonstrando os trilhões de reais que se desperdiçou em dinheiro público no pós nova-democracia e você me exige números que nem o IBGE possui? Cai na real, cara. Deixa de ser bobinho.
    Quanto você acha que custou o Congresso nacional em 30 anos? E os tantos ministérios criados posteriormente à saída dos militares? Quantas centenas de bilhões foram desviados dos cofres públicos em todos esses milhares de municípios criados a partir dos anos 80? E quanto custou Brasília? É notório que o Brasil paga essa conta da criação da capital até hoje. É fácil entender que há muito mais desperdício do erário com a democracia….isso sem falar que na época dos militares, os serviços públicos eram muitíssimo superiores aos de hoje, ou seja…os impostos (que eram menores do que hoje), eram revertidos em melhor qualidade de saúde, ensino, segurança pública, etc. Se não eram um espetáculo (e não eram), ainda sim eram bem melhores do que hoje.
    O que de mais notório aconteceu em desperdício de dinheiro público no regime militar foi a transamazônica, o que hoje seria um cisquinho de dinheiro comparado aos desvios atuais.

    Curtir

    • Blá, blá, blá…

      Não trouxe nenhuma tabela dizendo o quanto os militares desviaram (o que seria impossível, é óbvio, já que tudo o que roubaram foi bem por baixo dos panos, e cabeças rolariam na imprensa se esta se atrevesse a noticiar uma vírgula na época).

      Serviços públicos superiores na época da ditadura? Uhhh, sim, a começar pelos ônibus caindo aos pedaços que tínhamos até o final dos anos 80. Educação com subsídios ao ensino particular e sucateamento do ensino público (coisa que não conseguimos reverter até hoje, infelizmente). Saúde restrita a trabalhadores formais (INAMPS). Aparato ditatorial de segurança é óbvio que tinha, pra deter os “subversivos” que se atrevessem a criticar o regime. Tem que rir.

      Curtir

  30. Vagner desvios de dinheiro sempre houve no Brasil,a situação é endêmica,nada de novo ate´aqui. Os militares e seus prepostos erraram em obras calcularam mal algumas coisas é possivel,mas fizeram amigos veja o Delfim Neto hoje é amigo do PT e é bem provavel que apoie a Dilma.A questão não é se os militares roubaram a situação é as vestais roubaram os bons os acima de qualquer suspeita os PT.Esta é a questão,se não houver um expurgo logo,cadeia para esta gente a politica vai ficar mais desacreditada e ai o clamor pelas forças armadas.Hoje você sua para ter um 38 em casa e o bandido tem uma automática.Se você em legitima defesa sua e de sua familia mandar um bandido por outro lado tu te encomoda,ele vai ter férias para se recuperar,sem falar dos menores que mesmo assassinando pessoas são levados para tirar férias.Quem é que apoia tudo isso?O PT e os seus partidos satélites.No Brasil cada vez mais esta ser acostumando a massa a viver de assistencialismo porque conveniente e o PT tá por tras no passado era contra e hoje é a favor por que da voto na democracia.

    Curtir

    • Concordo com tudo isso. Pra mim pouco importa quem roubou mais, o que importa é prender todos os corruptos, independente de credo, partido o orientação política.

      Só retruquei a ladainha de sempre do Oscar, que insiste na sua ode à “revolução redentora”, que na época era melhor e se roubava menos. Ora, ao acusador o ônus da prova.

      Curtir

  31. Então você diz que o ensino atual é superior? Sem comentários. E a saúde pública? Segurança? Não dá nem pra comentar. O Brasil despencou brutalmente na qualidade da prestação do serviço público. Hoje em dia nem os Correios funcionam mais. Está tudo sucateado. As escolas são uma vergonha e o nível de educação é lastimável, mesmo em tempos de internet onde o acesso é universalizado. Profissionais de baixíssimo nível saindo das universidades. Tá saindo cara essa nossa democracia, hein!

    Curtir

    • O ensino público atual segue uma porcaria (melhorando a passo de tartaruga), mas quem o sucateou foram justamente os milicos. Saúde (hoje universal, embora sigamos com graves deficiências) e transportes públicos (sucateados na época em detrimento do transporte individual rodoviário) estão melhores hoje, sem comparação. Segurança já citei, não teria como ser diferente.

      Tem que sair cara, depois de 21 anos de sucateamento por parte dos amados militares. Velhos hábitos não se corrigem da noite pro dia.

      Curtir

  32. Pára, Vagner. Já são 30 longos anos de democracia e o nível do serviço público só cresceu! Cresceu que nem cola de cavalo…pra baixo. Que papo furado é esse o de que os milicos sucatearam o ensino? E na época deles, os carros eram caros demais. As ruas tinham 20% do tráfego atual. O advento do carro popularizado, surgiu há pouco mais de 10 anos. Não havia como priorizar o carro nos anos 70. A grande maioria das pessoas andava de ônibus…e os ônibus da época, usavam a tecnologia disponível na época, óbvio. Era o padrão.

    Curtir

  33. E agora o que é mais grave; a bandidagem e drogadição. O Brasil hoje é o valhacouto máximo do tráfico de drogas e da violência. está tudo dominado pela marginalha. Não há mais um segundo de sossego ao cidadão. Trancafiado em sua casa, rezando para não ser assaltado, assassinado. E piora a cada dia. Deve ser culpa e legado dos milicos.

    Curtir

    • Bom, eu ando pelo Centro todo o dia faz mais de 10 anos e só fui assaltado uma vez, e não tenho nenhum segundo de desassossego. Há problemas relativos à segurança, naturalmente, mas está longe de ser a situação de guerra civil pintada por alguns.

      Curtir

%d blogueiros gostam disto: