Divergências marcam audiência do Pontal

pontal

Jornal Metro – Porto Alegre – 09/04/2015

Anúncios


Categorias:Pontal do Estaleiro

Tags:, ,

26 respostas

  1. Ah tá que vai ficar assim kkkkkkkkkkkkkkkkk
    Te conheço, POA.

    Curtir

  2. Ninguém avisou o cara do estacionamento subterrâneo do Iberê? Chegou uns 10 anos atrasado.

    Curtir

    • É que daí não é capital malvado construindo kkk

      Falando sério, não entendo o ponto do cara. Como se fosse um problema público se a garagem do inundar.

      Curtir

  3. O projeto é maravilhoso, será a primeira aproximação de Porto Alegre com o Guaíba, de forma digna. Espero que esse projeto abra os olhos da população para o abandono da orla.

    Curtir

  4. Outra coisa, perceba a altura do pé direito das lojas do térreo. Ou seja, será de lojas que irão explorar o entorno e as pessoas que estiverem a pé pelas redondezas.

    Curtir

  5. Glauber, eu gostei do shopping. Se percebe que o terraço será todo dedicado a bares e restaurantes com vista pro rio. E a estrutura lateral me parece vazada, que me faz crer que o shopping será de vidro permitindo que as pessoas vejam o rio entre elas. De qualquer forma, sabemos que esse não é um projeto final e sim de volumetria a titulo de aprovação.

    Curtir

  6. Baita local pra ter um Oceanário, Aquário, algo do tipo…… mas é pura ilusão

    Curtir

  7. Meu problema principal é com o shopping. Das dezenas de possibilidades comerciais que podem ser feitas na orla, os caras resolveram colocar as lojas dentro de uma caixa comum, poxa, um shopping assim pode ser feito do outro lado da rua, aliás, já tem o barra shopping ali perto. “Ah mas isso é melhor que o matagal”. Calma aí, não é assim que se pensa um projeto. Quem fala isso não avaliou o custo de oportunidade de se fazer um shopping num lugar que pode ter mil possibilidades. As lojas podiam ser voltadas para o Guaíba, ter atividades náuticas, sério, imagina se essa mesma praça de alimentação tivesse vista para o pôr do sol e etc, um projeto assim entraria no mapa. Mas não, fizeram uma caixa ordinária. O matagal de hoje pode se transformar em qualquer coisa, mas o shopping depois não pode ser removido. Antes que venham com o papo de “ah, mas é provinciano ser contra shopping”, olha, não existe nada mais provinciano que achar que shopping é algum parâmetro de civilidade.

    Curtir

    • Concordo. Tudo que é projeto parece que é obrigado a envolver shopping em Porto Alegre. Infelizmente foi o que ganhamos ao perder o 1º projeto daquela área naquele plebiscito ridículo.

      Curtir

    • A questão nem é ser shopping. Se fosse uma versão grande do shopping paseo, por exemplo, ficaria fantástico.

      Curtir

%d blogueiros gostam disto: