Linha S1 Aeroporto/Hotéis vai parar de circular em Porto Alegre

Baixo número de passageiros inviabilizou a operação  Foto: Lucas Barroso/Divulgação PMPA

Baixo número de passageiros inviabilizou a operação  Foto: Lucas Barroso/Divulgação PMPA

A linha seletiva S1 – Aeroporto/Hotéis, que começou a funcionar para a Copa do Mundo e foi mantida em caráter experimental a partir de julho de 2014, vai parar de circular no próximo dia 30 de abril. Durante o período de avaliação, foi registrada uma média de 1,37 passageiro por viagem, o que inviabiliza a operação. O prejuízo com a linha, em 2014, passou de R$ 884 mil.

No estudo realizado pela Carris e a EPTC, durante o período experimental, foram detectados três fatores principais para a baixa procura pela linha:

1) A proximidade do Aeroporto Salgado Filho do Centro da cidade e de grande parte dos hotéis de Porto Alegre, o que favorece a utilização de táxis (são 210 veículos disponíveis no ponto fixo do aeroporto);

2) A grande oferta de ônibus do transporte urbano de passageiros no local. Seis linhas e suas variantes circulam pelo aeroporto, transportando em média 50 mil passageiros por dia (T5, T11, B02 – Leopoldina/Aeroporto, B09 – Aeroporto/Iguatemi, B56 – Passo das Pedras/Aeroporto, 705 – Indústrias);

3) A operação do aeromóvel da Trensurb, que transporta, em média, 3,2 mil passageiros por dia útil do Salgado Filho até a Estação Aeroporto do metrô. Com partidas a cada 10 ou 15 minutos, dependendo do horário, oferece uma alternativa mais rápida e barata a quem se desloca para o centro da cidade.

A decisão de tirar a S1 de circulação foi tomada pelo prefeito José Fortunati nesta segunda-feira, 20, em reunião com o diretor-presidente da Carris, Sérgio Zimmermann, do diretor-presidente da EPTC, Vanderlei Cappellari, o secretário municipal de Gestão, Urbano Schmitt, além de gestores e técnicos das duas empresas municipais. No encontro, foram apresentados a Fortunati o desempenho e taxa de utilização da linha em cada um dos dias de operação.

Sobre a linha – A linha S1 – Aeroporto/Hotéis é a linha da Carris que integra o  Aeroporto Internacional Salgado Filho aos principais hotéis da cidade. Começou a operar em 11 de junho de 2014 e foi criada em função da Copa do Mundo.

Com tarifa, em 2015, de R$ 7,00, registrou uma média de 1.070 passageiros ao mês após o Mundial.

A frota é composta por seis ônibus, cinco ativos e um reserva. Todos foram adaptados com espaço para bagagens e capacidade reduzida para 25 passageiros sentados. Agora, a Carris fará uma reavaliação desses veículos para que sejam redirecionados às linhas C.

As partidas ocorrem diariamente do Aeroporto Internacional Salgado Filho, a cada 30 minutos, a partir das 6h da manhã até a meia-noite. Elaborado de acordo com pesquisa prévia realizada com turistas no próprio terminal do aeroporto, o itinerário cobre a região central e bairros Moinhos de Vento e Rio Branco, percorrendo um trajeto de cerca de 30 quilômetros.

Prefeitura de Porto Alegre



Categorias:Ônibus

Tags:, ,

11 respostas

  1. Depois de cumprir o seu papel para colocar mais custos na planilha misteriosa da prefeitura, já dá para parar de circular.

    Curtir

    • 1,37 passageiros por viagem… 884 mil de prejuízo… é de chorar!!! E depois não sabem pq a passagem é tão cara em POA!!!
      Em qualquer país do mundo quem para os shuttles para hotéis e locadora são os comerciantes. Pq aqui tem que ser diferente?

      Curtir

  2. Que absurdo! Um passageiro por viagem. enquanto isso, os “Restingas” têm 100 150 por viagem. Que horror essa administração!

    Curtir

  3. Um detalhe, só para esse ano a estimativa baseada no prejuízo do ano passado é de mais meio milhão
    E a linha na verdade é LS01 (conforme o próprio letreiro na imagem da reportagem)
    Não sei porque eles mudaram o nome da linha de S1 para LS01 … enfim, vai acabar esse ralo de dinheiro.

    Curtir

  4. Será que se reformulassem a linha e oferecessem pras lotações elas não se tornaria economicamente viável e alguém se interessasse em assumir ela?

    Curtir

  5. A linha vai parar dia 30, quero aproveitar para ir lá dar uma volta e ver com meus próprios olhos (quem sabe posso dobrar a média de passageiros).

    Curtir

  6. Nos países europeus, as cidades também têm linhas de ônibus que saem dos aeroportos e passam pelas regiões onde ficam os hotéis da cidade, a um custo um pouco mais elevado que o valor da passagem comum (geralmente são vendidos passes que incluem ida e volta).

    A idéia desta linha em Poa é ótima, porém não há demanda, infelizmente. Talvez tenha faltado uma divulgação maior no aeroporto, nunca vi nada que informasse esta linha nos terminais.

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: