Celulose Riograndense pode gerar até 21 mil empregos no RS

Atividades da fábrica se concentram na Metade Sul e atingem 59 municípios gaúchos

Fábrica concentra atividades na metade Sul e atinge 59 municípios gaúchos | Foto: Celulose Riograndense / Divulgação / CP

Fábrica concentra atividades na metade Sul e atinge 59 municípios gaúchos | Foto: Celulose Riograndense / Divulgação / CP

A Celulose Riograndense, inaugurada neste domingo em Guaíba na Região Metropolitana, pode gerar até 21 mil empregos diretos e indiretos no Estado, afirmou nesta segunda-feira o diretor-presidente Walter Lídio Nunes em entrevista à Rádio Guaíba. Segundo ele, estes empregos estarão concentrados na Metade Sul do Estado e devem atingir 59 municípios gaúchos.

Nunes destacou também a importância do produto. “A celulose é uma matéria prima usada na formação de remédios, salsichas, tecidos e papel”, explicou. Além disso, a fábrica também terá a capacidade de gerar energia. Cerca de 170 mw serão gerados no total, sendo que o excedente de 30 mw – capazes de abastecer uma cidade de 30 mil habitantes – será disponibilizado para a rede pública.

O investimento de R$ 5,5 bilhões no Estado deve trazer outros benefícios. O impacto da fábrica na economia gaúcha deve ficar em 1,1% do PIB, segundo uma estimativa feita pela Fundação Getúlio Vargas, e o valor de exportação deve girar em torno de R$ 1,4 bilhões ao ano.

No Rio Grande do Sul, as contratações geraram RS 2,2 bilhões em serviços, materiais e outros recursos necessários para a abertura da fábrica. Máquinas foram criadas exclusivamente para este projeto e o pátio de madeiras foi substituído. “Ele atenderá a fábrica antiga e a atual. Projeto, construção e implantação do pátio, tudo foi feito no Estado”, declarou Nunes.

Segundo Nunes, o novo projeto inclui melhorias em fatores como o consumo de água, que foi reduzido em 60%, incluindo o necessário para a primeira linha, e 99,7% dos resíduos sólidos são reciclados. A emissão de odores também foi um dos fatores preocupantes para a fábrica, que tem tecnologia pioneira, afirmou o diretor-presidente da Celulose Riograndense.

Correio do Povo e Rádio Guaíba



Categorias:Economia Estadual

Tags:, ,

3 respostas

  1. Assunto off.

    Parabéns à Porto Alegre pelo sucesso da Torcida Mista na Arena e no Beira Rio !

    Nós todos só nos lembramos de criticar e malhar Poto Alegre, mas ós temos que reconhecer que esta cidade também tem coisas paraenchermos o peito de orgulho.

    E mais: eu mesmo sempre critico POA por ser uma cidade que não inventa nada, mas o Caminho do Gol foi um sucesso absoluto, chamou tanta atenção da Fifa que ela pensa em implanter em todos os jogos da Rússia.

    E agora é a TORCIDA MISTA, uma idéia surgida aqui. E apolicada com sucesso. E que chamou a atenção de toda a mídia nacional !

    Isso demonstra várias coisas. Mostra a força do futebol gaúcho, que é um patrimônio gigante desta cidade. Temos dois estádios, os dois são particlares, e teos dois estádios FANTÁSTICOS. Poucas cidades no mndo têm isso.
    Nossos clubes são uma potência. Temos expressão iternacional. Volta e meia temos visibilidade internacional nos jogos nos nossos estádios.

    Mostra que Porto Alegre tem capacidade de inovar. E tem capacidade, como mostra o Caminho do Gol e a Torcida Mista, que temos atitudes de acolhimento

    Essas coisas botam Porto Alegre com imagem nas agendas positivas da mídia nacional (exempo de cidades com destaques negativos na mídia: SP, Rio, Salvador, Cuiabá, Manaus, que tem toneladas de notícias de péssima administração no assunto hidrico, péssima administração em tudo, muita violância, caos (SP), violência e mais violência (RJ), pobreza, falta de infra e miséria (Man), péssima administração a níveis surreais (Cui), pobreza e caos (Salv)
    E vejam que POA, na mídia nacional, geralente tem assuntos simpáticos (frio, calor, gaúchos, chimarrão, futebol, Grenal)

    E, independentemente da imagem que passamos ao Brazil, nós mesmos temos que celebrar a série de coisas, agitos e opções culturais que temos aqui, que só se comparam a São Paulo e Rio, e mais ninguém.

    Claro, já tô eperando que venham gente aqui comentar “eu troco nossa força no futebol por uma cidade bonita como Curitiba, que não tem futebol, mas é arrumada”
    Outros tabém vão aparecer aqui e dizer que, com todoas as coisas boas que eu descrevi aqui, POA poderia ter muito mais turismo. Ok, há uma certa dose de verdade nisso.

    Mas eu gostaria muito que voês todos se informassem sobre como são as coisas nas outras cidades. Modéstia a parte, eu conheço 23 capitais, e quando vou nelas, vejo todos os noticiários e jornais, e vejo que o descalabro é grande. Sim, podem tem uma orla bonita aqui e uma avenida direitinha ali, mas outras coisas são muito piores que Porto Alegre. E o nível de incopetência dos governos é igualzinho.

    Resumido, as más notícias das outras cidades é enorme também. Apenas são outras.

    Bom, eu escrevi demais aqui.

    Gente, vamos continuar criticando, mas abram os olhos para tudo e vamos comemorar um pouco (e admitir) as coisas que fazem de Porto Alegre uma grande cidade , também !

    Com exceção do período de dezembro e fevereiro, quando viramos uma filial do inferno (hahaha!) Porto Alegre é muito legal.

    Curtir

  2. Sempre existiu torcida mista no Rio de Janeiro, muito antes daqui. Essa ideia de que é novidade é a RBS que tá vendendo.

    Curtir

  3. “Sempre existiu torcida mista no Rio de Janeiro” .
    O que pode ser chamado de torcida mista lá não é nos moldes daqui. Aqui o torcedor da casa faz um CONVITE a um amigo adversário. E é assinado um contrato sobre este convite, etc.

    E o destaque na mídia não está sendo dado só pela RBS. A rede Pampa, Band, etc, todo mundo tá dando destaque.

    Ah, e toda a imprensa de todo o resto do país também resolveu “vender” a notícia, então!

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: