Em dias, o Grupo Zaffari anuncia a compra do Estádio Olímpico (atualizado)

zaffariEm poucos dias, segundo circula no mercado imobiliário, o Grupo Zaffari anuncia a compra do  Estádio Olímpico em Porto Alegre. A OAS  vende sem pensar.

Não é nenhuma novidade a compra de um estádio de futebol pelo Zaffari. A maior rede particular de supermercados do Brasil acaba de comprar em leilão, o estádio Brinco de Ouro da Princesa, que pertencia ao Guarani de Campinas.

Leia a matéria publicada pelo jornal o Estado de São Paulo e tire suas conclusões.

Fonte: CristalVox

________________

Atenção! Esta matéria pode ser apenas rumor.

E agora? Se se confirmar mesmo essa compra, o que o Zaffari faria ali ? Um novo Bourbon ? Ou um empreendimento imobiliário?

________________

PURO BOATO

Zaffari avisa que não vai comprar o Estádio Olímpico

Apesar de toda a boataria existente no mercado gaúcho de imóveis, o grupo Zaffari garante que naõ está nos seus planos comprar o Estádio Olímpico.

Os boatos começaram depois que ganhou publicidade a aquisição do Estádio Brinco de Ouro da Princesa, Campinas.

Políbio Braga



Categorias:Outros assuntos

Tags:,

41 respostas

  1. Não sei como o Zaffari comprará algo da OAS que não é dela. O Olímpico só será da OAS quando desonerar a Arena para o Grêmio.

    Curtir

  2. O Olímpico já foi transferido à OAS?

    Curtir

  3. CristalVox……

    Curtir

  4. Eles inclusive, poderiam demolir Arena, já que lá no meu clube abandonaram o futebol faz tempo.

    Curtir

  5. Torcendo por um Bourbon ali! Bem melhor que Blocões à lá Humaitá por ali.

    Mas antes quero ver o Bourbon da Praia de Belas, ao qual aposto que virá com torres comerciais nele, já que fica na área do Trend City e Praia de Belas Prime Offices.

    E acho que apesar de perto ambos serão feitos. Vide Bourbon Country/Bourbon Walling/Bourbon Assis Brasil. São três Bourbons perto um do outro.

    Curtir

    • O blog podia averiguar o que está rolando aqui na Carlos Gomes que a UMA Incorporadora fechou com tapumes uma série de terrenos naquela área onde ficava a Nissan IESA, e que ficam ao lado do campo de futebol/terreno que pertence ao grupo Zaffari.

      Curtir

      • Arquisul também fechou metade do lado leste da Tarso Dutra, e não sei de nenhum novo empreendimento deles por alí😐

        Curtir

      • Já foi anunciado o empreendimento da Arquisul. Vou localizar e posto aqui.

        Curtir

      • Eu acheo triste a Arquisul ser dona desses terrenos na Av. Tarso Dutra, além de projetos medíocres, ela está levando séculos para concluir o 360º, sendo que a Maiojama já ergueu 3 torres e começou bem depois a construção do Trend. Outra lástima é o edifício garagem que a Cyrela vai deixar virada para a avenida, uma caixa de sapato branca em uma das áreas mais valorizadas da cidade, triste.

        Curtir

  6. Quanto à pergunta em azul no rodapé da matéria, provavelmente será um empreendimento misto. Prédios residenciais, comerciais e mais um shopping bourbom. Barba, cabelo e bigode. Um bourbom pertinho de casa seria excelente.

    Curtir

  7. Shopping + Torres Comerciais e Residenciais

    Curtir

  8. Acho pouco provável. A OAS já tem os projetos aprovados do empreendimento que fará (ou faria) na área do Olímpico. Os prédios residenciais são de padrão superior aos construídos no Humaitá, e seria construída ainda uma “rua” onde haveria a parte comercial do empreendimento.

    Curtir

    • Certamente seriam um pouco superiores aos do Humaitá, mas nada além de blocões estilo rossi/goldsztein/cyrella.

      Como a Lava Jato complicou a OAS eles estão vendendo muita coisa, então não duvido que vendam a área.

      E a zona sul precisa mesmo de um Bourbon e ali é o comecinho dela. Incrível como o Grupo Zaffari já fez tantos Borbons vizinhos e nenhum na zona sul ainda.

      Curtir

      • Eles são donos de um terreno na Aparício Borges também, entre a Oscar Pereira e a Teresópolis. Ali há uma lenda de um futuro Zaffari. E aquela região precisa!

        Curtir

      • Seria bacana, mas ali não é onde o Zaffari construirá a nova sede da FDRH, pra assim poder utilizar a área atual dela na Praia de Belas, contígua à área deles?

        Curtir

      • Pois é, mas o terreno é imenso. Não sei se vai ser tudo da FDRH. Pelo que eu li, vai ser um prédio alto. Acho que vai ocupar só um pedaço da área. Acho que o zaffari tá perdendo dinheiro não construindo ali. Aquela zona não tem um supermercado decente num raio de 4km.

        Curtir

      • Blocões da Goldztein???

        Para mim os prédios da Goldsztein, Melnick e Maiojama são os melhores da cidade.
        Não gosto tanto de NEX e Rossi.

        Curtir

      • Pra falar a verdade só gosto da Melnick e Maiojama. Confesso que até o Jardim Europa eu acho meio blocão disfarçado.

        Curtir

      • Cgasparetto, a área do Zaffari no Teresópolis seria excelente pra um Zaffari na área que sobrar do prédio da FDRH mesmo, mas não há nada assim por ali.

        Curtir

  9. o terreno da aparicio borges foi permutado com o FDRH

    Curtir

  10. Se for, acho interessante, acredito que a rede iria fazer algo interessante pelo Olimpico e sua historia, sem comprometer o seu projeto.

    Curtir

    • Seria interessante aproveitarem o prédio do estádio para fazer um shopping, cinema, anfiteatro, etc. Há precedentes nessa linha. Em Montevideo, há um shopping que foi um presídio usado nos tempos da ditadura.

      Curtir

  11. Quero ver o dia que apliquem IPTU progressivo nesses terrenos do Zafarri

    Curtir

    • Shopping Punta Carretas no Uruguay, já foi Presidio, mas em comparação com os nossos é pequeno mas tem boas lojas e praça de alimentação.
      Em Buenos tem o Pátio Bulrich que já foi tb uma feira de gado e mantém as cabeças de várias raças enfeitando os muros. Shopping caríssimo pq é pequeno e seletivo.

      Curtir

  12. muito bom

    Curtir

  13. Pode até ser boato, mas uma coisa é certa, todo grande negócio é sempre oficialmente desmentido até ser efetivamente realizado.

    E o Zaffari está cheio de terrenos em POA e SP e aquela área do Olímpico não tem nada por ali do ramo, só um pequeno Nacional na José de Alencar. Além disso, POA não tem tantos terrenos dando sopa por aí.

    Outro que seria interessante que fizessem algo era no terreno do Shopping Belvedere. Quem sabe um shopping luxuoso como o Pátio Batel de Curitiba e o VillageMall do Rio. Nem digo o Cidade Jardim e o JK Iguatemi, pois SP é outro nível de volume de mercado.

    Penso que se a Condor se associasse à Multiplan talvez algo bom saísse logo por ali. A Multiplam atendeu aos anseios do Prefeito de Canoas e topou fazer um shopping lá pra RMPOA. No caso da região do Iguatemi o Belvedere poderia atingir o público que o Barra geograficamente não atinge. Em BH a Multiplan tem três shoppings, no Rio tb. Vale lembrar que em Maceió a Multiplan já fez uma parceria com a Aliance.

    Curtir

    • A Multiplan é tudo de bom! Seria ótimo se eles assumissem esse terreno da Tarso Dutra, pq pelo Zaffari sai algo aqui só em 2050 (a promessa das construtoras é um Bourbon no terreno da Condor).

      Curtir

      • Mais um Bourbon nas imediações do Jardim Botânico? Já não basta o da Avenida Ipiranga? O Bourbon Walling, por exemplo, sofre grande concorrência do Bourbon Country/Iguatemi. Não entendo pq o Grupo Zaffari amontoa tantos empreendimentos grudados.

        Curtir

    • Eu acho que um shopping de luxo, com torres comerciais/residenciais ou hotel poderia sair no terreno do zaffari na furriel, a área é mais densa, um empreendimento assim fica melhor colocado em áreas assim, vide o Moinhos Shopping.

      Curtir

      • Só que o Moinhos Shopping estranhamente não deu certo como um shopping de luxo, não se vendo nele lojas como Gucci, Valentino, Versace, Burberry, Armani, Prada e Louis Vuitton, como se vê no Pátio Batel de Curitiba.

        Por isso talvez uma parceria com a Multiplan fosse interessante, já que ela tem contato com essas brands, já que fez o VillageMall no Rio.

        Curtir

  14. A nova sede da FDRH vai ser na Av.Teresopolis 2438, nao naquele terreno da Aparicio Borges.

    http://zh.clicrbs.com.br/rs/noticias/noticia/2014/01/fundacao-estadual-troca-terreno-por-construcao-de-sede-em-porto-alegre-4391245.html

    Curtir

  15. [Off Topic] http://jornalja.com.br/zaffari-banca-obras-em-troca-de-area-publica/

    Matéria do jornalja sobre as obras bancadas pela cia Zaffari em Poa no momento.

    Curtir

    • Nesse link é dito que eles (Zaffari) farão um prédio comunitário na vila do mirante do morro santa teresa. Bem que podiam dar uma boa ajeitada naquele mirante tb.

      Curtir

  16. outra lenda urbana do grupo zaffari que vejo aqui, a cada construção é outro bourbon

    Curtir

  17. Na boa, Bourbon já tem aos montes na cidade, não precisamos de outro! Na verdade, não precisamos de mais shoppings!

    Prefiro o projeto da OAS, que seria mais cara de bairro e não tanto de um empreendimento fechado (pelo que ouvi).

    Curtir

    • Falou o mega empreendedor, sábio administrador, preclaro investidor e comandante de um império de negócios bem sucedidos; João Ninguém.

      Curtir

    • Seriam só blocões sem graça de um condomínio fechado ali. A única parte pública era uma pracinha mixuruca com um mini-shopping que estava mais para mais uma galeriazinha de bairro.

      E já está cheio de Bourbons em outras regiões, mas na zona sul não há nenhum. Todos os Bourbons ficam do mesmo lado da margem do Arroio Dilúvio. O Arroio Dilúvio divide uma “cidade” sem Bourbon de outra atulhada de Bourbons. Ali na Azenha não há nenhum grande hipermercado.

      Curtir

  18. A ideia da OAs era Demolir o Olímpico para construir lá prédios residenciais e lucrar com a venda dessas edificações.
    Se ela vendeu o olímpico pro Zaffari é porque não tem grana pra construir nada lá no momento, até porque a Oas esta falida…

    Curtir

  19. Desviando um pouco do assunto, mas tocando no assunto de shoppings e novos empreendimentos na cidade, venho comentar sobre o Strip Center Zona Sul, da Wenceslau Escobar, que depois de tanto agonizar (Nacional saiu de lá faz uns 3 anos, Universitário se mudou e McDonald’s ano passado) fechou suas portas definitivamente.
    Eu me pergunto se não seria conveniente para alguma construtora aproveitar aquele espaço para um conjunto residencial, ou sei lá o quê, um novo centro comercial ali provavelmente não daria certo de novo, pelo fato de os modernos Barra Shopping e Paseo tomarem os consumidores de lá.

    Curtir

    • Aquele Strip Center era ótimo na segunda metade dos anos 90. Eu estudava no Pe. Reus e o local era um ponto de encontro agradável, com espaço para lanches e supermercado. Para mim, o que levou o local à decadência foi a claustrofobia. Cercaram tudo, construíram muita coisa desconexa e sem um conceito bem definido e ficaram muito rígidos quanto ao uso do estacionamento.

      Deveriam ter feito como no Nacional da José de Alencar, onde o controle do estacionamento é frouxo, mas isso não inviabiliza o negócio. Aquela região do bairro Tristeza é densamente povoada e o mercado se manteria apenas com o fluxo de pedestres. O controle do estacionamento é o legítimo “preocupar-se com migalhas”. Perderam todo o resto.

      Curtir

%d blogueiros gostam disto: