Vereadores de Porto Alegre criam 36 novos cargos em comissão

Da Redação* 

Câmara Municipal de Porto Alegre. Arquivo Porto Imagem

Câmara Municipal de Porto Alegre. Arquivo Porto Imagem

A Câmara de Vereadores de Porto Alegre aprovou nesta quarta-feira (6) tanto o parecer das comissões conjuntas quanto o próprio projeto de lei que cria 36 novos cargos de assessor de gabinete. A função faz parte do quadro dos cargos em comissão, aqueles contratados em função da confiança e não através de concurso público. Os servidores serão lotados junto a cada um dos 36 gabinetes dos vereadores. O projeto foi apresentado pela Mesa Diretora.

Os vereadores justificaram a proposta pela aumento na demanda de serviço, com a consequente necessidade de adequação da estrutura de suporte ao atendimento. O último concurso público para a Câmara Municipal de Porto Alegre foi realizado em 2011 e até o começo deste ano foram chamados chamados 54 aprovados, que, segundo o parlamentares, atendem à estrutura necessária ao bom atendimento da população.

Além do presidente da Câmara, vereador Mauro Pinheiro (PT), também integram a Mesa Diretora os seguintes vereadores: Paulo Brum (PTB), Jussara Cony (PCdoB), Delegado Cleiton (PDT), Waldir Canal (PRB) e Paulinho Motorista (PSB).

*Com informações da Câmara Municipal

Sul 21



Categorias:Outros assuntos

Tags:,

11 respostas

  1. Com esta decisão quantos assessores cada Vereador de Porto Alegre possui?

    [assinatura]
    Ricardo Sessegolo
    Diretor
    Mostardeiro, 800 6º andar
    Tel: (51) 3021 7710
    Fax: (51) 3021 7702
    O e-mail ricardo@cyrelasul.com.br mudou para ricardo@goldsztein.com.br.

    Curtir

  2. Meu único consolo; todos eles morrerão.

    Curtir

  3. Já mandei emails para vereadores questionando questões relacionadas ao bairro que morava ou em relação a cidade e nunca tive resposta.
    Vou testar agora para ver se o atendimento ao publico vai melhorar ou se estao gastando o dinheiro do contribuinte!

    Curtir

    • Quando criam mais CCs, na verdade é aumento de salário indireto. Você sabe que tem um dízimo que é praxe nos Legislativos do Brasilzão. Um CC ganha seus 2 mil, 3 mil e acaba devolvendo uma módica porcentagem ao seu respectivo vereador. O décimo terceiro às vezes é devolvido como um gesto de lealdade. Não que o CC goste disso, mas o faz para não ir para a rua.

      Curtir

  4. Tinha que é diminuir o número de CCs nessa inutilidade chamada Câmara de Vereadores.

    Curtir

  5. Principalmente agora, que estão estudando a alteração dos nomes de logradouros com o propósito de apagar a memória da história recente do país à moda deles, o serviço deve ter aumentado.

    Curtir

  6. Juremir machado escreveu um exelente texto alertando sobre isso ocorrer.

    “mara de Vereadores quer criar CCs para substituir estagiários. A ideia lesa que fez concurso, serve para driblar advertência do Ministério Público do Trabalho, não tem o aval do setor de finanças da própria casa e pode estourar o teto estabelecido pela Lei de Responsabilidade Fiscal. O leitor pode acompanhar a seguir o roteiro da pendenga.!”

    http://www.correiodopovo.com.br/blogs/juremirmachado/?p=7127

    Recomendo a todos que leiam

    Curtir

    • Cara não posta isso, aqui no blog vão dizer que o Juremir é comunista e incompetente. Embora ele já tenha dado aulas até na Sorbonne.

      Curtir

  7. Não faz sentido pagar salários para algumas pessoas administrarem e pagar salários para outras pessoas impedirem a administração.

    Curtir

  8. E tem gente que defende partidos políticos… Outra, sabe por que isso acontece? por que a constituição permite, ao invés do povo ir as ruas pedir mudanças na constituição na qual enfraqueceria os políticos, as pessoas vão as ruas pra pedir impechemant como se isso fosse resolver algo e esquecem que a máfia política esta sempre lá, dominando e controlando o povo burro que se acha cidadão ao ir as urnas votar e alimentar essa cambada de fdp…

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: