Prefeitura inicia a segunda fase do Reluz

Programa prevê troca por equipamentos com tecnologia mais eficiente  Foto: Lucino Lanes/PMPA

Programa prevê troca por equipamentos com tecnologia mais eficiente  Foto: Luciano Lanes/PMPA

O prefeito José Fortunati assina, nesta segunda-feira, 18, a ordem de serviço para o início da segunda edição do Programa Nacional de Iluminação Pública Eficiente (Reluz). O evento ocorrerá no Salão Nobre do Paço Municipal, a partir das 14h.

O programa prevê a troca de equipamentos convencionais (lâmpadas, reatores-ignitores, luminárias, braços, relés fotoelétricos) e acessórios para instalação por outros com tecnologia mais avançada e eficiente, proporcionando redução de aproximadamente 35% no consumo de energia.

Nesta etapa estão previstas a eficientização de cerca de 2,8 mil pontos de luz e a instalação de até mais mil novos pontos. Tanto o processo de eficientização como a instalação de novos pontos de luz ocorrerão em locais periféricos da cidade que acabaram ficando de fora da primeira fase do Reluz, como, por exemplo, os bairros Lomba do Pinheiro, Lami, Lajeado, Vila Dique, entre outros.

O investimento para a qualificação e instalação de novos pontos é de R$ 2,3 milhões. A primeira etapa do programa ocorreu entre os anos 2009 e 2012, foi responsável pela eficientização de 80,5 mil pontos na Capital e contou com um investimento de R$ 25 milhões.

Iluminação na Capital – Hoje, Porto Alegre conta com mais de 90 mil pontos de luz. Somente em 2014, 107 praças da cidade receberam 1.941 novos pontos de iluminação, com um investimento de R$ 4 milhões. Para esse ano, a Smov já licitou obra de iluminação para 29 praças, totalizando 780 novas luminárias.

Prefeitura de Porto Alegre



Categorias:Outros assuntos

%d blogueiros gostam disto: