Consulta sobre cercamento da Redenção vai ocorrer em outubro de 2016

Plebiscito será realizado junto com eleições municipais do próximo ano

 

Iluminação da Redenção ficará pronta em setembro | Foto: Tarsila Pereira / CP Memória

Iluminação da Redenção ficará pronta em setembro | Foto: Tarsila Pereira / CP Memória

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) confirmou à Câmara de Vereadores que o plebiscito sobre o cercamento do Parque da Redenção vai ocorrer junto com as eleições municipais do ano quem. A consulta vai ser feita com eleitores de Porto Alegre. Diferentemente do voto para a escolha de prefeito e vereador, participar da consulta não vai ser obrigatório.

Conforme o presidente da Câmara, Mauro Pinheiro, pelo menos um ponto ainda precisa ser definido: qual a pergunta a ser feita ao eleitor, já que a lei não cita esse texto, apenas prevê que a resposta seja sim ou não. O projeto virou lei há um mês, no dia primeiro de junho, quando o prefeito José Fortunati sancionou a matéria.

Até o início da semana, Prefeitura e Câmara ainda divergiam sobre de quem era a responsabilidade de fazer a entrega do material ao TRE. Para o Executivo, cabia ao Legislativo, onde o projeto teve origem, fazer o encaminhamento. Já o Legislativo entendia que o Executivo, por ter sancionado, era quem devia fazer a entrega da proposta.

Iluminação da Redenção ficará pronta em setembro

Com um investimento de R$ 1,5 milhão, a nova iluminação do Parque da Redenção deverá estar concluída no final do mês de setembro. O anúncio foi feito nesta quarta-feira pelo secretário municipal de Obras e Viação (Smov), Mauro Zacher, que participou de um encontro com Associação de Moradores do Bom Fim e do Conselho de Usuários do Parque Farroupilha. Eles realizaram uma inspeção na mais tradicional área de lazer da cidade.

Zacher disse que serão instalados pela empresa Cristel, terceira colocada no processo de licitação, 512 pontos de luz na Redenção. “A nova iluminação vai privilegiar os principais acessos e trilhas do Parque da Redenção”, explicou.

Conforme o secretário, o projeto prevê ainda a instalação de mais uma rede subterrânea de iluminação pública, partindo de quatro subestações, com adequação dos pontos existentes e instalação de novos. Serão colocadas lâmpadas de 150 a 400 watts.

O Conselho de Usuários do Parque Farroupilha estima que cerca de 1 milhão de pessoas circulem por mês pelo parque – passeios no entorno, shows no auditório Araújo Viana, Brique da Redenção aos domingos e pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Ufrgs) com docentes, estudantes e funcionários.

O Parque da Redenção possui uma área de 37,5 hectares. Segundo o integrante do Conselho de Usuários do Parque Farroupilha, Roberto Jabubaszko, a nova iluminação trará mais segurança para os frequentadores do parque.

Correio do Povo



Categorias:Parques da Cidade

Tags:,

%d blogueiros gostam disto: