Município retoma equipamentos do mobiliário urbano para licitação

Qualificação será debatida em audiência pública com a população   Foto: Joel Vargas/PMPA

Qualificação será debatida em audiência pública com a população   Foto: Joel Vargas/PMPA

 

A Prefeitura de Porto Alegre concluiu a retirada das publicidades irregulares dos toponímicos (placas com nome de rua), relógios digitais, totens nos corredores e paradas de ônibus. Em até 60 dias, será realizada uma audiência pública para que a população possa contribuir com o processo de licitação para qualificação do mobiliário urbano. O edital, que está sendo finalizado pelo Município, será publicado em breve.

A administração municipal conseguiu retomar os equipamentos que estavam sendo utilizados de maneira irregular por empresas privadas. Amparadas por decisões judiciais, elas exploravam a atividade comercialmente, há cerca de 20 anos, sem nenhuma contrapartida para a cidade. “Na medida em que o Município retomou o controle sobre esses mobiliários, observamos que alguns relógios foram desligados e temos conhecimento de equipamentos que foram vandalizados. Nossas equipes estão monitorando a situação para tomar as devidas providências”, explicou a procuradora do Município, Leila Maria Reschke.

De acordo com a Coordenação do Mobiliário Urbano, a retirada das publicidades irregulares é necessária para que a licitação se torne atrativa às empresas interessadas. O coordenador do Grupo de Trabalho que está atuando neste processo, Arnaldo Guimarães, ressalta que a exploração da publicidade é o que custeará a instalação dos mobiliários. “Estamos trabalhando para dar celeridade e transparência à licitação. Vamos apresentar o projeto à comunidade, que será ouvida em audiência pública”, afirmou Guimarães.

Outros equipamentos do mobiliário também estão sob avaliação da coordenação e poderão ter suas publicidades retiradas no futuro.

Prefeitura de Porto Alegre



Categorias:Mobiliário Urbano

Tags:,

3 respostas

  1. Gostaria de saber onde a Prefeitura concluiu a retirada das tais publicidades irregulares, conforme a referida notícia.
    Com certeza não foi aqui no Centro da Capital…

    Curtir

  2. Seria uma progresso de parassem com o jabá com Debiagi. Esse já mama a décadas nas tetinhas da prefeitura. Só digo isso

    Curtir

  3. Tomara que apareçam e prevaleçam profissionais competentes para desenvolver os equipamentos públicos desta cidade, porque o que ora se vê, paradas, bancos, lixeiras, pavimento, etc…, é vergonhoso em termos de design, com baixíssimo padrão estético. Isto precisa mudar.

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: