Estado concede área desocupada do Parque de Exposições Assis Brasil

Investimento total previsto soma R$ 16,2 milhões em 25 anos

Parte do Parque de Exposições Assis Brasil será administrado por terceirizada | Foto: Luís Gonçalves / CP Memória

Parte do Parque de Exposições Assis Brasil será administrado por terceirizada | Foto: Luís Gonçalves / CP Memória

O governador José Ivo Sartori assinou, nesta sexta-feira, a concessão de uma área do Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio, na região Metropolitana. O espaço vai ser administrado pela Bolognesi Empreendimentos Ltda. pelos próximos 25 anos. O acordo pode ser prorrogado pelo mesmo período. O objetivo é de que a empresa construa um complexo e explore comercialmente 237,9 mil metros quadrados do parque. O investimento total previsto soma R$ 16,2 milhões. A concessão, projetada ainda pelo governo anterior, de Tarso Genro (PT), se refere a uma área lateral, hoje desocupada.

Cabe à terceirizada, nos primeiros 12 meses, a construção de um dique para a contenção das águas do arroio Esteio. Para os dez anos subsequentes, estão previstos empreendimentos como um hotel; um espaço comercial, que prevê comércio, serviços, gastronomia e eventos, agroshopping, centro tecnológico, centro educacional, estacionamento, área institucional e área de eventos.

Assinaram o documento, além do governador José Ivo Sartori, o secretário estadual da Agricultura, Ernani Polo, o subsecretário do Parque Assis Brasil, Sérgio Foscarini da Silva, e os representantes da Bolognesi Empreendimentos Ltda. Sheyla Wortmann Gomes Wallau e José Simeão Soeiro.

Rádio Guaíba – Correio do Povo



Categorias:TURISMO

Tags:, ,

3 respostas

  1. Decisão mais do que acertada! Deveria privatizar todo o parque.

    Curtir

  2. Foi de surpresa, não teve edital?
    De qualquer forma, qqr ação do governo estadual onde não esteja escrito “corte” já é positiva.

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: