DMLU firma parceria para aproveitamento energético de resíduos

Órgãos firmaram protocolo de intenções de colaboração recíproca nesta terça-feira   Foto: Julia Clavelin/Divulgação PMPA

Órgãos firmaram protocolo de intenções de colaboração recíproca nesta terça-feira   Foto: Julia Clavelin/Divulgação PMPA

O Departamento Municipal de Limpeza Urbana (DMLU) e a Fundação de Ciência e Tecnologia (Cientec) firmaram, nesta terça-feira, 21, parceria para o desenvolvimento de alternativas tecnológicas para o processamento de resíduos sólidos. O objetivo é estudar alternativas para o aproveitamento energético de resíduos, bem como a otimização de unidades para a compostagem de resíduos ricos em matéria orgânica.

O diretor-geral do DMLU, André Carús, e o presidente da Cientec, Daiçon Maciel da Silva, são os signatários do protocolo de intenções de colaboração recíproca na área de serviços tecnológicos e pesquisa, desenvolvimento e inovação. Entre as ações previstas estão treinamentos, consultorias, serviços tecnológicos, estudos e projetos de pesquisa, desenvolvimento e inovação de processos e produtos, nas áreas de atuação das instituições.

De acordo com Carús, o departamento busca incentivo à pesquisa para projetos de tratamento e reaproveitamento de resíduos. Destacou que a preocupação maior é com o resíduo orgânico. “Hoje, Porto Alegre recolhe cerca de 2 mil toneladas de resíduos diariamente. Deste total, 1,2 mil toneladas são recolhidas pelos caminhões da Coleta Domiciliar. Até o final do ano gostaríamos de ter um projeto de reaproveitamento, se não para a totalidade, mas para uma parte deste resíduo.” Carús disse ainda que a parceria irá contribuir para a qualificação do quadro de profissionais do DMLU.

Daiçon destacou que a gestão eficiente dos resíduos é um dos maiores desafios para as administrações públicas municipais. “A questão dos resíduos é um problema ambiental, legal e econômico, pois onera muito as prefeituras.” Ele reconheceu ainda o esforço e o destaque que Porto Alegre tem na área de limpeza urbana no país. “Estou otimista com a parceria. Acredito que teremos investidores interessados em financiar nosso projeto.”

Também participaram do ato de assinatura pela Cientec o superintendente de Produção, José Aloisio Kunzler, e o gerente substituto do Departamento de Engenharia de Processos, Guilherme de Souza. Acompanharam a assinatura pelo DMLU o supervisor administrativo e financeiro, Gustavo Fontana, e o engenheiro da Divisão de Resíduos Especiais, Eduardo Fleck.

Prefeitura de Porto Alegre



Categorias:Formas alternativas de energia

Tags:, , , , ,

%d blogueiros gostam disto: