Indústria gaúcha tem pior desempenho no 1º semestre em seis anos

Fiergs registrou recuo de 8,1% no período

Fiergs registrou recuo de 8,1% no período | Foto: José Ernesto/ CP Memória

Fiergs registrou recuo de 8,1% no período | Foto: José Ernesto/ CP Memória

O Índice de Desempenho Industrial do Rio Grande do Sul (IDI-RS) terminou o mês de junho com queda de 0,2% ante maio, descontados os efeitos sazonais, informou nesta quarta a Federação das Indústrias do Estado (Fiergs). O setor fechou o semestre com recuo de 8,1% em relação ao mesmo período do ano passado, o pior resultado em seis anos.

“A crise no setor fabril avançou bastante, influenciada principalmente pela redução da demanda doméstica e pelo aumento dos custos de fabricação. O excesso de estoques de produtos, a falta de confiança e a ociosidade nas linhas de produção não indicam mudança nesse quadro de dificuldades no curto prazo”, avalia o presidente da Fiergs, Heitor José Müller.

A entidade informou que quase todos os indicadores contemplados pelo IDI-RS recuaram nos primeiros seis meses de 2015: as compras de matérias-primas tiveram diminuição de 15,1%; o faturamento real, de 11,1%; as horas trabalhadas na produção, de 7,9%; o emprego e a massa salarial, ambos de 5,1%; e a utilização da capacidade instalada, de 2%. Uma única categoria, a que mede o rendimento médio real, ficou estável.

Dos 17 setores pesquisados, somente três registraram crescimento no semestre: alimentos (2,5%), bebidas (0,3%) e equipamentos de informática e produtos eletrônicos (1,2%). As principais desacelerações vieram de veículos automotores (-22,6%), máquinas e equipamentos (-13,9%), produtos de metal (-8,3%), couros e calçados (-5,3%) e químicos e refino de petróleo (-5,5%).

Correio do Povo



Categorias:Economia Estadual

Tags:,

3 respostas

  1. Clown Tarso seguiu a cartilha da witch Dilma, à risca, taí o RS passando por um risco tremendo de quebrar e absolutamente humilhado. Enquanto isso estamos naturalmente pobres, enfim que não tem recursos naturais e o capital humano é bastante “fraco”, estão se esbaldando. Injusto, horrível e isso que dá votar em canalhas.

    Curtir

  2. E as pessoas iludidas, já que meia duzia de industrias estão vendendo bem, mas esquecem que o resto teve queda geral.
    haha

    É triste

    Curtir

  3. apesar da crize….

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: