Cais Mauá em fase “paz e amor”

cais-maua-metro1a

cais-maua-metro1b

cais-maua-metro2

Jornal Metro – Porto Alegre – 14/09/2015

____________________

Outras imagens divulgadas pela Cais Mauá do Brasil:



Categorias:Projeto de Revitalização do Cais Mauá

Tags:,

21 respostas

  1. Thiago Holzmann esperava o que???Que o Cais Maua apresentasse imagens do projeto com mendigos?usuários de crack??

    Esses tempos o IAB anava criticando iclusive a cor dos cabelos das pessoas nas imagens, que seriam loiras…para você ver o nível da crítica…

    Se você coloca uma loira de cabelos lisos na imagem é gentrificação
    Se você coloca uma negra de cabelos crespos é populismo.

    Curtir

  2. O shopping eu acho uma bobagem mesmo. Mas as Torres eu acho válido. Desculpe, mas se precisa tirar dinheiro de algum lugar, município e governo do estado não estão colocando um centavo.

    E além do mais Centro Histórico já é verticalizado. Existem prédios no Centro com mais de 100 metros.

    Curtir

  3. Eu gosto do projeto no geral, comecei a ficar contrário quando vi as compensações para “Mobilidade”. Vai ter PASSARELA para pedestre. Vai continuar sendo quase imposśivel chegar de ônibus lá.

    No projeto falam em uma ciclovia no empreendimento, mas vai se conectar a qual? Apenas à da beira-rio? Em termos práticos isso não atende quase ninguém no sentido de mobilidade, aquela área de lazer e esportes.

    Curtir

  4. Eu achei bonitinho botarem artiastas de rua nas imagens, mas lembrem que por mais que chamam isso de projeto não é um projeto. São renders. Além do mais, são renders de Porto Alegre. É material para colocar em folders de propaganda e nada mais.

    Curtir

  5. Que saia como está planejado, inclusive com o shopping e as torres, que mandem às favas esses contra-tudo, e melhor, que eles se unam e criem um projeto só pra esses contra-tudo, ficaria curioso pra ver a coisa linda que eles fariam!

    Curtir

  6. Já faz um tempinho que acompanho eles nas redes sociais, e tem até mesmo um grupo no whats pra tirar duvidas.
    Inclusive, quando dei uma proposta sobre o muro, me falaram que boa parte dele vai ser de cerca viva, eles vão tentar ao máximo esconder o muro, gostei bastante dessa possibilidade.

    Outro ponto que gostei bastante, é que vão rebaixar uma parte da Mauá para fazer um tipo de passarela, a rua que tem na praça da Alfandega vai até o cais.

    Esse pessoal que vai lá criticar, vão só pra incomodar mesmo, como da pra ver nos comentários, muitos sequer conhecem o projeto, é uma palhaçada só.
    Não sei como o adm da pagina aguenta, parecem até os MAV’s do governo federal.

    Curtir

    • Não tinha um esquema com água para esconder o muro? Eu tinha gostado daquela solução, mas cerca viva é bacana também.

      Mas conte-nos mais sobre esse rebaixamento, tem divulgação disso em algum lugar? Parece bom demais pra ser verdade🙂

      Curtir

      • Vai ter a “cascata” também, mas como não vai ser em todo o muro, eles falaram que em outras partes vai ter cerca viva.
        Comentaram que vão tentar ao máximo “esconder” o muro.

        Sobre o rebaixamento, fui procurar e to achando que confundi por causa de uma passarela que vão fazer próximo do gasômetro, acho que confundi com algum render do projeto alternativo que fizeram, mas pelo que vi, vão rebaixar na av João Goulart, o que vai gerar o corte de algumas árvores, e que vai trazer junto alguns protestos.

        Perguntei ontem sobre detalhes dos prédios e shopping, falaram que o que foi divulgado não é exatamente o que vai sair, é mais um esboço, já que essas obras vão vir depois, eles estão mais preocupados em divulgar o que vai ficar pronto primeiro.

        Falaram que o gasômetro vai ser uma continuação do cais, não vai ter nenhum obstaculo para ir pra lá.

        Curtir

      • O corte de árvores vai ser na Praça Brigadeiro Sampaio (do outro lado da rua), e já está sendo alvo de protestos há algum tempo…

        Curtir

      • Que massa, cerca viva é bom também.

        Enfim, deve ter misturado… infelizmente vai ser pasarela mesmo, resolveram declarar que aquilo é uma rodovia mesmo.

        Curtir

      • A Cascata vai ter so 50 metros, junto ao portico principal.

        Curtir

      • @ Guilherme

        Só pra constar, eu questionei no grupo do Whats sobre o tal rebaixamento da João Goulart que você citou, e me disseram que não vai rolar, infelizmente.

        A Prefeitura teria vetado a ideia por ser complexa (mexeria com o sistema de drenagem, por ficar abaixo do nível do Guaíba) e porque causaria transtorno por interromper o principal acesso da cidade.

        Em suma, é aquela história: tal projeto beneficiaria principalmente aos pedestres. Logo, não é importante.

        Curtir

    • Eu entrei nesse grupo do Whats semana passada (até acho que seria uma boa o Gilberto Simon divulgar pro pessoal aqui do blog a existência do grupo). O pessoal do projeto realmente vem sendo bem atencioso ao esclarecer dúvidas dos usuários por este canal.

      Curtir

    • Concordo. Mas queria mais. Gostaria que toda a avenida maua fosse transformada em túnel e criado um boulevard ali, como estão fazendo no Rio de janeiro. Iria revitalizar a região enormemente! Além disso, torcia demais pelo telhado verde do shopping, que foi “cortado” pelo que entendi.. Queria muito poder admirar a vista lá de cima…

      Curtir

      • Essa ideia de transformar toda a Mauá em túnel ou trincheira seria muito boa pra revitalizar a área, uma das mais horrendas de Porto Alegre (sério, a Mauá parece aquelas cidades fantasmas do velho oeste).

        O problema é que tal obra seria cara e os principais beneficiados seriam os pedestres, ou seja, não interessa à nossa atual administração.

        Curtir

  7. Obra caríssima! Lembrando que a revitalização do Rio custa R$ 7 bilhões (14x o valor do nosso Cais Mauá), infelizmente não temos como comparar.

    Curtir

  8. Podem me chamar de ecochato, ecoxiita, esquerdista ou o que preferirem. Mas sério que vocês ainda defendem a construção de shoppings ali? Sério mesmo? Um dos lugares com maior potencial turístico da cidade e os caras querem me enfiar torres comerciais e shoppings? As torres eu até entenderia se fossem de uma arquitetura belíssima, que eu tivesse certeza que mudariam a cara da região e entrariam pro marco arquitetônico de Porto Alegre. Mas não. Provavelmente vão ser torres comuns – no máximo bonitinhas – que, até ficarem prontas, já estarão defasadas. E quanto ao shopping, preferiria nem ter que entrar nessa questão, mas como tem gente que ainda acha que ser contra esses caixotes grotescos que estragam a cidade é ser chato, vou fazer um comparativo: estive no Rio recentemente e uma das maiores diferenças que vi em relação a Porto Alegre foi isso: poucos shoppings e muita gente nas ruas. Não se tem, lá, a cultura que temos aqui de escolher o shopping como lugar pra passeio. Lá, em todo o canto, há praças bonitas e movimentadas, bares nas esquinas, pessoas circulando nas ruas. E não falo só dos bairros à beira da praia. O bairro em que fiquei, na zona central da cidade, também era assim. Falam tanto na violência do Rio de Janeiro, mas me senti incrivelmente mais seguro nas ruas de lá do que nas daqui, e foi, principalmente, por isso – muitas pessoas caminhando nas ruas, tirando fotos, passeando com cachorros, bebendo cerveja.
    Enfim, repito: podem me chamar de chato, mas vou criticar, sim, esse shopping e essas torres. Não sou do tipo que não quer ver avanços e modernidade. Eu adoraria ver bares e lugares para eventos no Cais, assim como espaço para prática de esportes e etc. E até defenderia o shopping se ele fosse aberto, com bastante vegetação e interação com a rua – como o Paseo Zona Sul, no bairro Tristeza -, mas construir mais um caixa de cimento com paredes cegas, que afastam as pessoas das ruas e criam, consequentemente, uma cidade mais insegura, deserta e triste, eu sou definitivamente contra.

    Curtir

    • Também não faria questão de shopping, mas nada contra as torres. Peraí, torre onde ? Aquilo não é torre. São predinhos…

      Curtir

    • A única coisa que eu discordo do Fernando são em relação às torres. Acho que mesmo que não sejam um marco arquitetônico, duas ou três torres ali vão garantir movimento diário no Cais, em diversos horários.

      Quanto ao Rio de Janeiro (exceto a Barra da Tijuca), devemos aprender com os cariocas algumas coisas, e o principal mesmo é ocupar as ruas, com pessoas, bicicletas, mesas nas calçadas… Sair do tripé shopping-carro-condomínio que nos habituamos por aqui.

      Curtir

    • Concordo Fernando, querem apaulistar minha querida Porto Alegre a qualquer custo.

      Curtir

  9. Acho que muita gente considera o Shopping uma bobagem, porque irá inclusive competir com o Cais.
    A ideia é que seja um espaço mais aberto, ao ar livre.

    Tomara que desistam do shopping, ou ao menos que façam algo aberto, como o DC Navegantes, ou o Olaria.

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: