Polonesa Synthos desiste de projeto bilionário no Rio Grande do Sul

Incertezas em relação ao contrato de fornecimento de nafta da Petrobras à Braskem pesaram na decisão

thumbnail_1442842587A polonesa Synthos cancelou um investimento de US$ 250 milhões (aproximadamente R$ 990 milhões) para construir uma fábrica no Rio Grande do Sul, diante das incertezas em relação ao contrato de fornecimento de nafta da Petrobras à Braskem, revela o jornal Valor Econômico nesta segunda-feira (21). De acordo com a publicação, a crise econômica, que afetou a indústria automobilística nacional, agravou o quadro e pesou na decisão.

A companhia, uma das maiores produtoras de borracha sintética da Europa, já havia indicado publicamente que poderia abandonar o projeto por causa da demora nas negociações. No fim de junho, acabou rescindindo o acordo inicial firmado com a Braskem diante do estouro do orçamento original e do “não cumprimento de pré-condições”. A petroquímica seria fornecedora de insumos à Synthos. Com o cancelamento do projeto, que entraria em operação em 2017, o Rio Grande do Sul deixará de arrecadar R$ 50 milhões por ano em ICMS.

Revista Amanhã

________________

Crise ? Que crise ?



Categorias:Economia Estadual

Tags:

2 respostas

  1. Crise?
    Que crise?
    Isso é coisa da elite branca paulista opressora.
    O Brasil nunca esteve tão bem.

    Curtir

  2. O Jornal do Comercio de hoje desmentiu essa noticia através de uma entrevista com o representante da Synthos.

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: