Além de caranguejos, otários e babaquaras !!!, por José Luiz Prévidi

Projeto de Revitalização do Cais Mauá.

Projeto de Revitalização do Cais Mauá.

Basta a Prefeitura de Porto Alegre acertar uma que os caranguejos aparecem, como zumbis.

Sempre é assim.

Lembra do que fizeram, há alguns anos, para derrubar o projeto arquitetônico que seria construído no Pontal do Estaleiro, na zona sul? Fizeram de tudo para derrubar – até um plebiscito foi realizado. Alegavam, estes biltres, que com os prédios, os ventos “mudariam de rota”. Sabe o que tem lá, agora? Nada. Ou melhor, ratos e insetos.

O Porto de Porto Alegre não existe há décadas. Como dizem os agentes de navegação, para toda a movimentação de cargas não é necessário mais do que um cais. A grande maioria do espaço é inútil. Como o Cais Mauá, onde vai ser construído um complexo turístico.

Sabe o que essa gente que é contra a “revitalização” quer e gosta? De restaurante popular a um pila, canchas de futebol, loja de artesanato paraguaio e barro. Isso eles acham o máximo! É só dar um pulo na fétida “prainha do gasômetro”. Ah, sim, e espaços para “fumar um”.

A empresa Cais Mauá do Brasil vai investir 500 milhões de reais e só para o Estado dará um retorno de 73 milhões de reais por ano apenas de ICMS. Evidente que terá direito a explorar a área pro 25 anos, prorrogáveis por mais 25. NADA DE DINHEIRO PÚBLICO!!

CARANGUEJO 2A idiotice está reunida num grupo chamado Cais Mauá de Todos.

Os caranguejos juram que vão tomar medidas legais para tentar “barrar o andamento do projeto atual”. Viram o peito da imbecilidade? Eles não querem torres comerciais e shopping center junto ao rio. E prometem melar na Justiça, para que tudo volte a estaca zero, como há décadas.

Aí vejam o que aconteceu: a Prefeitura lançou uma licitação para a tal “revitalização”. A empresa Cais Mauá do Brasil apresentou o projeto e venceu. Cumpriu todas as etapas e os caranguejos estavam na toca.
Quando se anuncia que a obra começa em março de 2016 eles reaparecem. Como zumbis.

E tem um secretário bobalhão, o do Meio Ambiente de Porto Alegre, Mauro Gomes de Moura, que disse que a Prefeitura está ouvindo a comunidade e, depois, vai decidir o futuro do Cais Mauá.

COMO ASSIM?
VAI DESRESPEITAR A LICITAÇÃO?

Será que esse Mauro Gomes de Moura é um caranguejo infiltrado na Prefeitura?

Agora, só podemos esperar do prefeito um rasgo de bom senso.



Categorias:Artigos, Projeto de Revitalização do Cais Mauá

Tags:, ,

19 respostas

  1. Prezado Simon Sabes eu não entendo porque a turma do Caranguejo não criaram uma empresa, tomassem Um financiamento para entrar na concorrência Da licitação do Cais Maua? Dai eles como empresários arriscando o seu Patrimônio pessoal poderiam fazer a revitalização Que eles pretendem? Ricardo Sessegolo

    Curtir

  2. JOSÉ LUIZ PRÉVIDI falou tudo. Os caranguejos gaúchos são os mais “politizados” e gordos do país.
    A definição para o grupelho não poderia ser mais perfeita. Além de andar de lado ou para trás, caranguejos tem casca grossa, “titica” na cabeça, vivem na lama (de qualquer espécie) e vivem nas costas do país.
    Parabéns a ele pelo artigo e a você, GILBERTO SIMON, pela publicação.

    Curtir

  3. o que me preocupa:

    “Se levar mais um ou dois anos, fica inviável pela demora”, advertiu o presidente da NSG Capital. “As autoridades sabem como funciona o mercado. Temos os recursos para fazer a obra, mas desde que se tenha as licenças necessárias para obter financiamento”, vinculou Abreu. “O interesse continua, pois é um investimento real, de 25 anos”, tranquilizou o executivo. Abreu acredita, alertando que prazos dependem das autoridades, em começo das intervenções em março de 2016. “Sempre respondo sobre isso, mas nunca consigo acertar”, rendeu-se.

    Curtir

  4. Entendo se o cara for contra o local virar antro de usuários de drogas. Mas pra falar isso aqui, tem que ser um cretino completo:

    “(…) De restaurante popular a um pila, canchas de futebol, loja de artesanato paraguaio e barro.”

    A criatura deve viver numa bolha para não entender que isso é a maioria da população. Se fosse restaurante popular, teria muito mais utilidade do que um shopping.

    Aliás, o Brique da Redenção, esse sim com valor histórico e turístico, é praticamente só “loja de artesanato paraguaio e barro”.

    Quanto às canchas… uma coisa que invejo muito do RJ é a quantidade de pessoas que praticam esportes e o espaço que existe para isso. Aqui em Denver o parque mais movimentado (ou seja, utilizado pela população) tem umas 15 “canchas” de vôlei e tênis. O shopping (que não é afastado, mas sim, no meio da região mais rica) tem sempre o mesmo movimento fraco em qualquer dia da semana. Olhar vitrine não é lazer.

    Curtir

  5. Shopping center e estacionamento no Parcão já!!

    Curtir

    • Já tem o Shopping moinhos, interessante como a região não morreu depois do shopping, né?
      Ficou até mais valorizada.

      Curtir

    • Aposto que se colocarem um shoping padrao moinhos na area da redenção com certeza iria repaginar a região que com todo respeito a quem mora nas cercanias, está um lixo! !

      Curtir

  6. Revitalização não é construir shopping; É usar as características arquitetônicas que são marcos da história e da cultura de um lugar. e moldar de acordo com os padrões de beleza, arte, materiais…atuais. Vitalizar é fazer a população usufruir do seu patrimônio. Com um pôr do sol que é dos mais lindos do mundo e que é cartão postal da cidade, tapá-lo com um shopping é de uma imaginação no mínimo muito pobre e sem horizontes.
    já no parcão…..

    Curtir

    • Engraçado que a extensão do cais é de 3km mais ou menos, e o dito shopping ficaria em um canto do mesmo, mas da maneira como vocês falam parece que TODO o cais será derrubado e substituído por um shopping com estacionamento. Se assim fosse, eu também seria contra. Por que vocês ignoram todos os armazéns que serão revitalizados, as praças que serão entregues, os locais para usufruir do por-do-sol, e etc? É desconhecimento ou má-vontade mesmo?

      Curtir

    • A população vai usufruir do patrimônio, a revitalização do cais é justamente pra isso.
      O shopping não vai tapar o por do sol que não é um dos mais belos do mundo, vai inclusive se tornar um espaço diferente para apreciar o tal por do sol, e pela primeira vez, num lugar onde não é um lixão a céu aberto na cidade.

      Curtir

      • Já mostrou que não gosta de por do sol, muito menos deste. O que significa não gostar da paisagem, ou do lugar, e o quer tornar diferente….O problema é que não entenderam o briefing: Revitalização do cais do porto da cidade de Porto Alegre. Lugar que deu nome à cidade. Remete aos seus colonizadores, à história….por aí já dava um caldo…Mas onde viram o sentido de relacionar shopping center, estacionamento e derrubada de árvores com isto???

        Curtir

    • O shopping não vai tapar o por do sol (como o muro tapa), ao contrario, vai oferecer um local para assisti-lo.
      E convenhamos, o cais não tem valor arquitetônico nenhum, são só caixas grandes com telhado. Por mim demoliria quase todos, dando lugar a vista pro por do sol, que pra mim é muito mais bonito que eles kk.
      Deixaria alguns só pelo valor histórico.

      Curtir

  7. Caro lobista! Venho parabenizá-lo pelo texto ao conseguir em pouco menos que 2.000 caracteres expor que vossa pessoa contempla, ao mesmo tempo, todas as 5 leis fundamentais da estupidez humana, conforme nos indica o economista e historiador italiano Carlo Maria Cipolla. Podemos tratá-lo, sem pormenores, como o tipo mais curioso de pessoa em nossa sociedade: é o tipo estúpido.

    Para saber mais detalhes da estupidez de sua personalidade acesse: http://consciencia.ano-zero.com/2015/09/23/leis-da-estupidez-humana/

    Curtir

  8. Postagem perfeita bem nessa mesmo, e olha que esse caranguejos ainda não se tocaram que a partir do mes que vem, toda a orla onde vai haver obras da revitalização ficará bloqueada por tapumes, impedindo a vista do por do sol e a ida a prainha por um ano e meio, assim que se lembrarem disso, é capaz do grupo do nada pra fazer, se amarrarem em arvores ou o que quer que seja, pra impedir. Só aguardem!

    Curtir

  9. São contra o cais, o pontal, e agora a revitalização da orla.
    Gente que é contra isso não merece nem respeito, ainda mais com a justificativas que deram.

    Curtir

  10. Por que os caranguejos nao provocaram essa discussao ANTES da licitaçao??

    E se eles querem que SÓ valham as ideias deles, por que não elaboram um projeto e não participam da licitaçao???
    Seria um ato de cidadania muito maior do que ficar atravancando processos licitatórios legais.

    Curtir

    • Talvez porque a Prefeitura, como sempre, não deu nenhuma margem à discussão…

      É a velha mania de impor e só depois pedir a opinião do povo.

      Curtir

      • O problema é que não entenderam o briefing: Revitalização do cais do porto da cidade de Porto Alegre. Lugar que deu nome à cidade. Remete aos seus colonizadores, à história. Onde viram o sentido de relacionar shopping center, estacionamento e derrubada de árvores com isto???

        Curtir

  11. Achei bem preconceituosa a opinião dessa pessoa.

    Só faltou mencionar que na verdade o dinheiro investido na revitalização do cais não chega a 50 milhões de reais… O resto dos gastos são com o shopping e as edificações. Portanto, não caiam no papo de que vai custar 300 milhões.

    Não estou dizendo que sou contrário, mas convenhamos, do ponto de vista urbanístico, o projeto é horrível… Até as torres são feias.
    Achei muito ruim não terem nem retirado aquele muro e integrado toda a região.

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: