Fortunati pede ação conjunta para enfrentar crise de segurança em Porto Alegre

Prefeito da Capital se reúne com integrantes da BM, governo do Estado e Ministério Público para definir ações

Fortunati pede ação conjunta para enfrentar crise de segurança em Porto Alegre | Foto: Luiz Chaves / Palácio Piratini / Divulgação / CP

Fortunati pede ação conjunta para enfrentar crise de segurança em Porto Alegre | Foto: Luiz Chaves / Palácio Piratini / Divulgação / CP

O prefeito de Porto Alegre, José Fortunati, pede uma ação conjunta – Município, Estado e União, para combater a onda de violência e criminalidade na Capital. Fortunati relembrou o período da Copa do Mundo, quando as três esferas agiram em parceria e o resultado foi satisfatório. “Conseguimos, por uma ação de inteligência e estudo, impedir a entrada dos barra-bravas”, comentou.

O prefeito disse que tem conversado seguido com o governador José Ivo Sartori. “Nos falamos com frequência, eu sei que ele (Sartori) está também preocupado com a segurança em Porto Alegre”.

O chefe do Executivo municipal voltou a falar que a cidade precisa de um “choque de segurança”. “Precisamos mostrar para a população para que ela volte a ter confiança e também mostrar para os bandidos que estamos agindo seriamente, pois Porto Alegre está em crise”, finalizou.

Fortunati está reunido com o Ministéro Público, integrantes da cúpula da segurança do Estado – secretário e comando da Brigada Militar – para acertar as medidas a serem tomadas para combater a violência.

Correio do Povo



Categorias:Outros assuntos

5 respostas

  1. Elogio: O Fortunatti não falou em conter a violência com iluminação publica. Ufa!
    Pergunta: Onde estão as centenas de câmeras e a central de monitoramento que pagamos?

    Curtir

  2. Minhas sugestões para inciar essa “campanha” de retornar a termos segurança:
    1. Processar quem autorizou retirar a Brigada Militar (Pedro/Paulo) das ruas, por ser uma folha de pagamento e colocar a EPTC, como expectativa de Receita;
    2. Conscientizar que: não existe câmera de segurança mas sim câmera de vigilância/monitoramento;
    3. Informar ao Secretario de Segurança que é fundamental recordar que o respeito “à dignidade da pessoa humana” consta já no primeiro artigo da Constituição Federal. Ao incitar a violência, convocar o cidadão a ir para as ruas e “resolver” o que o Estado e a polícia são incapazes de resolver, fere de forma grave a Constituição;

    Curtir

  3. A companhia Pedro e Paulo foi fundada baseada na dupla Cosme e Damião, que existia no Rio de Janeiro. Meu tio Coronal João Aldo Danesi, em viagem a serviço (Congresso) no Rio, viu a dupla, informou-se a respeito e trouxe o modelo para Porto Alegre, que aliás funcionava muito bem. Uma pena terminarem com o que funcionava e dava tranquilidade ao Portoalegrense. O tio também foi responsável pela criação do CPC Comando de Policiamento da Capital que (acho) ainda está ali no 9 BPM. quem for mais antigo, vai lembrar-se da figura dele e os serviços que prestou para o policiamento de Porto Alegre..Essas criações foram feitas quando Perachi era Governador, se não me engano, posso estar equivocada. Quem souber melhor, pode complementar…

    Curtir

    • Eu gostaria de saber onde está o Coronel João Aldo Danesi pois eu era muito conhecido dele junto com o Sr. Mariano que ele chamava de “Fernandel”. Qualquer noticia seria bem vinda e obrigado pela informação.

      Curtir

  4. Sra Gladis: realmente funcionava muitíssimo bem. Foi uma excelente contribuição do Cel João Danesi, com certeza. Foi uma lástima terminarem com a Cia. PP; Mas a má administração, aquela que valoriza o dinheiro para obras que facilitam o desvio de recursos, sacrificou a Brigada Militar e por consequência o povo.

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: