Instalação dos novos contêineres é antecipada para dia 15

Serão totalmente atendidos pelo sistema 11 bairros e outros oito de modo parcial  Foto: Renata Simmi/Divulgação PMPA

Serão totalmente atendidos pelo sistema 11 bairros e outros oito de modo parcial  Foto: Renata Simmi/Divulgação PMPA

A montagem dos contêineres da Coleta Automatizada está em estágio avançado na Superintendência de Portos e Hidrovias, no Cais do Porto, que liberou espaço para receber os equipamentos. Em função disso, os 680 contêineres, que integram a primeira etapa da duplicação do serviço, começarão a ser instalados nas ruas já nesta sexta-feira, 15, e não mais no dia 20, como estava programado. No dia 18, o Departamento Municipal de Limpeza Urbana (DMLU) assinará, às 9h, na rua Dr. Poty Medeiros, no Parque Moinhos de Vento (Parcão), a ordem de início da operação de recolhimento dos resíduos que começarão a ser descartados pela população nos novos contêineres. O serviço será executado pela Conesul, empresa vencedora da licitação.

A segunda etapa da instalação dos contêineres também foi adiantada. Ao invés de iniciar a entrega dos equipamentos no dia 7 de março, a Conesul quer garantir que todos os 1.200 novos contêineres já estejam nas ruas nesta data. O início da instalação dos outros 520 contêineres está previsto para começar no dia 4 de março. A instalação dos contêineres das duas etapas está dividida por ruas, conforme os mapas abaixo. Porém, em função de questões como trânsito, estacionamento de veículos e outras variantes, é possível que os cronogramas sofram alteração no dia-a-dia da instalação.

O diretor-geral do DMLU, André Carús, destaca que a Coleta Domiciliar será mantida nas regiões atendidas até o fim da instalação dos contêineres. “Teremos Coleta Domiciliar nas regiões atendidas até o término da instalação dos contêineres. Ou seja, se a primeira etapa de instalação for concluída até o dia 20 de janeiro, no dia 21 já não teremos a Coleta Domiciliar nestes locais. Já a Coleta Domiciliar das ruas atendidas na segunda etapa de instalação dos contêineres deve ser encerrada no dia 7 de março. Nossa intenção é garantir que os moradores não fiquem desassistidos, mesmo que haja problemas no cumprimento integral dos roteiros de instalação devido à complexidade da operação”, explicou.

Carús ressalta ainda que o ato de assinatura ocorrerá em um dos 19 bairros que passarão a contar com o serviço. “O Moinhos de Vento será um dos 11 bairros que serão atendidos em sua integralidade pelo serviço. Outros 8 bairros terão o serviço em algumas ruas. Atualmente, o serviço atende 13 bairros, sendo cinco totalmente contemplados. Ou seja, estamos dobrando o número de contêineres para 2.400 e ampliando a área de abrangência”, disse. Os 19 bairros que terão Coleta Automatizada já contam, desde o dia 28 de setembro de 2015, com a Coleta Seletiva de resíduos recicláveis três vezes por semana, a fim de sensibilizar a população a descartar apenas resíduos domiciliares nos equipamentos.

Confira a previsão de recebimento dos contêineres da primeira etapa da duplicação da Coleta Automatizada

– 15 de janeiro: Região compreendida entre as vias 24 de Outubro, av. Plínio Brasil Milano, av. Carlos Gomes (sem contêineres), rua Anita Garibaldi, rua Coronel Bordini, rua Mostardeiro, av. Goethe e rua Dr. Timóteo. (vver mapa região PD03)

– 16 de janeiro: Região compreendida entre as vias av. Cristovão Colombo, av. Dom Pedro II (sem contêineres), av. Augusto Mayer (sem contêineres), av. Plínio Brasil Milano, rua 24 de Outubro e rua Dr. Timóteo. (ver mapa região IN02)

– 17 de janeiro: Região compreendida entre as vias rua Dona Laura, rua Quintino Bocaiúva, rua Casemiro de Abreu, rua Coronel Bordini, rua Vicente da Fontoura, av. Neusa Goulart Brizola, av. Protásio Alves (sem contêineres), rua Mariante eaAv. Goethe. (ver mapa região PD 04)

– 18 de janeiro: Região compreendida entre as vias rua Mostardeiro, rua Coronel Bordini, rua Anita Garibaldi, rua Comendador Rheingantz, rua Carlos Trein Filho, rua Prof. José Salgado Martins, rua Eng. Afonso Cavalcanti, rua Casemiro de Abreu, rua Quintino Bocaiúva, rua Dona Laura e av. Goethe. (ver mapa região PD 05)

– 19 de janeiro: Região compreendida entre as vias rua Casemiro de Abreu, rua Eng. Afonso Cavalcanti, rua Prof. José Salgado Martins, rua Pedro Chaves Barcelos, rua Anita Garibaldi, av. Carlos Gomes (sem contêineres), av. Dr. Nilo Peçanha, av. Nilópolis, av. Neusa Goulart Brizola, eua Vicente da Fontoura e rua Coronel Bordini. (ver mapa região ID 03)

– 20 de janeiro: Região compreendida entre as vias av. Neusa Goulart Brizola, av. Nilópolis, rua Carazinho, av. Protásio Alves (sem contêineres). (ver mapa região ID 04)

Clique aqui para conferir os locais de instalação da primeira fase de instalação do segundo módulo da Coleta Automatizada.

_________________________

Confirma o cronograma de instalação da segunda fase da duplicação dos contêineres:

– 4 de março: av. Ipiranga, av. Érico Veríssimo, rua Botafogo e av. Borges de Medeiros. (ver mapa região PN 01)

– 5 de março: rua Botafogo, av. Érico Veríssimo, rua José de Alencar e av. Borges de Medeiros. (ver mapa região PN 02)

– 6 de março: av. Benjamin Constant, av. Dom Pedro II e Av. Cristovão Colombo. (ver mapa região IN 01)

– 7 de março: av Dr. Nilo Peçanha, av Carlos Gomes, av. Protásio Alves e rua Carazinho (ver mapa região ID 05).

Clique aqui para acessar o mapa 1 da segunda fase de instalação

Clique aqui para acessar o mapa 2 da segunda fase de instalação

_________________________

Confira os bairros que serão atendidos pela Coleta Automatizada:

Bairros atendidos totalmente – Centro Histórico, Independência, Bom Fim, Farroupilha, Cidade Baixa, Moinhos de Vento, Auxiliadora, Mont’Serrat, Bela Vista, Rio Branco e Praia de Belas.

Bairros atendidos parcialmente – Floresta, São João, Higienópolis, Petrópolis, Santa Cecília, Santana, Azenha e Menino Deus.

O que pode ser descartado nos contêineres – A coleta automatizada recebe apenas resíduos domiciliares, ou seja, resíduos orgânicos e rejeito. Os resíduos recicláveis devem ser disponibilizados para a Coleta Seletiva atendendo os dias e horários do serviço. O descarte inadequado de resíduos pode gerar multas que vão de R$ 297,35 a R$ 4.757,62.

Resíduos orgânicos – Todo resíduo de origem vegetal ou animal, ou seja, todo lixo originário de um ser vivo. Exemplos: restos de alimentos como carnes, vegetais, frutos, cascas de ovos, restos de poda, ossos, sementes, erva-mate, borra de café e chá, cinzas, restos de vegetação e galhos finos e dejetos de animais domésticos.

Rejeito – Papel higiênico, absorventes, fraldas descartáveis, cotonete, espuma, etiquetas adesivas, esponjas, lã de aço, tecidos de limpeza, porcelana, rolhas de cortiça.

ReciclaPOA – Lançada no dia em que Porto Alegre completou 25 anos de implantação da Coleta Seletiva, em 7 de julho, a campanha ReciclaPOA tem como objetivo principal sensibilizar a população para o descarte correto dos resíduos sólidos. Seu foco é a ampliação da separação dos resíduos recicláveis.

Prefeitura de Porto Alegre



Categorias:Coleta mecanizada de lixo

Tags:, ,

9 respostas

  1. Eu continuo sem entender porque não tem 2 contêineres, para orgânico e não orgânico. No meu condomínio tem duas portas para isso, porém a coleta seletiva não passa num intervalo suficiente e acaba lotando, daí o zelador acaba botando tudo pra rua junto e com o tempo o pessoal deixou de separar em casa também. Quando aparecer só um contêiner, vai continuar a mesma coisa.

    Curtir

    • No meu bairro (Menino deus) em dias de coleta seletiva, que ocorre 3x por semana, ja tem fila de caminhão e combi logo de manha cedo esperando para “roubar o filé” do lixo seco, mais tarde os catadores mendigos também passam por la.

      Fico imaginando como seria se houvesse todos dias container de lixo seco, qual seria o movimento nas lixeiras do bairro.

      Eu acho isso uma pena, pois se os “empresarios do lixo” que pegam o que ha de mais valioso do lixo antes da coleta seletiva passar e recolher nao fizessem isso, certamente a verba que as familias que as coperativas de lixo da prefeitura recebem seriam maiores e também haveria mais pessoas trabalhando, pois o volume de lixo seria maior e mais valioso.

      Curtir

      • Na minha rua também… pessoal chega cedo pra abrir os lixos e pegar os recicláveis

        Curtir

      • Ia ser da mesma forma que é hoje, já que mesmo os contêineres sendo apenas pra lixo orgânico o povo mal educado coloca tudo misturado.

        Aliás, da maneira atual é pior, pois enquanto o lixo orgânico é colocado nos contêineres, os recicláveis têm de ser deixados na calçada, facilitando ainda mais o trabalho dos catadores.

        Na boa, parem de tentar justificar as burradas da Prefeitura. Foi totalmente sem noção a ideia de não terem colocado contêineres pro lixo seco, algo impossível de se explicar.

        Curtir

  2. Estou muito feliz com a intalação de container de lixo orgânico na frente do local onde moro, tenho um horario de trabalho que me impossibilita de levar o lixo para a lixeira do predio em horarios proximos aos da passagem do caminhão.

    Quando eu morava na parte do menino deus em que havia containers de lixo, nunca tive problema em me livrar do lixo orgãnico.

    Curtir

  3. so podia ser nos bairros que eles moram os politicos porque nao traz aqui pra zona norte pois ai foi os primeiros bairros implantados na epoca isso se chama politica privada

    Curtir

  4. wooow, moro na zona norte e meu bairro, que não é de classe alta, vai ter.

    Curtir

  5. E na Av. Maryland, nada?

    Curtir

  6. O seria, se todo lixo recolhido fosse reciclado, poupando recursos naturais e dando empregos. Mas existe o esquema do lixo $$$$.

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: