Prefeitura e governo estadual buscam áreas para Centro de Eventos

Reunião foi realizada na manhã desta quarta-feira, 17  Foto: Ocimar Pereira/Divulgação PMPA

Reunião foi realizada na manhã desta quarta-feira, 17  Foto: Ocimar Pereira/Divulgação PMPA

A busca de definição de uma área pertencente ao Governo do Estado, com o objetivo de construir o Centro de Eventos de Porto Alegre, foi o motivo de uma reunião realizada na manhã da quarta-feira, 17, na Secretaria Estadual de Turismo (SET). O vice-prefeito, Sebastião Melo, e o secretário municipal de Turismo, Luis Fernando Moraes, foram recebidos pelo secretário-adjunto de Turismo, Glademir de Moura, pelo diretor de Turismo da SET, Abdon Barretto Filho, e representantes do Sindicato de Hospedagem e Alimentação de POA e Região (Sindha e  SHPOA).

Sebastião Melo sugeriu a formação de uma equipe técnica com servidores da prefeitura e do governo estadual para analisar as matrículas e situação jurídica de algumas áreas. Glademir de Moura apresentou algumas alternativas para construção do Centro de Eventos e destacou o espírito de colaboração entre os governos.

Nos próximos dias, uma comitiva irá vistoriar as possíveis áreas para construção do Centro de Eventos de Porto Alegre. “A cidade precisa de um local moderno e com capacidade de atrair mais investimentos. O Centro de Eventos será um grande atrativo para a realização de atividades empresariais e culturais para capital dos gaúchos”, disse o vice-prefeito.

Prefeitura de Porto Alegre
17/02/2016 11:52:49



Categorias:Arquitetura | Urbanismo, Centro de Eventos do RS, Economia da cidade

Tags:

7 respostas

  1. Vai levar uns 20 anos essas vistorias de áreas…

    Curtir

  2. Pra quê gastar dinheiro público em um centro de eventos no momento que o Estado sofre uma das maiores crises fiscais da história, o que acarreta no caos da segurança pública, principalmente na região metropolitana?

    Curtir

    • Exatamente por isso um centro de eventos seria bem-vindo, cidades que tem centros de eventos grandes concentram maior captaçao de investimentos pois nestes centros se fazem exposiçoes e feiras de empresas nacionais e internacionais.

      EM grandes centros de eventos em cidades grandes (POA é uma das maiores captais brasileiras em populaçao, renda e atividade econômica para quem nao sabe).

      São paulo tem varios centros do tipo, alguns pequenos como o da FIERGS de poa e outros enormes.

      Cidades importantes do mundo inteiro tem grandes centros de eventos como peça chave para atrair e reter investimentos, alem de trazerem turismo de negócios.

      Curtir

  3. Ano passado nao havia sido publicado que a escolha havia sido feita e o centro de eventos seria ao lado da FIERGS (uma pessima escolha alias). ?

    Curtir

  4. Busquem como cumprir com suas obrigações em vez de criar mais outras balelas para encher jornal.
    Busquem pagar os salários.
    Acabar com as obras já iniciadas.
    Fazer as pessoas não serem mortas a cada 5 minutos.

    Curtir

  5. Mais uma vaca para se alimentar,isto é jogar dinheiro fora qual evento que eles iriam fazer lá Forum da pipoca do abacaxi ou o social,cubano mundial? Já passaram pelas obras do teatro da OSPA um primor,esta cidade parece a fogueira das vaidades é uma busca incessante por um pedaço de alvenaria para colocar uma plaquinha que diz eu fiz gestão do pimpão.

    Curtir

    • Concordo plenamente. Mas o pessoal aqui parece que não está muito de acordo, não consigo entender.

      Parece que o pensamento é mais ou menos assim: não temos casa e queremos plantar um jardim pensando que “se tiver um jardim, alguém vai vir aqui e construir uma casa para nós”.

      Temos problemas extremamente básicos no transporte coletivo, segurança ou até conseguir terminar uma obra e estamos pensando em um centro de eventos.

      Curtir

%d blogueiros gostam disto: