BRT: Fortunati descarta estações ‘sofisticadas’

BRT-POA

Jornal Metro – Porto Alegre – 04/05/2016



Categorias:BRT

Tags:,

14 respostas

  1. nao vejo necessidade desse trambolho na calçada, impedindo a circulação de quem anda ali e não quer pegar onibus. Sem contar que uma parada lotada iria virar uma lata de sardinha isso aí, propicio pra propragação de doenças kkkk
    Só serve de enfeite pra turista

    Curtir

    • Calçada? Ali é um CORREDOR DE ONIBUS e dificilmente se vê alguém circulando pela área pela falta de espaço por conta dos coqueiros.

      Mas eu queria ser igual a ti, não ter expectativas, ser acostumado com porcaria e ver algo que ajudaria a população contra o frio e chuva como “trambolho” e “propagador de doenças”.

      Curtir

    • Desde quando calçada de corredor de ônibus derve para circulação de pessoas???

      Curtir

  2. O Prefeito desrespeita o cidadão,….Nivela tudo por baixo.., Lamento esta atitude na minha opinião de pobreza de visão social! O preço de uma simples é uma mais elaborada e o mesmo é só retirar as comissões “por fora” que dá parabfaxer de Primeira.

    Curtir

  3. Vergonha é a única palavra que define a implantação desse BRT, que nem certeza há se será BRT. Ora, a maior economia no tempo de viagem dever-se-ia ao pagamento das passagens ao entrar na estação. Se não for cobrado, no mínimo, essa característica, aí de nada adianta troncalizar o sistema, agravar-se-ia a situação, com filas quilométricas para entrar nos ônibus. Uma piada!

    Curtir

  4. ISSO NÃO ME SURPREENDE, ESSE PREFEITINHO E NADA É A MESMA COISA!!! TUDO ESTÁ ATRASADO EM PORTO ALEGRE, O METRÔ VIROU FUMAÇA, O PROJETO DO CAIS MAUÁ EMPERROU, AS TRINCHEIRAS DA ANITA GARIBALDI, DA CRISTÓVÃO COLOMBO E DA CEARÁ SE ARRASTAM, A DUPLICAÇÃO DA VOLUNTÁRIOS DA PÁTRIA NÃO TERMINA NUNCA, A LICITAÇÃO DO TRANSPORTE PÚBLICO FOI UM FIASCO, OS CORREDORES DOS BRT’s NUNCA FICAM PRONTOS, O VIADUTO DA CARLOS GOMES COM A PLÍNIO BRASIL MILANO NEM SEQUER COMEÇOU A SER CONSTRUÍDO… DESSE JEITO AS PARADAS DOS BRT’s É UM MERO DETALHE!!!

    QUE VERGONHA PRA CAPITAL DE TODOS OS GAÚCHOS TER UMA PREFEITURA TÃO INEFICIENTE!!!

    QUANTA INCOMPETÊNCIA!!!

    MIGUEL RODRIGUES

    Curtir

    • Miguel, Governos Municipais, Estaduais e Federal totalmente quebrados e com dívidas de 1 PIB. É a formiga carregando o elefante. Da carga tributária 50 % vai funcionalismo + 500 Bi R$ de juros da dívida…….

      Curtir

  5. Dá raiva, mas era esperado. Quatro anos para concretar um corredor e depois desistir do resto da obra. Obviamente há dinheiro para os viadutos e trincheiras, mas não para paradas da BRT ou uma mísera reforma de cinco milhões de reais na Andradas.

    Sem comentar que esse BRT seria uma porcaria mesmo com as estações prontas, já que uma operação de BRT de uma pista por sentido sem gargalos aceita no máximo sessenta ônibus por hora, o que, com Super articulados com lotação máxima, resultaria em dez mil passageiros por hora – ou seja, menor que a demanda atual dos corredores nas horas de pico. Se a prefeitura tivesse visão, teria feito um VLT, pois o custo operacional seria consideravelmente mais baixo e compensaria o custo maior da obra (em geral o VLT é considerado caro, mas isso é porque frequentemente é construído nos EUA em.corredores com demanda menor que quatro mil passageiros por hora,bem diferente dos corredores de POA).

    O atraso do RS é incrível. Essa semana estava na internet e encontrei esse notícia, de 2004: http://www.rs.gov.br/conteudo/178001/rigotto-entrega-terminal-da-assis-brasil-a-prefeitura-de-porto-alegre

    “O Governo do Estado está dando o exemplo de que a integração precisa continuar não apenas na área de transportes, afirmou Rigotto. Ele citou como exemplo o trabalho que está sendo feito com a prefeitura e a União para ampliação da pista do Aeroporto Salgado Filho para o aproveitar a área do cais do porto para cultura e lazer. Todos esses projetos passam por uma relação e um entendimento, fortes, entre o Governo do Estado e a Prefeitura de Porto Alegre.”

    “Desde 2003, quando a Metroplan recebeu a incumbência de coordenar este projeto, temos como objetivo integrar o sistema metropolitano de transporte coletivo e o corredor Norte e Nordeste da Capital, visando melhorar a qualidade de vida dos usuários que utilizam esses sistemas”

    Esses parágrafos que selecionei (principalmente o primeiro) são emblemáticos. O que será que há de tão complicado para terminar obras simples aqui?

    Curtir

  6. Fortunatti disse que um bi articulado é mesma coisa q um metrô. Se a estação não vai ser sofisticada, fico com medo do que vai vir…

    Curtir

  7. Mas isso era óbvio.
    hahaha

    Não quero ar, nem qualquer outra coisa do tipo, apenas uma parada bonita, que proteja da chuva, com lugares para sentar ou me apoiar.

    De resto, investe no tri pra agilizar a entrada e tirar os cobradores, simples.

    Curtir

  8. A vontade que dá é de encher de palavrões meu comentário, coisa que não farei em respeito aos leitores do blog, mas é o que o prefeito merece ouvir. Tenho muito, mas muito medo das paradas mais simples que a prefeitura planeja. E o pior é que os render de 2012 não mostravam nenhuma estrutura mirabolante, são caixotes de metal e vidro de custo não muito elevado. O que encareceria a obra seriam as portas automáticas e a climatização. Isso que lembro-me na época, as estruturas seriam modulares para primeiro serem abertas, posteriormente serem fechadas e numa terceira etapa receber as portas automáticas e a climatização.

    O pior é saber que além da falta de competência, vontade e dinheiro para estações decentes, certamente os sindicatos estão enchendo o saco da prefeitura para que não demitam os cobradores, afinal, eles não seriam mais necessários no sistema, sendo alguns direcionados para as linhas alimentadoras, e certamente, terminais de autoatendimento são mais baratos que criar uma estrutura digna e salubre para os cobradores poderem trabalhar nas estações, como banheiro, isolamento acústico e até blindagem nas cabines para evitar assaltos.

    Depois dessa, vou até parar de sonhar com ônibus biarticulados e/ou elétricos e híbridos no nosso BRTchê.

    PS: Discordo do “especialista” de que BRT deve ter faixas de ultrapassagem, elas certamente agilizam o sistema, mas não são necessárias. Necessários são o pagamento antecipado de passagem, via exclusiva e soalhos da estação e veículos no mesmo nível (seja com plataformas na estação ou com veículos de piso baixo), as faixas de ultrapassagem são adicionais, fora que elas simplesmente desmantelariam as avenidas onde existem os corredores, imaginem quantos prédios históricos e/ou antigos seriam demolidos para a construção de mais uma faixa de rodagem?

    Curtir

  9. Não entendo como agora podem dizer que o projeto não funcionaria, se projeto é projetado justamente para saber o que precisa para funcionar!

    Curtir

  10. Horrível a estação, suja… prefeito incompetente. Veja que as capitais estão modernizando o transporte publico, e em Porto Alegre, a velha guarda provinciana com o CABRESTO não consegue enxergar a falta que faz.

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: