Trincheira da Anita Garibaldi deve ser concluída até outubro

Prefeito José Fortunati vistoriou o andamento das obras nesta terça-feira

Trincheira da rua Anita Garibaldi foi iniciada em janeiro de 2013 e deve ter 210 metros de extensão | Foto: Guilherme Testa

Trincheira da rua Anita Garibaldi foi iniciada em janeiro de 2013 e deve ter 210 metros de extensão | Foto: Guilherme Testa

A obra da trincheira da rua Anita Garibaldi, em Porto Alegre, está quase 90% concluída e deve ser finalizada até outubro. O empreendimento deve solucionar os problemas de congestionamento no cruzamento da Anita Garibaldi com a III Perimetral, por onde passam, em média, 75 mil veículos por dia. O prefeito José Fortunati esteve, nesta terça-feira, no local e vistoriou essa e outras obras em andamento na cidade. O valor total investido é de R$ 13,4 milhões.

A trincheira da Anita Garibaldi foi iniciada em janeiro de 2013 e deve ter 210 metros de extensão. “Estamos trabalhando para agora, até metade desse mês, estar com a pista da Perimetral em condições de ser liberada para o trânsito novamente. Depois disso, a gente tem os serviços de acabamento embaixo da trincheira”, explicou Elvio Bernardi, engenheiro do consórcio Tradição, que assumiu a obra 30% executada.

O início da obra, previsto para junho de 2012, sofreu atraso de seis meses, justificado por protestos contra o corte de árvores. Depois disso, o contrato com o consórcio inicial que executava o empreendimento foi rescindido e a obra foi retomada somente no final de maio do ano passado. Outro fator que fez com que a obra diminuísse o seu ritmo, foi a exigência de um aditivo para fazer frente ao desmonte de rocha. Ele teve de ser analisado pelo órgão de controle e caixa.

Porto Alegre, RS - 02/08/2016 Prefeito José Fortunati vistoria obras de mobilidade urbana da cidade Na foto: Trincheira da Av. Anita Garibaldi Foto: Joel Vargas/PMPA

Prefeito José Fortunati vistoria obras de mobilidade urbana da cidade
Na foto: Trincheira da Av. Anita Garibaldi
Foto: Joel Vargas/PMPA

Fortunati destacou a complexidade da obra que sofreu alterações no projeto. “No início tivemos vários movimentos contrários à obra, o primeiro foi porque tínhamos que retirar árvores, depois fomos surpreendidos com a existência de uma rocha muito maior que o estudo geológico tinha apresentado, tivemos que refazer projeto e fazer novo aditivo, depois a empresa que estava fazendo a obra abandonou os trabalhos, enfim isso acaba impactando sobre o cronograma da obra”, afirmou. “Olhando a obra como está dá uma alegria muito grande porque ela está sendo finalizada e será uma obra de grande envergadura para mobilidade urbana para esta região”. Atualmente, 45 funcionários atuam na trincheira da Anita Garibaldi.

Logo após a visita na obra da Anita Garibaldi, o prefeito e equipe técnica vistoriaram as obras das trincheiras das avenidas Cristóvão Colombo, que deverá ser entregue em outubro, e da Ceará, que deve estar concluída até o final do ano. “A mais complexa é a trincheira da Ceará, que pretendemos entregar até o final do ano ou início do ano que vem, mas são obras vitais para a entrada da cidade. A obra da Ceará junto com o prolongamento da Severo Dullius vai modificar completamente a mobilidade urbana dessa região”, destacou.

Correio do Povo / Jézica Bruno

__________________

Status das obras (do site da PMPA)

Trincheira da Anita
Dados da obra:
• Início: jan-13
• Extensão: 210 metros
• Custo: R$ 13,4 milhões
• Estimativa de conclusão: segundo semestre de 2016

Trincheira da Cristóvão
Dados da obra:
• Início: jul-14
• Extensão: 300 metros
• Custo: R$ 12,5 milhões
• Estimativa de conclusão: segundo semestre de 2016

Trincheira da Ceará 
Dados da obra:
• Início: jan-13
• Extensão: 300 metros
• Custo: R$ 32 milhões
• Estimativa de conclusão: dez-16



Categorias:Trincheiras / passagens de nível

Tags:,

4 respostas

  1. Alguém tinha dúvidas que o pavão ia inaugurar tudo às vésperas das eleições?

    Curtir

  2. Um tunel tao grande que é chamado de trincheira.

    Vergonha que me da de ver uma obrinha dessas demorar tanto tempo e gastar tanto dinheiro para ser feita.

    Tomara que essa épica travessia de anos para ser feita resolva todos problemas de transito da regiao

    Curtir

  3. Em Porto Alegre se colocam sinaleiras junto aos viadutos.

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: