Crimes graves tem avanço em Porto Alegre

crimes-poa

Jornal Metro – Porto Alegre, 09/08/2016



Categorias:segurança, violencia urbana

Tags:, ,

15 respostas

  1. pessoal iludido acha que liberando armas as mortes diminuem, mas em países que liberaram ou proibiram armas os casos de violência não tiveram alteração nenhuma, os gráficos só mudavam a partir da situação financeira do país.
    Em alguns estados dos EUA armas são liberadas, em outros proibidos, compare a violência desses estados quando alteraram as leis do porte de arma, nada mudou.
    EUA é o maior país com armas por civis do mundo, depois dele é o Iêmen(dados do wikipédia). Em um a violência é baixíssima, em outro é altissima, um tem igualdade social e infraestrutura, outro não.
    Infelizmente violência só resolve com igualdade social e infraestrutura, o ladrão não da a minima pra possibilidade de estar armado, continua sendo só uma possibilidade.

    Curtir

      • contra fatos não há argumentos, em todas as estatísticas a legalização/proibição das armas se tornou irrelevante para combater a violência, todos os dados apontam sempre para a condição financeira do país.
        Infelizmente a maioria nega as estatísticas, o raciocínio não existe, só existe a vontade de fazer justiça com as próprias mãos, por pura sede de vingança, esquecendo dos riscos de algum inocente morrer enquanto supre a vontade de vingar kkkkkkk
        Idade média

        Curtir

  2. Temos politicos que se dizem de direita mas são muito fracos. Em geral só são de direita para fazer privatizações, não hora de investir na polícia e em presídios e ser linha dura com a bandidagem não fazem nada.

    Acho que já passou da hora de punir de maneira pesada o receptador, aquele “cidadão de bem” que se acha o máximo comprando um telefone por 20% do preço da loja ou então comprando no desmanche uma peça de carro que só o fabricante do mesmo consegue produzir.

    Curtir

  3. As armas podem não diminuir as mortes, mas o cidadão deveria ter o direito de se defender, já que proibir as mesmas, não faz com que o bandido largue de mão seu brinquedinho para fazer seu ganha pão.

    Curtir

    • como disse, elas não diminuem as mortes,e proibindo é irrelevante para o bandido. Mas liberando dão chance para que mais inocentes entrem nas mortes. Vivemos em um país onde briga de trânsito termina em morte, briga com vizinho, taxista com uber, inocentes sendo espancados confundidos com estupradores, ladrão perdendo a mão com faca em pleno centro.
      Se as pessoas tiveram a atitude de segurar alguém para cortar a mão com uma faca, imagina portando uma arma, que é só apertar um gatilho.
      Sem contar que nem os policiais que treinam muito tem pleno controle sob a arma, volta e meia tem bala perdida.
      A distância social entre matar alguém com uma faca/socos é muito menor com uma arma, e muito mais letal, ela facilita o caminho para quem tem tendência a matar, e quem não tem provavelmente não vai estar portando arma, mesmo que legalizado.

      Curtir

  4. Precisamos atuar urgente na prevenção ja faz tempo e nada é feito. O problema é, entre outros, financeiro? Fecha a EPTC e utiliza o dinheiro para pagar a Brigada que sempre atendeu muito tempo. Mesmo que tenha que multar alguém ou fazer uma ação no trânsito, é um policial armado em cada esquina e não somente um cara de caneta big querendo multar. A policia informa um percentual elevado de “solução” de crimes. Não queremos é crimes!!! A população esta entregue e não existe mobilização contrária. Quem precisa ver cifras bilionárias para revitalização da orla do Guaiba se nossos familiares poderão não estar aqui pra ver nada disso. SEGURANÇA!!! SAÚDE!!!!

    Curtir

    • O complicado de fechar a EPTC e pagar a brigada é que, a EPTC é municipal e custeada pelo municipio e a brigada é Estadual e custeada pelo Estado.

      Fora isso ainda temos o CTB que institui que o transito nas cidades (excluindo -se estradas federais e estaduais) é de responsabilidade dos municipios.

      Em fim, nao me pareceu uma ideia plausivel.

      Curtir

      • Interessante que quando é para defender interesses financeiros, surge os “defensores” e a hipocrisia toma conta. Se fosse realmente interesse a segurança da população, se extinguiria a EPTC igual e colocaria a guarda Municipal a fazer o transito. Mas ainda pode ser repassado verba do município ao Estado, para apoio da Brigada. Outra coisa, a vida humana é algo muito superior ao que instrui o CTB. São opiniões como as suas que provocam o número que as mortes de inocentes hoje apresentam. Só não te chamo de animal para não me incompatibilizar com a Associação Protetora e mesmo porque até os animais se ajudam. Você deve ser beneficiado de algum esquema, ta mais que percebido.

        Curtir

      • Tem candidato na eleição de outubro propondo que a EPTC faça também o papel de guarda municipal. Vamos ler as propostas antes de votar pessoal!

        Curtir

      • Oi pedro, sou um cidadao honesto e nao recebo dinheiro de esquema algum, fui bolsista para fazer faculdade, curso técnico e estudei em escola publica, infelizmente nao sou do ramo de privilegiados da burguesia e dos CCs do Brasil a fora.

        Inclusive, alem de bom cidadão, tambem sou bom motorista, vide que nunca fui multado, mesmo dirigindo desde meus 18 anos de idade, talvez por isso, diferente de voce, eu nao tenha nenhum ranço ou desagrado com a EPTC.

        Em fim, meus comentarios nao fazem pessoas morrerem, pois diferente de voce eu nao estou tentando ser agressivo ou ofender ninguem.

        Nao esqueça que a constituição é a lei maior e deve ser cumprida, por isso, me refiro ao cumprimento do CTB e de outras leis como um caminho correto a seguir.

        Tente perceber que eu ter uma opiniao diferente da sua nao é sinonimo de eu receber verbas do EPTC, se nao, no mesmo rito, voce seria um amante de brigadiano ou coisa assim, para defender a brigada em detrimento de outros orgões.

        Curtir

  5. Olava: então veja só, tem candidato sendo apoiado por algum fundo de interesse no aumento de ações da EPTC ao ponto de querer que acreditemos que a despesa para equipar, treinar, etc…todo o staf da EPTC é menor do que fechar a EPTC e injetar os valores na já existente guarda municipal ou direcionar o recurso para aumento do contingente da Brigada Militar. Quantas “Lava Jato” ainda vamos precisar para eles aprenderem?????

    Curtir

  6. Oi pedro, vou te ajudar aqui citando as atribuiçoes da guarda municipal, para voce ver que ela nao ajudará muito com mais verba e efetivo, assim como atualmente nao tem ajudado.

    Verifique como os guardas municipais tem atribuiçoes de vigilancia patrimonial.

    DAS ATRIBUIÇÕES DO CARGO
    3.1 Descrição Sintética: exercer vigilância em logradouros públicos e próprios municipais;
    3.2 Descrição Analítica: exercer vigilância em locais previamente determinados; conduzir veículos
    oficiais quando em serviço de vigilância; realizar ronda de inspeção em intervalos fixados,
    adotando providências tendentes a evitar roubos, incêndios, danificações nos edifícios, praças,
    jardins, materiais sob sua guarda, etc.; controlar a entrada e saída de pessoas e veículos pelos
    portões de acesso sob sua vigilância, verificando, quando necessário, as autorizações de
    ingresso; verificar se as portas e janelas e demais vias de acesso estão devidamente fechadas;
    investigar quaisquer condições anormais que tenha observado; responder às chamadas
    telefônicas e anotar recados; levar ao imediato conhecimento das autoridades competentes
    qualquer irregularidade verificada; acompanhar funcionários, quando necessário, no exercício de
    suas funções; exercer tarefas afins.

    Curtir

  7. Veja, enquanto existe a preocupação em tão somente criticar e justificar porque não podem ser adotadas certas medidas, as pessoas estão morrendo. Quem ja conheceu a atuação da Brigada Militar, quando tinham o apelido de “Pedro e Paulo” e é gaúcho, sabe o quanto desempenhavam um papel preponderante para a segurança da comunidade. Não sou e nem tenho pessoas com ligação na Brigada, mas sou gaúcho e porto alegrense. A Brigada representava uma folha de pagamento então criou-se a EPTC, com intuito de representar uma inversão: trocar uma folha de pagamento por uma “receita”. Reduziu o efetivo policial nas ruas e a criminalidade aflorou. Eu tenho preocupação com isso, pois tenho família e não quero fazer parte de estatística.

    Curtir

Faça seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: