EPTC autua 2.374 motoristas por álcool ao volante

balada-segura

Mais de 17 mil condutores foram abordados em 193 blitze. Foto: Ivo Gonçalves/PMPA

As ações da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) por mais segurança no trânsito da Capital resultaram, de janeiro a setembro deste ano, em 2.374 condutores de carros e motos autuados em razão de álcool ao volante. As 193 blitze do Balada Segura, em parceria com a Brigada Militar, Polícia Civil e Detran, abordaram 17.579 condutores. No ano passado, foram abordados 12.864 motoristas em 161 blitze, com 1.357 condutores autuados pela mistura de álcool e direção.

Essas medidas fazem parte das ações da EPTC para a redução na acidentalidade no trânsito. Os nove primeiros meses de 2016 apresentaram uma diminuição de 38% em acidentes (16.476 a 10.145) na comparação com o mesmo período do ano passado. Foi a maior redução dos últimos cinco anos no período. Houve redução, também, de 15% em feridos (5.314 a 4.498) e de 12% em vítimas fatais (77 a 67). Diminuíram em 40% as mortes com motos (32 a 19); menos  9% em vítimas fatais por atropelamentos (32 a 29). Os dados são da Coordenação de Informações de Trânsito (CIT) da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC).

O diretor-presidente da EPTC, Vanderlei Cappellari, afirma que a principal missão da EPTC é trabalhar por um trânsito mais seguro, para pedestres e condutores. “Mesmo com aumento da frota de veículos estamos conseguindo reduzir a violência no trânsito. O mérito é de todos os segmentos da nossa sociedade, empenhados numa mudança de cultura, com mais respeito e cordialidade nas relações do dia a dia da mobilidade”.

Prefeitura de Porto Alegre / EPTC



Categorias:EPTC, Meios de Transporte / Trânsito

Tags:,

8 respostas

  1. Muito bom, se fosse salvo uma vida já era lucro. Espero q continuem e as perdas de vida seja minima

    Curtir

  2. quem reclama da industria da multa é igual ladrão reclamando de policia

    Curtir

  3. Nunca vi ninguem ser multado por algo que nao fez.

    Curtir

    • Multar por uso de álcool é o mínimo que esperamos de uma empresa de trânsito. Parabéns EPTC.

      Curtir

      • Tem demanda reprimida inclusive. No dia que houver mais agentes pra fiscalizar motorista alcoolizado ou no CELULAR acabará a crise no RS. Só disputo o teor alcoólico. Um copo não altera em nada o corpo da pessoa.

        Curtir

  4. Eu já vi meu pai ser multado por andar na contra-mão numa via da cidade que ele nem conhecia e nunca passou nem perto. Isso ninguém me contou, eu vi. Esses casos devem ser a imensa minoria, mas acontecem e é em boa parte por causa disso que a Eptc tem imagem tão ruim.

    Curtir

  5. Sou uma pessoa que gosta de beber, e muitas vezes peguei o carro ou moto depois de consumir bebida alcoólica, nunca vou reclamar de uma blitz, e se eu cair, sei que serei culpado.
    Felizmente, já faz um tempo que não pratico essa combinação perigosa, ainda mais com Uber na cidade, não vale a pena correr os riscos, tanto pela multa, como pela própria vida, e principalmente pela vida dos outros.

    Curtir

  6. A classe alta é atendida imediatamente quase sempre. Não estou dizendo que é certo ou errado. Mas tu já observou a rapidez com que se resolve um assalto quando envolve pessoas ricas? Quanto tempo leva pra chegar uma viatura no Moinhos de Vento e quanto demora em outros bairros? Não tenho nenhum tipo de recalque ou mágoa nisso. É só observação.
    O problema é que, como se paga por segurança privada, planos de saúde, educação privada, etc, acaba-se não usando o que lhe é de direito enquanto cidadão comum, como eu ou tu.

    Curtir

Faça seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: