Parte do Terminal 2 do Aeroporto Internacional Salgado Filho é interditado

Terminal 2 do aeroporto. Foto: Gilberto Simon

Terminal 2 do Aeroporto Salgado Filho. Foto: Gilberto Simon

A Superintendência Regional do Trabalho interditou o Terminal de Passageiros 2 do Aeroporto Internacional Salgado Filho, operado pela Azul Linhas Aéreas e Trip, e vários setores da TAP Manutenção e Engenharia. Segundo a Força-Tarefa de Combate ao Adoecimento pelo Trabalho da superintendência, há risco iminente à saúde e integridade física dos trabalhadores. Os termos de interdição já foram entregues à Infraero.

A TAP ME possui 1.100 trabalhadores diretos, afora os indiretos, e foi interditada parcialmente nos espaços confinados destinados às atividades de instalação (inclusive porões e tanques de combustível de aeronaves), pintura atomizada de aeronaves, operação de Plataformas de Trabalho Aéreo, plataformas elevatórias do tipo tesoura e máquinas lixadeiras, serra fita e furadeiras. Dentre os riscos que os trabalhadores estão sendo expostos estão o de câncer, doenças de pele e respiratória e o risco de explosão e incêndio. A TAP ME pode recorrer da decisão e obter o efeito suspensivo se comprovar que suas instalação não apresentam mais riscos à vida dos trabalhadores.

O documento da Superintendência Regional do Trabalho é assinado por oito fiscais do trabalho. No Aeroporto Salgado Filho, há 262 trabalhadores diretos atuando para a Infraero. A força-tarefa fiscaliza as instalações do Aeroporto Salgado Filho desde o acidente fatal com o aeroviário da TAM, em 11 de julho deste ano, quando foi atropelado por uma aeronave da companhia. A investigação resultou em interdição parcial do Aeroporto, nas atividades ligadas à rampa e à pista, em vigor desde 22 de agosto. A Infraero recorreu, mas o recurso administrativo foi rejeitado pela instância recursal superior em Brasília (DF).

No documento da interdição, auditores fiscais ressaltam que medida anterior foi violada e resultou em novo acidente, onde cinco trabalhadores da TAP ME foram atingidos por um raio enquanto executavam a manutenção de uma aeronave a céu aberto, em meio a uma tempestade de raios.

O SUL



Categorias:Aeroporto Internacional Salgado Filho

Tags:, ,

4 respostas

  1. lamentável

    Curtir

  2. Essa estrutura está mais apta para servir como um museu da aviação, bem poderia abrigar o acervo da Varig e ser uma atração nacional até, mas para atender passageiros em pleno ano 2016 não dá, por favor!

    Curtir

    • Qual o problema no uso do Terminal 2? Principalmente depois da instalação dos mamuths, podem não ser tão bonitos quanto os fingers mas cumprem bem sua função: os passageiros estão protegidos da chuva, sol e vento durante o embarque na aeronave. Mas se houver algum outro motivo para a desativação do antigo terminal para embarque e desembarque, estou curioso para conhecer.

      Curtir

      • Também não vejo problema. Não é um terminal bonito, mas é funcional. Prefiro embarcar no Terminal 2 do que ser obrigado a pegar um ônibus para embarque remoto no Terminal 1. Além disso, como o Guilherme citou, os mamuths são excelentes.

        Curtir

Faça seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: