Canoas assume comando aéreo da Região Sul com a Ala 5

 

Foto: Rene Hass

Foto: Rene Hass

A partir deste 15 de dezembro de 2017, a Base Aérea de Canoas passará a ser o centro de comando de outras duas localidades, além de abrigar um esquadrão extra.

As alterações, que mexem inclusive no nome da instituição do V Comar – agora rebatizado de Ala 5 – fazem com que além de um centro administrativo, a cidade seja um núcleo mais autônomo da Aeronáutica brasileira, aumentando sua eficiência ao retirar a necessidade de reportar para Brasília ou Rio de Janeiro.

O que muda

A Ala 5 será comandada diretamente de Canoas, e terá sob sua responsa00bilidade as bases aéreas de Santa Maria e Florianópolis. Da capital catarinense será transferido também o Esquadrão Phoenix, concentrando os esforços operacionais.

Na prática, o comando fica efetivamente na Base Aérea de Canoas, sendo o espaço da Ala 5 reservado para os serviços administrativos. O atual comandante do V Comar, brigadeiro do ar Jeferson Domingues de Freitas, assumirá o comando do setor.

Isso tudo gerará diminuição de pessoal nas bases mais insulares. De forma a enxugar o orçamento das Forças Armadas, além do aumento de funcionários temporários para 25% do efetivo em suas bases, a Aeronáutica promoverá mais terceirizações em serviços secundários como a limpeza, como já acontece na base canoense.

O objetivo também é, segundo entrevista concedida pelo brigadeiro Domingues ao jornal Diário de Canoas, procurar melhorar a qualidade do investimento em defesa se adequando ao momento do mercado. Se isso puder ser feito para ser devolvido também à sociedade, melhor ainda. “Tudo o que compramos no Exterior ou desenvolvemos tem que retornar ao país, como transferência de tecnologia e capacitação”, explicou ao jornal.

Uma grande história

As alterações, que se espelham à mudança da realidade de outros setores da Aeronáutica no país, chegam no aniversário de 75 anos das Forças Armadas e da própria Base Aérea de Canoas. Fundada em 1941 como parte da 4ª Zona Aérea, já existia como o 3º Regimento de Aviação já na década de 1930, quando a região ainda era um distrito de Gravataí.

Em 1950, foi fundado o Hospital de Aeronáutica de Canoas (HACO). Antes mesmo da transformação do V Comar, seu aniversário de 66 anos será celebrado na próxima terça-feira, dia 1º de novembro, com uma cerimônia especial.

O Timoneiro



Categorias:base aérea de canoas

Tags:, ,

Faça seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: