REFERÊNCIA: Madri destrói avenida em marginal para construir parque linear de 42km

A estrada se transformou em uma enorme área de convivência, lazer e de resgate da biodiversidade

O espaço concentra diversas opções de lazer e soluções que facilitam o deslocamento dos habitantes. | Foto: Prefeitura de Madri

O espaço concentra diversas opções de lazer e soluções que facilitam o deslocamento dos habitantes. | Foto: Prefeitura de Madri

Madri não é apenas a capital espanhola, ela é também uma das maiores cidades europeias. Com seus mais de três milhões de habitantes, o município enfrenta muitos problemas comuns às metrópoles, como o trânsito e a falta de qualidade de área verde disponível aos moradores. Para resolver parcialmente este problema, a prefeitura local tem investido em soluções voltadas às pessoas e não apenas aos carros. Uma das grandes apostas foi a substituição da avenida na marginal do rio Manzanares por um parque linear.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

A estrada, que antes transportara milhares de carros e possuía estruturas para mais de mil vagas de estacionamento subterrâneo, se transformou em uma enorme área de convivência, lazer e de resgate da biodiversidade local e da qualidade de vida dos moradores da região.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Assinado pelos arquitetos Gines Garrido e Adriaan Geuze, o parque linear foi apelidado de Madrid Río. O espaço concentra diversas opções de lazer e soluções que facilitam o deslocamento dos habitantes. Por ter 42 quilômetros de extensão, ele conecta vários bairros. Suas ciclovias e pistas de caminhada, cercadas por árvores e pelo próprio rio, permitem que as pessoas passeiem ou se desloquem entre os bairros com segurança. O parque ainda possui dezenas de estações de metrô e trem, que o conectam aos bairros mais periféricos.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

O projeto trocou os mais de 200 mil carros que trafegavam pela avenida diariamente por onze novas áreas de lazer infantis, seis áreas de lazer para jovens e adultos, trinta quilômetros de ciclovias, 253 mil metros quadrados de áreas livres, que podem ser usadas para práticas esportivas diversas, 33 mil novas árvores e 429 hectares de zonas verdes.

madrid-05

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

A enorme área ao ar livre pode ser usada para o lazer e também para eventos culturais. Mas, a prefeitura também pretende transformar antigas estruturas nos arredores dos parques em centros culturas para exposições e aulas de dança e música.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

O projeto foi idealizado pela prefeitura de Madri em 2007 e em 2011 já estava completamente finalizado. O que antes era apenas uma via exclusiva para o tráfego de veículos poluentes, hoje é um espaço que agrega vida e valo à cidade.

Clique aqui para ver mais detalhes deste projeto.

Vídeo:

Redação CicloVivo

Publicado em 8 de novembro de 2016 



Categorias:Arquitetura | Urbanismo

Tags:, , , ,

10 respostas

  1. Tem um ponto que para mim é primordial… a existencia do metro… muito mais pessoas usam metro do que carros nessas grandes cidades… logo o impacto de tirar avenidas e estradas é bem menor pois o transporte em massa mais utilizado esta embaixo da terra… em poa, se tirar avenida (e seus onibus, lotações, taxis, uber, etc) qual será a opção de transporte?
    Por mim poderia lotar a cidade de aeromóvel pra tudo que é lado!!🙂
    Fico imaginando linhas de aeromóvel saindo do centro e conectando todas regiões de POA e com algumas linhas transversais… um sonho… hehehehe

    Curtir

    • Eu ia citar exatamente isso. Madrid tem 283 km de metrô e mais 27,7 km de VLT (que eles chamam de Metrô Ligero), então isso torna muito mais fácil retirar uma via de transito rápido, na própria reportagem eles citam as várias estações de metrô ao longo do parque. E ainda assim, ele ainda conta com vias para carros, imagino que principalmente para o acesso dos moradores.

      Exemplos como esse parque linear e o famoso caso de Seul, são casos que Porto Alegre poderia seguir no Arroio Dilúvio (com algum sistema para conter as cheias dele em dia de chuva) e na Orla do Guaíba. Também é possível ver que esse tipo de parque é totalmente contra o conceito de BRT que o pessoal gosta (ou pelo menos, gostava há um tempo atrás) com suas 4 faixas de rodagem e pontos de ultrapassagem.

      Curtir

    • Construir trens, metro, vlt e aeromovel??
      A carris deixa, nao se importa, ja a ATP….

      Curtir

  2. Lembra bastante aquele projeto de Seoul. Muito interessante.
    Seria que poderiamos fazer algo assim na orla?
    Na Ipiranga?

    Curtir

  3. O antes já é melhor que qualquer coisa que temos.
    hahaha

    Mas como já foi dito, numa cidade sem opções de transporte publico como Poa, fica difícil.
    Com o lendário aeromóvel da Ipiranga, isso poderia se tornar real.

    Curtir

  4. esse conceito de parques estreitos é novo, é um conceito que visa aumentar a area de acesso ao parque, diferente de uma redenção que é um quadrado imenso e suas atrações se dão só no ‘miolo’ dele.
    Fizeram isso em Canoas, uma especie de parque bem longo em um canteiro, ate com pista de skate
    http://otimoneiro.com.br/pista-de-skate-revitalizada-interrompe-ciclovia/

    Curtir

    • Também gosto dos parques lineares… dá a sensação que dá acesso a muito mais pessoas… lembro de um projeto (acho que publica aqui) da nova avenida e parque linear do arroio cavalhada que iria da avn cavalhada até o guaíba (diário de notícias)… ia fica demais!

      Curtir

  5. Quando algo do genero acontecer em POA, revitalizando o Arroio Diluvio por exemplo, muito provavelmente o mundo ja estará extinto. Positivamente falando,

    Curtir

Faça seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: