Aeroporto Salgado Filho terá pista maior e novo edifício-garagem, além de ampliação do Terminal 1

aeroporto

Jornal Metro – Porto Alegre – 01/12/2016 

__________________________

A matéria do Correio do Povo:

Governo confirma leilão do Aeroporto Salgado Filho para março de 2017

Terminal de Porto Alegre terá o valor mínimo de R$ 31 milhões

O governo federal anunciou que os aeroportos de Porto Alegre, Florianópolis, Fortaleza e Salvador serão leiloados em 16 de março de 2017. O anúncio foi feito pelo secretário do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI), Moreira Franco e o ministro dos Transportes, Mauricio Quintella, em entrevista coletiva na tarde desta quarta-feira. O leilão ocorrerá na Bolsa de Valores de São Paulo.

A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) aprovou o edital de concessão nessa terça-feira e o documento será publicado no Diário Oficial da União nesta quinta-feira. A oferta inicial deverá ser de no mínimo de R$ 31 milhões para o Aeroporto Salgado Filho de Porto Alegre. Já o de Florianópolis, será de R$ 53 milhões, Salvador com R$ 310 milhões e Fortaleza começará com  valor de R$ 360 milhões.

A concessão dos terminais faz parte da nova fase do Programa de Investimentos em Logística e deve gerar mais de 30 mil empregos diretos e indiretos. Atualmente, os quatro terminais respondem por 11,6% dos passageiros, 12,6% de cargas e 8,6% das aeronaves do tráfego aéreo brasileiro.

Os investimentos devem incluir ampliação dos terminais de passageiros, dos pátios de aeronaves e das pistas de pouso e decolagem. Também estão previstos aumento do número de pontes de embarque e ampliação dos estacionamentos de veículos.

Os concessionários também deverão pagar anualmente a contribuição variável de 5% das receitas obtidas em cada aeroporto. A outorga mínima será de R$ 2,26 bilhões e investimentos são estimados em R$ 6,613 bi. “Queremos o mais rápido possível restabelecer as condições para o Brasil crescer”, afirmou Franco. O ministro confirmou que já existe interesses nos aeroportos. “Há muita manifestação de interesse de grandes grupos no leilão: brasileiros, espanhóis, chineses.”

O prazo de concessão para Porto Alegre será o menor com 25 anos e os demais com 30 anos, sendo prorrogáveis por mais cinco anos em ambos os casos. O leilão dos quatro aeroportos ocorrerá simultaneamente e o vencedor será aquele que ofertar o maior valor de outorga.

Infraero

Outra mudança no modelo de concessões é que a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) não irá mais participar da licitação, como aconteceu nos leilões de aeroportos realizados até agora. As concessionárias terão que pagar R$ 340 milhões para que a Infraero realize um Programa de Demissão Voluntária para os funcionários que hoje trabalham nesses quatro aeroportos.

O prazo entre o lançamento do edital e a realização do leilão foi ampliado de 45 para 100 dias, e os editais serão lançados em português, espanhol e inglês. O ministro dos Transportes, Maurício Quintella, disse que as novas regras têm tido boa aceitação do mercado e o governo espera que leilão seja bastante concorrido.

A concessão dos aeroportos faz parte do pacote de 34 projetos lançado pelo governo em setembro. Moreira Franco destacou que o governo está cumprindo o prazo previsto para a realização das concessões. “Os prazos devem ser cumpridos porque criam ambiente para a segurança jurídica”, disse.

No caso do aeroporto de Porto Alegre, onde será preciso fazer a desocupação de um terreno para a ampliação da pista de pouso e decolagem, a obrigação do acordo com as famílias será do concessionário. O custo estimado é de R$ 146 milhões.



Categorias:Aeroporto Internacional Salgado Filho

Tags:, , ,

3 respostas

  1. Excelente, espero que realmente saia. Ainda que a parte da ampliação da pista seja compllicada, a obra pra expandir o terminal de passageiros não é tão difícil e é algo que já se faz necessário há anos.

    Só não entendi se o plano para é ter um novo total de 4300 vagas ou se é adicionar 4300 vagas. Se for a primeira opção, até parece razoável, considerando que o estacionamento frequentemente tem problemas de superlotação; se for a segunda, não consigo ver sentido – primeiro porque isso provavelmente não caberia na área imediata ao aeroporto, e segundo porque, em tempos de Uber e afins (pra não falar do aeromóvel), triplicar o número de vagas de estacionamento num aeroporto parece temerário.

    Curtir

  2. Outra coisa que eu não entendi: com a futura ampliação do Terminal 1, aquela coisa que chamam de Terminal 2 vai ser extinto?

    Curtir

    • Qual o problema do terminal 2? Ele oferece uma estrutura melhor que alguns terminais de capitais brasileiras. Fora que é muito comum que aeroportos tenham mais de um terminal de passageiros.

      Já o fecharam uma vez e viram a necessidade de reabri-lo, por isso duvido que venham a fechá-lo de novo.

      Curtir

Faça seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: