Porto Alegre ganha novo serviço de ônibus entre aeroporto e hotéis

O serviço será operado por três ônibus (um reserva) equipados   Foto: Betina Carcuchinski/PMPA

O serviço será operado por três ônibus (um reserva) equipados   Foto: Betina Carcuchinski/PMPA

A partir desta quinta-feira, 8, Porto Alegre passa a contar com serviço diário de transporte diferenciado na ligação entre o Aeroporto Internacional Salgado Filho e hotéis da cidade. Será o POA Express Airport Bus, da empresa Turis Silva Transportes, que obteve alvará da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) no dia 1º de dezembro para operar o serviço entre o terminal aeroportuário até a zona Sul da Capital.

A rota do POA Express Airport Bus começará no Salgado Filho, atendendo o fluxo de passageiros dos terminais 1 e 2, e terminará no Hotel Blue Tree Tower Millenium, no bairro Praia de Belas. No trajeto, passará estrategicamente pelo Largo Vespasiano Julio Veppo, região da Estação Rodoviária, e pelo Centro Histórico. Ao todo, o serviço terá paradas de embarque/desembarque em 20 hotéis, além da Churrascaria Galpão Crioulo e do Shopping Praia de Belas.

No itinerário Sul/Norte, o primeiro ônibus sairá do Hotel Millenium às 4h em direção ao aeroporto, onde a previsão de chegada é às 5h15. A primeira saída do terminal aeroportuário em direção ao Centro da cidade será às 6h, chegando na região do bairro Praia de Belas às 7h15. O último horário de saída do Hotel Millenium será às 22h e do Salgado Filho, às 23h30.

O serviço será operado por três ônibus (um reserva) equipados com ar condicionado, calefação, bagageiro, serviço de Wi-Fi e rastreadores. A tarifa do transporte diferenciado será de R$ 8.

De acordo com o proprietário da Turis Silva, Jaime Silva, a iniciativa de implantar o serviço tem origem em solicitação feita à empresa pela Infraero em 2015, depois de a Carris encerrar a linha seletiva S1 Aeroporto/Hotéis iniciada em junho de 2014, com a Copa do Mundo. De acordo com Silva, a empresa se dispôs a atender à demanda e criou a tabela horária de circulação dos ônibus adequada ao fluxo de voos.

Prefeitura de Porto Alegre

Anúncios


Categorias:TURISMO

Tags:, , ,

5 respostas

  1. Agora só falta divulgar bem os horários e os locais. Já pensou que legal se exisitisse um aplicativo onde o sujeito pudesse ver o ônibus no mapa e pudesse comprar o passe com cartão de crédito? Pena que não temos uma empresa municipal responsável por desenvolvimento de soluções digitais. Ooops, temos, mas eles não fazem isso.

    Curtir

  2. Interessante a mudança de paradigmas.
    Com a carris dava prejuizo, e mesmo assim uma empresa privada decidiu realizar a linha.

    Caso de certo essa linha da turisilva, sera verificado que o “prejuizo” que essa linha causava a carris tinha mais haver com mal planejamento e gestao, onibus em exesso de viagens, com cobrador e motorista, horarios de partidas errados etc..

    Curtir

    • A Turis silva vai cobrar 8, Carris cobrava 5. Me parece que a Carris tinha mesmo excesso de viagens. Quanto ao motorista e cobrador a noticia da época era de que eles estavam aptos pra dar informções aos passageiros em ingles. Mas nunca consegui testar o serviço. Vamos ver como vai ser com a Turis silva. O interessante é que o Salgado Filho passa a ser dos aeroportos mais bem servidos de transporte público do país. Existem as linhas T5 e T11, linhas B da zona norte, Trensurb ligando rodoviária, centro e eixo norte da região metropolitana, táxis (facilitados pelo aeroporto estar relativamente perto da cidade e dentro do mesmo município) e agora esse serviço da turissilva!

      Curtir

      • Maaaas, nada como desativar o Salgado Filho e construir outro lááááá longe.
        haha

        Curtir

      • Estive em Praga no verão e havia um ótimo serviço de ônibus do aeroporto até a primeira estação de metrô. Os motoristas não falavam inglês e não tinha cobrador, mesmo sendo uma das cidades mais turísticas da Europa. Mas na estação do Metrô, onde havia um fluxo bem maior de pessoas, havia gente para dar informação em inglês.

        Acho que devemos ser mais práticos e realistas. Temos um péssimo transporte coletivo, táxis são horríveis e um trânsito nem se fala. Para que gastar com um super ônibus com motorista e cobrador que falam inglês a cada meia-hora?

        Sempre penso que essas ideias de políticos de fazer algo “revolucionário” é justamente para não fazer. Que nem o Fortunatti que bateu o pé para não usar os decalques com os horários dos ônibus para colocar painéis LCD com wifi e GPS nos ônibus.

        Curtir

%d blogueiros gostam disto: