EPTC implanta novo corredor de ônibus da Assis Brasil

Corredor terá 4,2 quilômetros de extensão    Foto: Divulgação/ PMPA

Corredor terá 4,2 quilômetros de extensão    Foto: Divulgação/ PMPA

Até o final do ano, entrará em vigor o prolongamento do corredor de ônibus da avenida Assis Brasil, do Triângulo até a Fiergs. Os trabalhos de pintura e instalação de placas já estão sendo realizados. O novo espaço exclusivo aos ônibus, planejado e implantado pela Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC), fica na faixa direita da via, com sinalização horizontal específica na cor azul e sinalização vertical regulamentando o uso. Ao todo, serão 4,2 quilômetros de extensão. O horário de operação será das 6h às 9h e das 16h às 20h, de segunda a sexta-feira, nos dois sentidos da via.

O objetivo é agilizar as viagens de milhares de passageiros das linhas da zona Norte e Região Metropolitana. “Nossa prioridade é o transporte coletivo e essa ação demonstra isso. Queremos que mais pessoas utilizem os ônibus e que sejam beneficiadas com maior qualidade do serviço. Com a extensão do corredor, teremos um ganho no tempo de deslocamento para todos os passageiros”, afirma Vanderlei Cappellari, diretor-presidente da EPTC.

No trecho do corredor prioritário, haverá 31 pontos de paradas, sendo 15 no sentido bairro-Centro e 16 no sentido oposto. No eixo, operam 16 linhas do transporte coletivo urbano, com 1,2 mil viagens, transportando 54 mil passageiros por dia, além de 36 linhas de transporte metropolitano. Atualmente, Porto Alegre conta com mais de 65 quilômetros de faixas exclusivas ou preferenciais ao transporte coletivo. Mais de 4 mil panfletos estão sendo entregues a moradores e no comério da região.

No Brasil, os carros particulares realizam apenas 30% dos deslocamentos urbanos, ocupando 70% das vias públicas.

Objetivos do Corredor 

• Garantir prioridade no sistema viário ao transporte coletivo
• Aumentar a velocidade operacional
• Diminuir o tempo do passageiro dentro do veículo
• Permitir maior fluidez na circulação viária para os ônibus
• Racionalizar a operação e otimização da frota
• Reduzir os custos do transporte público e, consequentemente, contribuir para a modicidade tarifária
• Facilitar a integração com os outros modos de transporte
• Permitir o compartilhamento de espaços na cidade, de forma justa e racional
• Contribuir para a redução das emissões urbanas que afetam a saúde e o clima
• Maior regularidade e cumprimento de viagem

Prefeitura de Porto Alegre

Anúncios


Categorias:Meios de Transporte / Trânsito

Tags:,

11 respostas

  1. “No Brasil, os carros particulares realizam apenas 30% dos deslocamentos urbanos, ocupando 70% das vias públicas.”
    algo a se pensar.

    Curtir

  2. Sempre é bom investir em qualificação do transporte público, então parece algo hiper bem-vindo. Agora tomara que tenham a dignidade de instalarem paradas com algum design decente e não mais as clássicas e ordinárias “latinhas dobradas”.

    Curtir

  3. Capellari nos seus últimos dias de gestão (já vai tarde) fazendo merda, para encerrar com “chave de ouro” sua péssima gestão.

    Curtir

  4. E o da Ipiranga?
    Alguma previsão?

    Curtir

    • Eu andei pesquisando sobre os corredores de ônibus no sistema de busca público de processos administrativos da prefeitura ( http://portalsei.procempa.com.br ). Descobri o processo 16.16.000015154-5 aberto em setembro deste ano que trata de um grupo de trabalho que está analisando e estudando a implantação dos seguintes corredores:

      Av. Assis Brasil
      Av. Icaraí
      Rua José do Patrocínio
      Av. Venâncio Aires
      Av. Loureiro da Silva
      Av. Ipiranga
      Av. Mauá
      Av. Sertório

      Há duas atas de reunião que já dão indícios de como serão implementados os corredores. Não está definido que vai ser como está ali, pois está em tramitação.

      Curtir

      • José do Patrocínio eu não consigo ver muito fundamento. Pra mim, essa rua nem devia ter ônibus circulando. Circulação de ônibus em ruas internas de bairro devia ser limitada para ônibus que têm aquele bairro como destino.

        Curtir

    • O corredor da ipiranga é uma boa, mas nao em toda sua extensao, por exemplo, no sentido bairro – rio após a av joao pessoa só seguem 2 linhas para o fim da ipiranga.
      No sentido contrario é semelhante, poucas linhas vao adiante da 7200

      Curtir

  5. Faz alguns anos que não pego ônibus pra essa região, não sei se teve muita mudança, mas quando eu costumava ir para a Fiergs, o problema não era ficar parado no transito, e sim, a lotação dos ônibus, era normal as pessoas saírem pela porta da frente sem pagar por não ter condições de chegar na catraca, não era frescura das pessoas, era realmente impossível de caminhar dentro do ônibus.
    Pra piorar, o motorista parava nas paradas, o bus lotado, sem espaço para entrar uma unica pessoa, o pessoal da parada fazia escândalo mesmo vendo que não tinha como entrar, e o ônibus acabava perdendo tempo até resolver isso.

    De qualquer forma, caso não tenha mudado muito, podemos considerar uma obra para o futuro.

    Curtir

  6. Tinha-mos que ter o UBER do transporte publico, Nao suporto mais os monopolios, que roubam meu dinheiro.

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: