Em discurso a vereadores, Marchezan pede apoio para mudanças em Porto Alegre

Tucano foi empossado prefeito da Capital em cerimônia na Câmara

Em discurso a vereadores, Marchezan pede apoio para mudanças em Porto Alegre | Foto: Mauro Schaefer

Em discurso a vereadores, Marchezan pede apoio para mudanças em Porto Alegre | Foto: Mauro Schaefer

Logo após ser empossado prefeito de Porto Alegre, Nelson Marchezan Jr. (PSDB) discursou na Câmara de Vereadores na tarde deste domingo. Em um pronunciamento que durou cerca de 20 minutos, o novo prefeito pediu apoio aos vereadores para realizar as mudanças que considera necessárias para a cidade.

“Tenham certeza cada um dos senhores (vereadores) que estaremos ao lado sempre que vocês estiverem ao lado daquele público menos assistido e que mais precisa da estrutura municipal. A mudança da nossa cidade é responsabilidade de cada porto-alegrense e é também nossa. A mudança não se realiza apenas com o nosso amadurecimento, nem mesmo de parte da população”, afirmou Marchezan.

 

“Os nossos empresários têm que mudar, os nossos sindicatos têm que mudar. O mundo mudou. Nós estamos em crise, uma crise jamais vista, também na nossa capital no aspecto financeiro. A crise é uma grande oportunidade. Peço que nós não percamos a oportunidade de mudar a vida dos porto-alegrenses”, continuou.

Marchezan ainda defendeu a necessidade de prefeitura e da Câmara trabalharem para a população da cidade que mais precisa de ajuda. “Espero que as nossas atividades burocráticas jamais retirem de nós a capacidade de entender o que acontece lá fora. Lá fora da prefeitura e da Câmara, onde a vida real acontece”, declarou o prefeito, que pediu para ser aproveitada a oportunidade para recuperar a confiança na classe política.

 

“A solução está na politica. Aquela que não é conciliar os interesses daqueles que gritam mais alto, mas sim buscar lá no fundo os interesses daqueles que sequer têm voz, que são a maioria da população porto-alegrense e brasileira”, completou.

Correio do Povo

Anúncios


Categorias:Outros assuntos

Tags:,

1 resposta

  1. Recadinho dele pra esquerda barulhenta, monamour:

    “…..Política não é conciliar interesses daqueles que mais gritam, é lutar incansavelmente pelo interesse

    daqueles que na maioria das vezes sequer têm voz para ser escutada porque não têm capacidade e

    organização daqueles que maior estrutura possuem”, disse.

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: