Secretário quer vistoriar obras em andamento em Porto Alegre

Elizandro Sabino será responsável pela secretária de Infraestrutura e Mobilidade Urbana

Ponte de Pedras é um dos locais que está com obras em andamento em Porto Alegre | Foto: Joel Vargas / PMPA / CP

Ponte de Pedras é um dos locais que está com obras em andamento em Porto Alegre | Foto: Joel Vargas / PMPA / CP

Responsável por uma das grandes secretarias da atual administração da Prefeitura de Porto Alegre, a de Infraestrutura e Mobilidade Urbana, Elizandro Sabino afirmou nesta segunda-feira que pretende vistoriar as obras em andamento na Capital. Vinculadas a sua secretaria estão parte do Departamento de Esgotos Pluviais (DEP) e do Departamento Municipal de Água e Esgoto (Dmae), além das empresas Carris e Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC).

A ideia é fazer um diagnóstico das obras e os seus estágios, aquelas que precisam ser as prioritárias: “Vamos visitar e conhecer todas as obras em andamento na cidade. Colocaremos essa prática em ordem. Pessoalmente, estou disposto a fazer esse roteiro”, afirmou ele, que foi eleito vereador pelo PTB.

Sobre o projeto da construção do metrô em Porto Alegre, do qual na sexta-feira passada o governo federal anunciou que não repassará os R$ 1,77 bilhão, o secretário disse que o tema é emblemático, mas que depende de discussão com o prefeito Nelson Marchezan Júnior, antes de uma medida. “É um assunto complexo e que precisa de uma posição do Executivo”, afirmou.

Reconhecendo a falta de recursos para tocar obras, Sabino disse ser fundamental planejamento para que seja possível ter resultados eficazes. “As dificuldades financeiras são grandes. Temos grandes desafios, com muita organização e planejamento possamos ter eficácia”, enfatizou.

Correio do Povo

Anúncios


Categorias:Outros assuntos

Tags:, , , , ,

3 respostas

  1. Não vai mudar nada, o setor de Obras foi novamente loteado ao PTB, partido do presidente da camara que está inelegível justamente por problemas no setor de Obras.

    Curtir

  2. Se o atual prefeito governar com parte das forças politicas que apoiavam seu antecessor,realmente não vai dar em nada , a ineficiência continua. O Metro foi um tremendo ato de propaganda da era Pt e apoiada pelo Pdt, foi mentira em cima de mentira e deu no que deu não vai sair.

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: