EPTC planeja manter cobradores nos ônibus

Diretor-presidente vê postos em risco no futuro, mas não neste momento em Porto Alegre

Diretor-presidente vê postos em risco no futuro, mas não neste momento em Porto Alegre | Foto: Mauro Schaefer / CP Memória

Diretor-presidente vê postos em risco no futuro, mas não neste momento em Porto Alegre | Foto: Mauro Schaefer / CP Memória

Não consta da agenda da prefeitura o tema da extinção do posto de cobrador no sistema de transporte público de passageiros em Porto Alegre, onde trabalham hoje 3,7 mil profissionais. A garantia é do presidente da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC), Marcelo Soletti: “Não tem prazo nenhum para se começar a se discutir. O que o prefeito falou é que há uma evolução normal no transporte de ônibus”.

Segundo ele, a evolução do transporte passa pela eletrônica e fim do uso do dinheiro, “mas aí o assunto correu para um lado como se haveria demissão de cobradores. Isso não está na pauta de discussão”, enfatizou. Conforme Soletti, Marchezan quando falou da evolução defendeu garantia de aproveitamento dos trabalhadores dentro do sistema de transporte.

No futuro, entende o presidente da EPTC, “vai ter que se pensar sobre isso, mas não há nada objetivo, pré-datado”. O sistema, acredita ele, tem como empregar cobradores em outros postos.

Todos os anos, exemplifica, há uma renovação de 5% a 10% dos motoristas que saem das empresas. É uma taxa normal. Esses espaços poderiam ser ocupados, por exemplo, por cobradores, depois de treinados.

Soletti observa ainda que há outras áreas nas empresas que podem receber cobradores: administração, informação e supervisão de terminais. Porém, reiterou, “não tem nada do tipo amanhã não tem mais cobradores, haverá desemprego ou demissão de pessoas próximas da aposentadoria. Essa é uma discussão para amadurecer mais adiante”.

Heron Vidal / Correio do Povo

Anúncios


Categorias:onibus

Tags:, , , ,

18 respostas

  1. Fico pensando, em transporte público gratuito em Porto Alegre, montar uma estrutura de custos/impostos. Com certeza 50 % do custo já cai, é só organizar.

    Curtir

  2. Não se preocupem, o pessoal do “não é só pelos 20 centavos” já avisaram que não querem aumento, querem ar, querem manter o cobrador, querem tudo.

    Qualquer atitude por parte da prefeitura vai gerar ruas trancadas e choro por parte deles.

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: