Sob protestos, Conselho aprova tarifa de ônibus de R$ 4,05

Por 14 votos a três, o Conselho Municipal de Transportes Urbanos (Comtu) aprovou o aumento da passagem para R$ 4,05 sugerido  pela Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC).

Para entrar em vigor, o reajuste aguarda agora o prefeito Nelson Marchezan Junior receber a proposta e sancionar ou não o novo valor.

Em paralelo, o TCE analisa se há aumento indevido da passagem, depois de ter recebido uma recomendação de auditoria do Ministério Público de Contas (MPC), pedido feito por vereadores da oposição (PSOL e PT) no dia 14 de março.

No pedido os vereadores alegaram diversas irregularidades encontradas nas tabelas tarifárias do transporte coletivo por ônibus.

Os três votos contrários ao valor aprovado foram dos representantes da União das Associações de Moradores de Porto Alegre (Uampa), da União Metropolitana dos Estudantes Secundários de Porto Alegre (Umespa) e da Central Única dos Trabalhadores (CUT).

Enquanto acontecia a votação, no prédio da EPTC, do lado de fora manifestantes protestavam. A Prefeitura pediu reforço policial.

Partindo da EPTC, o protesto seguiu para a avenida João Pessoa, Osvaldo Aranha e Túnel da Conceição, chegando ao Centro, no Paço Municipal.

O processo de aumento do valor da tarifa independe da inspeção especial que o Tribunal de Contas do Estado está fazendo sobre o cálculo do valor da passagem, ordenada pelo conselheiro Marco Peixoto, sobre os anos de 2014 a 2017, para verificar os critérios de reajuste.

Jornal Já

Anúncios


Categorias:Outros assuntos

11 respostas

  1. Deem graças a Deus por esse valor de R$ 4,05 aqui em Curitiba já está em R$ 4,25. Apesar do que aqui termos uma vantagem abismal em relação a Porto Alegre é que o transporte coletivo é integrado. Tu pode usar todos os ônibus pagando apenas 1 vez a tarifa, fazendo apenas as conexões nos terminais de integração.

    Curtir

  2. Tem que enxugar o transporte, alguns exemplos:
    1. Racionalizar as linhas. Há muitas linhas longas e em ziguezague, ao invés de alimentadores e troncais.
    2. Tirar cobradores. Ou é bilhetagem eletrônica ou é contador. Para que gastar dinheiro duas vezes? Tá sobrando?
    3. Racionalizar a distância entre as paradas. Há vários lugares onde tem uma patadapor quadra.
    4. Estabelecer critérios de durabilidade dos ônibus. Esse critério de idade máxima só encarece sem trazer vantagem. Como tem q trocar de ônibus a cada 5 anos, compra o mais vagabundo que tem.

    Curtir

  3. Complicado esse preço, por exemplo, a tarifa minima do cabify é 8,00 se eu e minha esposa formos ao centro juntos (moramos na azenha), ja fica mais barato ir de cabify.
    O mesmo para ir a cidade baixa, de uber fica 5 a 6,00 para nos dois, pagando a tarifa minima.

    OBS Ganhe até 25 reais em duas viagens usando o código 7zfg62e2ue no uber e até 30 reais no cabify com o código fernandaf1256.

    Curtir

    • Daí se vê que há algo muito errado com esses ônibus. Como é que um carro, sem nenhum tipo de subsídio, consumindo gasolina, que não é subsidiada como o diesel, com ar condicionado, levando apenas 2 pessoas sai mais barato que ônibus que carrega ao menos uns 40 ao longo do itinerário.

      Curtir

      • Pega o Uber e põe um cara cochilando com umas moedas na mão no carona que tu começa a entender o que acontece. Outra, pra ir da azenha até o olaria (exemplo hipotético), tu pode pegar a João pessoa e a Lima e Silva por exemplo e ir direto. Tu também pode mandar o cara do uber ir costurando via Sebastião Leão, Lobo da Costa, Olavo Bilac, Venâncio, Joaquim, etc. Pronto, já entendeste como o ônibus custa tão caro comparando com o Uber.

        Curtir

      • Por isso q escrevi q tem que racionalizar as linhas, com linhas troncais e alimentadores.

        Curtir

  4. Valor absurdo pra um serviço tão precário…

    Curtir

  5. Desde que foi instituido faz tempo a tarifa social quem anda pouco paga o mesmo do que quem anda mais,dependendo do nymero de pessoas realmente estes novos serviços de transporte são mais em conta.

    Curtir

  6. Nao seria possivel habilitar o sistema para ter horas livres e nao quantidade de viagens?
    Para muitas pessoas seria mais facil usar 3 conduçoes do que uma linha transversal, tambem poderia haver mais linhas curtas caso o sistema fosse assim.
    Imagine vc pegar um onibus do seu bairro até a protasio, andar alguns km com outro e usar um terceiro para chegar ao destino final…

    Curtir

    • No transporte, praticamente tudo pode ser medido facilmente através do tempo. salário do motorista, seguro, consumo de combustível, manutenção preventiva e corretiva… Só que as empresas não querem isso, elas querem cobrar por cada vez que o passageiro passa pela roleta. Dessa forma transformam tudo em IPK em um monte de índices que não tem como avaliar. Não cobrar por tempo é uma forma de justificar custo mais alto e conseguir cobrar mais.

      Curtir

  7. O que mais me deixa injuriada, além da questão custo x benefício, é que a Prefeitura sequer dá possibilidade da população se organizar pra fazer a última carga com o valor antigo… sancionam aumento de um dia pro outro e azar da população.

    Demora UMA SEMANA pra validar a renovação do TRI escolar, e aí fazemos o que? Quem estuda na UFRGS por exemplo só teve o comprovante de matrícula essa semana em função da greve/ocupação… ou seja, não vai ter nem chance de pagar a meia dos 3,75 ainda.

    Curtir

Faça seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: