Grupo alemão foca na ampliação da pista do Salgado Filho

Fraport AG Frankfurt apresentou planejamento de ações para o aeroporto

Alemães prometem ´forte investimento´ no aeroporto Salgado Filho | Foto: Samuel Maciel / CP Memória

O grupo alemão Fraport AG Frankfurt, que assumirá a administração do Aeroporto Internacional Salgado Filho pelos próximos 25 anos, apresentou o planejamento de ações para o novo projeto, que deve ser implementado assim que a empresa assinar a concessão. “A pista, no momento, é o grande fator limitante da capacidade do aeroporto. A falta da ampliação está limitando o desenvolvimento e este deve ser o foco no início dos trabalhos”, afirmou o vice-presidente sênior do grupo, Christoph Nanke.

Segundo ele, o grupo fará “o que for necessário” para que a expansão da pista ocorra o mais rápido possível, sempre trabalhando com conjunto com as autoridades (governo estadual e prefeitura). “A cooperação é necessária para o desenvolvimento”, complementou Nanke. O vice-presidente acredita que o Rio Grande do Sul possui grandes possibilidades de desenvolvimento. “É uma área economicamente muito forte no Brasil, o que nos levou a optar por esta concessão”, afirmou.

Segundo ele, a ampliação da pista é um dos principais pontos do projeto, mas não é o único. “A pista é um fator muito importante, mas a primeira motivação é o desenvolvimento do aeroporto. Acreditamos que a região tem muito para crescer”, destacou Nanke. O vice-presidente do Fraport AG Frankfurt evitou falar sobre valores, mas garantiu que serão realizados “grandes investimentos”, tanto na ampliação da pista, quanto na infraestrutura de modo geral.

Os alemães arremataram o aeroporto por R$ 382 milhões, dos quais R$ 290 milhões pagos imediatamente ao governo federal no ato de concessão – o que corresponde a 25% sobre o valor mínimo de outorga, que era de R$ 23 milhões, mais o ágio. Entre as necessidades exigidas em contrato, estão a ampliação da pista do aeroporto em mais 920 metros (com prazo de 52 meses – pouco mais de 4 anos – após a assinatura da concessão), aumentar o terminal de passageiros e construir um novo prédio-estacionamento.

Conforme o secretário do Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, Fábio Branco, que acompanhou a apresentação, o Estado vai atuar como um facilitador durante a implantação do projeto do grupo alemão. “Vamos aglutinar todos os atores (Prefeitura, Estado e o grupo) para que esse trâmite seja o mais normal, tranquilo e agil, que esse é o desejo de todos nós”, afirmou Branco.

Um grupo de trabalho será formado para analisar o projeto do Fraport AG Frankfurt. “A secretária do Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, Ana Pellini, o secretário Estadual dos Transportes e Mobilidade, Pedro Westphalen, e representantes da Prefeitura de Porto Alegre formarão um grupo de pessoas para agilizar a implantação do projeto”, afirmou Branco, que declarou ainda não ter conversado com o prefeito Nelson Marchezan Jr. sobre o assunto.

“Esse projeto é fundamental para o crescimento e desenvolvimento do Estado. É um marco para o RS”, ressaltou Branco. De acordo com o secretário, a questão das famílias que residem no entorno do Aeroporto – o que acabam dificultando a ampliação da pista – não foi discutida durante o encontro. Porém, esse tem sido um dos entraves nos últimos anos para os projetos envolvendo a extensão da pista de pouso e decolagem.

• Leia mais sobre o aeroporto Salgado Filho

Correio do Povo / Jéssica Hubler

__________________

Matéria da Revista Amanhã

Ampliação da pista do Salgado Filho é fundamental para futura expansão

Christoph Nanke, vice-presidente sênior da Fraport, afirmou que o terminal tem grande potencial 

9c8fe3b0-fc38-4902-a7dc-dae3a24bf3a0-1491247350_upload-20170403154415img_2636Executivos do grupo alemão Fraport AG Frankfurt estiveram reunidos nesta segunda-feira (3) com o governador José Ivo Sartori. O objetivo foi apresentar os planos da empresa para administrar o Aeroporto Internacional Salgado Filho, em Porto Alegre. A Fraport AG venceu o leilão da Agência Nacional da Aviação Civil (Anac) feito em 16 de março e vai administrar o Salgado Filho pelos próximos 25 anos, prorrogáveis por mais cinco.

O vice-presidente sênior da empresa, Christoph Nanke, afirmou que o terminal tem um grande potencial. “Há algum tempo a Fraport quer entrar no mercado aeroportuário brasileiro e escolheu o terminal de Porto Alegre pelo grande potencial para desenvolvimento futuro”, afirmou. Nanke destacou ainda a localização geográfica estratégica do Salgado Filho no Mercosul. Ele anunciou que a empresa abrirá um escritório com a equipe que gerenciará o projeto. Sem falar em números de investimentos, o vice-presidente da Fraport afirmou que a ampliação da pista de pouso e decolagem do Salgado Filho é fundamental para garantir a expansão do terminal no cenário internacional. “A pista no momento é o grande fator que limita o desenvolvimento do aeroporto, e precisa da cooperação das autoridades”, afirmou Nanke. O executivo disse ainda que o trabalho começará a partir da assinatura da concessão.

O secretário de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, Fábio Branco, disse que será montado um grupo de trabalho com todos os envolvidos no processo para garantir que a concessão da Fraport tenha êxito. “A partir da instalação deste grupo, será definido os passos seguintes e necessários para que o projeto tenha o trâmite de maneira normal”, explicou. Entre os investimentos previstos estão a ampliação do terminal de passageiros, do pátio de aeronaves, do estacionamento e da pista de pouso e decolagem em mais 920 metros, no prazo de 52 meses após assinatura da concessão. Os representantes da Fraport AG estão na capital para manter contatos também com a Infraero, a Anac  e a prefeitura de Porto Alegre.

Fraport AG

O grupo alemão é uma das principais empresas do mundo no ramo de aeroportos internacionais. Oferece uma gama completa de serviços de gestão aeroportuária integrada. A companhia administra cinco aeroportos na Europa: o de Frankfurt, um dos mais modernos do mundo, cinco na Ásia, dois na África e um na América Latina. Em 2016, a Fraport gerou vendas no valor de 2,59 bilhões de euros e lucro de cerca de 400 milhões de euros. No mesmo ano, 105 milhões de passageiros utilizaram aeroportos em que a Fraport tem mais de 50% de participação.

Anúncios


Categorias:Aeroporto Internacional Salgado Filho, Outros assuntos

Tags:, , , ,

%d blogueiros gostam disto: