Porto Alegre terá barco restaurante. Em Ipanema

Restaurante Flutuante Pérola Negra, ainda em Rio Pardo. Foto: Divulgação.

Em breve Porto Alegre terá, na orla de Ipanema, um barco restaurante permanente. Chamado de Pérola Negra, está vindo de Rio Pardo, nos próximos dias. Na verdade se trata de uma balsa restaurante, pois não tem motor próprio.

Já recebeu uma licença temporária de 90 dias da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, mas a ideia é permanecer de forma definitiva em Porto Alegre e não apenas os 90 dias.

Será um bar/restaurante, com almoço e jantar e ainda petiscos e bebidas, com capacidade para 250 pessoas.

Funcionará, em princípio, das 10h às 23h, diariamente.

Restaurante Flutuante Pérola Negra, ainda em Rio Pardo. Foto: Divulgação.

Ficará em Ipanema, em frente ao número 1080 da Av. Guaíba esquina com Av. Osvaldo Gonçalves Cruz. Terá uma rampa com acesso direto ao calçadão da Av. Guaíba. Uma empresa especializada fará a coleta dos dejetos, tanto da cozinha como dos sanitários, não sendo nada despejado no Guaíba, obviamente.

Esperamos que este novo restaurante flutuante seja o início de uma revalorização da orla de Porto Alegre enquanto local de entretenimento e diversão, ao mesmo tempo com opções de gastronomia. A cidade viveu e ainda vive afastada do seu Guaíba, mas com o passar do tempo, resgataremos este costume e até o ampliaremos.

LOCALIZAÇÃO

Arte: Porto Imagem sobre imagem Google Earth

Mais informações, como data de inauguração, em breve aqui no Blog.

Texto: Gilberto Simon

Anúncios


Categorias:ORLA, TURISMO

Tags:, , , , , , , , ,

9 respostas

  1. Não é lá a coisa mais bonita do mundo, mas é algo diferente e interessante, gostei.

    Com aquelas janelas e toda água em volta, não precisa se preocupar muito caso se inicie um incêndio.

    A questão é que se o Pérola Negra fizer sucesso, logo teremos um Holandês Voador para competir.

    Curtir

  2. Feio q dói. Me lembra os bordéis de prostituição infantil que existiam em Porto Velho da década de 90.

    Ao menos consegui furar o bloqueio burocrático das licenças e alvarás, é isso é impressionante.

    Curtir

  3. Nossa que bonito!

    Curtir

  4. Acho que não é uma proposta condizente com uma grande capital, mas já que é Porto Alegre né que é território fértil para a breguice e o que há de atrasado em termos arquitetônicos, fazer o quê!? A meu ver essa capital merecia algo mais elaborado, no padrão dos restaurantes flutuantes dos diques de Buenos Aires, MADERO WALK a ver: http://www.skyscrapercity.com/showthread.php?t=1485272

    Curtir

    • Pois é… por isso as vezes nos contentamos com pouco, pois tudo é tão difícil aqui. É feio, e não condiz com propostas atuais que busquem qualidade do espaço, do uso e da paisagem. Mas temos que reconhecer, pela dificuldade burocrática para se desenvolver propostas do gênero em nossa cidade, que é algo a se saudar como iniciativa.
      Que seja bem vindo e que tenha condições de evoluir com o tempo a algo mais condizente com a arquitetura e urbanismo contemporâneos.

      Curtir

  5. Tá com cara de usado… Tipo assim, não serve mais pra Rio Pardo manda pra Porto Alegre.
    De qualquer forma, é uma opção. Mas é uma pena que as coisas na cidade aconteçam assim, no improviso, feito “nas coxas”, como se diz no popular… Sem dúvida nossa capital já foi mais ousada. É uma cidade nova, se comparada com Rio, São Paulo e a maioria das capitais nordestinas; no entanto tem cara de velha. Reflexo da falta de cuidado. Descaso que não tem nada a ver com falta de recursos. Manter uma cidade pelo menos limpa custa muito pouco, começa por simplesmente não jogar papel no chão… Se cada um fizesse isso, que é o mínimo do mínimo, a cidade já estaria bem melhor.
    Independentemente disso, Porto Alegre precisa olhar pra frente, e criar alternativas para que os grandes projetos de infraestrutura, mobilidade e urbanismo saiam do papel. Se o poder público não dá conta de fazer sozinho, que busque parcerias. Se tudo for feito de forma transparente, dentro da legalidade, será muito bem vindo.
    Desculpa, fugi do foco principal da postagem, mas não tem como não falar.

    Curtir

    • Fugistes do foco, mas a reflexão é válida no contexto. Tens inteira razão, ficamos para trás. Parece que ha tempos Porto Alegre não tem investimentos arquitetônicos renovadores, capazes de reorganizar e requalificar espaços urbanos da maneira como outras capitais brasileiras (às vezes até mais carentes que a nossa capital) lograram ter neste período. Nas últimas décadas nos contentamos a ver esta função resumida apenas aos shoppings centers e outros pouquíssimos projetos.
      Basta olharmos, por exemplo, a “renovação” da Voluntários da Pátria que não conseguiu mudar realmente a degradação urbano/social/ambiental da região. Dinheiro e oportunidade perdidos.
      Assim, quando nos deparamos com algo que nos remeta, mesmo que seja minimamente, a possibilidade de nos equipararmos a outros centros urbanos em termos de qualidade e variedade de espaços públicos abertos ou edificados, acabamos por nos contentar com qualquer coisa – pois o entendimento se transformou a “qualquer coisa é melhor que nada”.

      Curtir

  6. Já estudaram alternativas de proteção contra o vento oeste? Seria prudente, pq o Minuano pode ser devastador…

    Curtir

  7. Estou bem curiosa. Achei diferente e interessante. Torço que de tudo certo, com boa comida e atendimento. Sigo acompanhando aqui pra saber da inauguração.


    https://polldaddy.com/js/rating/rating.js

    Curtir

Faça seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: