Prefeito veta lei que estende prazo para circulação de carrinheiros em Porto Alegre

Imagem: Arquivo Jornal Já

O Prefeito Nelson Marchezan Júnior vetou o projeto que estendia até 2020 o prazo para permissão de circulação de carrinhos de catadores de resíduos recicláveis na Capital. Com isso, segue proibida a circulação de carrinheiros na Capital.

O Executivo. por uma Ação Direta de Inconstitucionalidade (Adin), justificou que “há vício de iniciativa no presente Projeto de Lei”. Ou seja, a proposta deveria partir do Governo e não do Legislativo já que no mesmo documento há afirmação de que “há invasão de competência em matéria típica do Poder Executivo”.

O veto já está na Comissão de Constituição e Justiça para análise e deve ser votado após o recesso em agosto na Câmara.

O autor do projeto, o vereador Marcelo Sgarbossa estranhou a decisão: “A votação foi construída junto com o líder do governo, o (Clàudio) Janta”, lembrou o parlamentar sobre a decisão unânime da casa. Sgarbossa disse que agora vai mobilizar as comunidades: “Vamos derrubar esse veto. É uma decisão inconsistente e incoerente, como é inconstitucional uma prorrogação de um prazo que foi baseado em lei oriunda da própria câmara. O último prefeito já tinha ampliado o prazo, e ninguém achou inconstitucional” concluiu.

FELIPE UHR – Jornal Já

Anúncios


Categorias:Outros assuntos

Tags:,

14 respostas

  1. Eu fico sonhando com os dias em que a coleta seletiva de poa funcione de verdade e esses carrinheiros sejam empregados em cooperativas de coleta e separaçao de residuos reciclaveis.

    Imagine só que utopia, os carrinheiros fora das ruas, escondidos em pavilhoes trabalhando dignamente pelo seu sustento sem ter que se arriscar no transito, torrar no sol, ficar sem trabalho em dias de chuva…

    Alguns passos faceis poderiam ser tomados ja hoje pela prefeitura:

    Fiscalizar os “ladroes de lixo” existem vários “empresários do lixo” que nos bairros, com caminhos sem placa e combis sem condições de rodar “roubam” o lixo que normalmente é destinado aos pavilhões de coleta que ficam em bairros pobres, os quais com mais lixo poderiam empregar mais pessoas.

    Fazer campanhas pela separação do lixo domiciliar e comercial de maneira adequada e colocação do lixo “na rua” no horario e dias corretos.

    Curtir

  2. Os carrinheiros farão o que na vida???? Prefeito LIXO.

    Curtir

  3. Acredito que uma simples restrição de horário para circular com os carrinhos resolveria o problema de uma vez por todas.

    Curtir

    • É como se esses carrinheiros fossem culpados pelo transito, é a política de personificar o malefício. Fácil apontarmos a culpa para algo físico, um indivíduo, e não a coisas abstratas, como o mal planejamento do transito nas ruas, semáforos para pedestres que poderiam ser inteligentes, ou a passagem de onibus custar quase uma viagem de Uber, causando o uso de um veiculo de 4/5 lugares para transportar 2 pessoas..

      Curtir

    • Pouco me importa se os carrinhos são o sustento deles, quero é poder passar com meu carro sem ter que desviar deles!

      Curtir

      • Pouco importam favorecer o subemprego, quero é divulgar a minha imagem de bom samaritano.

        Curtir

      • esse pensamento funciona igual se inverso e nada se resolve, ‘pouco importa se o carro é o meio de locomoção dele, quero é poder passar com meu carrinho sem ter que desviar deles’. Pensamento que não busca o melhor para ambos e nem projeta a sua situação caso estivesse no contexto do outro.
        Se amanha for carrinheiro irá reclamar que está ruim e a culpa sera pelo seu pensamento na condição anterior.

        Curtir

      • Exatamente. E a prefeitura deve promover iniciativas de dar cursos para que eles possam achar outros empregos ou mesmo na área de reciclagem. Mas com melhores condições.

        Curtir

      • “Pouco me importa…”
        Eu, como pedestre, com tanto direito como um carrinheiro, quero poder andar na calçada sem ter que desviar um motorista babaca que estacione sobre ela. Quero poder andar na rua, sem que um motorista imbecil me ameace furando o sinal enquanto eu estiver na faixa. Quero ficar sossegado em casa sem ter que ouvir as buzinas dos motoristas ignorantes que em Porto Alegre tanto transitam.
        Não é olhando para o teu umbigo que as coisas se resolvem.

        Curtir

  4. Desde 2014 voltei a ver carroças nas ruas, puxados a cavalo nos bairros azenha, cidade baixa, menino deus, santana…

    Curtir

    • Reflexo do desemprego e da crise. O próprio prefeito tem (pequena) responsabilidade no problema, pois quando Joaquim Levi apresentou propostas para conter a crise as mesmas foram boicotadas pelo PSDB do prefeito simplesmente porque eles queriam (palavras de Aécio) fazer a Dilma sangrar. Os três maiores partidos ficaram se engalfinhando pelo poder enquanto o Brasil descia a ladeira.

      Curtir

      • KKKK 14 anos de desgoverno petista e a culpa é do Prefeito…

        Curtir

      • gaspar e a oposição só fez c***** e não conseguiu sequer ameaçar os 14 do PT que estão longe de ser desgoverno. Eu queria voltar no tempo pra ver se voce falava isso durante os governos do Lula qdo 80% da população achava tudo maravilhoso.

        Curtir

%d blogueiros gostam disto: