Restaurante flutuante encalha após recuo do Guaíba em Porto Alegre

Faixa de areia ficou perceptível na orla de Ipanema, na zona Sul da cidade

Restaurante flutuante encalha após recuo do Guaíba em Porto Alegre | Foto: Samuel Maciel

Quem passou pelo calçadão da orla de Ipanema, na zona Sul de Porto Alegre, domingo pela manhã presenciou uma cena curiosa: o restaurante flutuante Pérola Negra encalhou em razão do nível do Guaíba estar baixo. Quem circula pela praia de Ipanema percebe uma grande faixa de areia à mostra desde a sexta-feira. O restaurante que está ancorado desde o dia 17 de julho na região não está sobre as águas pela baixo do nível do Guaíba.

A gerente Joselene Maciel da Silva afirmou que na sexta-feira e no sábado a equipe que trabalha no restaurante flutuante estranhou o fato do Pérola Negra estar na areia. Ela explicou que os funcionários estranharam o fenômeno. “A situação é um pouco estranha. Tínhamos que estar flutuando dentro do Guaíba”, ressaltou. Segundo Joselene, os clientes tem realizado brincadeiras pelo fato da estrutura não estar dentro do Guaíba.

Mesmo com o restaurante encalhado nas areias da praia de Ipanema, o estabelecimento atendeu normalmente os clientes no domingo de comemoração do Dia dos Pais. O local que tem capacidade para 250 pessoas funciona de terça a domingo das 11h às 22h. Segundo o Sistema Metroclima, um nível tão baixo do Guaíba foi registrado entre os meses de fevereiro e março de 2005, durante um período de seca.

O serviço meteorológico da Marinha do Brasil informou ontem que o aviso de ressaca está previsto para os litorais do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina na manhã de segunda-feira, dia 14. Neste período poderão ser registradas ondas de aproximadamente quatro metros de altura nas praias gaúcha e catarinense. No final de semana, o mar seguiu agitado nos dois estados. No final de semana, o Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos (Cptec/Inpe) registrou ondas de 3,5 m a 4,5 metros na região do Porto de Rio Grande. Em Itajaí, Santa Catarina, as ondas chegaram a quatro metros de altura, o que obrigou o fechamento do acesso ao porto da cidade catarinense.

No domingo, o tempo ficou instável em todo o Estado. Choveu forte na manhã de domingo. Além da instabilidade, foram registradas rajadas de vento e raios em algumas cidades gaúchas. Nesta segunda-feira, o tempo muda de novo Rio Grande do Sul. Está previsto a chegada de uma massa de ar frio da Argentina que vai trazer o sol de volta. As temperaturas deverão oscilar entre 10 graus, a mínima, e a máxima pode chegar a 19 graus.

Correio do Povo / Cláudio Isaías

Anúncios


Categorias:ORLA

Tags:, ,

4 respostas

  1. Vamos combinar que a ideia do “restaurante flutuante” é interessante, porem deveria ser lembrado ao pessoal da manutenção que por ser “flutuante” ele vai e vem próximo a beira da praia, conforme o nível d’água. Exercício: quando o nível do rio subir alem do normal? ele fecha? será ampliada a plataforma de acesso?

    Curtir

  2. Este restaurante com esse visu é uma boa ideia para uma cidade interiorana, mas bem interiorana mesmo, não para uma capital de porte. Pena que na capital gaúcha role isso e não algo no padrão bacana, vanguarda, bonitaço de um Madero Walk, a ver http://www.maderowalkeventos.com.ar

    Curtir

  3. Essa foto não precisa de legenda. A gente olha e sabe instantaneamente qual a cidade.

    Curtir

  4. Iemanja ouviu minhas preces…agora so falta levar essa “oferenda” para o fundo do lago!!!

    Curtir

Faça seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: